Web Radio Sertao De Deus


7 de fevereiro de 2012

Bloco Folia com Cristo – Fugi, católicos, de tão perigosos passatempos!

 

OBS: Tem até um site essa porcaria > www.foliacomcristo.com , pior de tudo são nossos bispos apoiando essa M…do capeta. E ainda botam no folder, depois paguem 110 reais para o retiro que eles oferecem para ter forças para as tempestades e tribulações que virão no ano de 2012. O que eles querem dizer com isso? Fico imaginando o retiro que esse povo está organizando. Dai são esses tipos de bispos que não querem saber de conversão e falam que as profecias são furadas, se eles mesmos são os verdadeiros sinais dos tempos. Que moral que esses bispos tem pra falar alguma coisa? Dá vontade de falar muita M.. não dá não? E ainda querem ter o nosso respeito. Estamos em apostasia, nosso clero será o primeiro a prestar as contas.

http://www.youtube.com/watch?v=1JZsmqYHV8g&feature=player_embedded#!
Nota de www.rainhamaria.com.br
Depois deste video vamos lembrar o seguinte:
Diz o Padre Divino Antônio Lopes
É MENTIROSO aquele que diz que o CARNAVAL é uma BRINCADEIRA (ou mera FOLIA)
Carnaval é tempo dos espetáculos profanos, dos bailes de mascarados, das danças e orgias que se multiplicam nas vésperas da Quaresma, mormente nos três dias antes da Quarta-feira de Cinzas. Perder tempo, exagerar as despesas, fazer da barriga seu deus, fingir que está alegre, encher a alma com imagens e pensamentos indecentes, avivar o fogo das paixões, atirar-se de caso pensado aos maiores perigos… não será isto diretamente oposto ao Cristianismo que prescreve o bom uso do tempo, prudente economia, a temperança, a vigilância nos sentidos, a mortificação das paixões e a fuga dos perigos?
Quisera a Igreja Católica preparar seus filhos à penitência, e por isso lhes lembra, nesta fase, os sofrimentos de Jesus Cristo. Não negará esta boa Mãe, aquele que passa estes dias na dissipação? Com que cara podem católicos assim dizer-se discípulos de Cristo e filhos da Igreja Católica, que sempre condenou tais desordens? Não digam que não fazem mal! Será pouco mal esbanjar tempo e dinheiro, estragar a saúde, expor a honra e a inocência a perigos onde tantas vezes naufragam? Não se desculpem com a necessidade do descanso: estarão, porventura, bem descansados no dia seguinte? Serão descansos, divertimentos que arruínam a saúde do corpo e da alma?
Fugi, católicos, de tão perigosos passatempos! Seja vosso gosto trabalhar, combater e sofrer com Jesus Cristo, neste mundo, para, com Ele, gozar eternamente no Céu. Quem pula carnaval grita: SOLTA BARRABÁS e CRUCIFICA JESUS CRISTO.
Ai daquele que PROMOVE o CARNAVAL! Melhor seria se não tivesse nascido! "… ai do homem pelo qual o escândalo vem!" (Mt 18, 7).
Os SANTOS e o CARNAVAL
Santa Faustina Kowalska diz: "Nestes dois últimos dias de carnaval, conheci um grande acúmulo de castigos e pecados. O Senhor deu-me a conhecer num instante os pecados do mundo inteiro cometidos nestes dias. Desfaleci de terror e, apesar de conhecer toda a profundeza da misericórdia divina, admirei-me que Deus permita que a humanidade exista" (Diário, 926).
Católico, diante do escrito acima, pode-se dizer que o CARNAVAL é uma BRINCADEIRA? Não! Ele é realmente a FESTA de SATANÁS.
São Francisco de Sales dizia: "O carnaval: tempo de minhas dores e aflições". Naqueles dias, esse santo fazia o retiro espiritual para reparar as graves desordens e o procedimento licencioso de tantos cristãos.
Santa Catarina de Sena, referindo-se ao carnaval, exclamava entre soluços: "Oh! Que tempo diabólico!"
São Carlos Borromeu jamais podia compreender como os cristãos podiam conservar este perniciosíssimo costume do paganismo.
Santo Afonso de Ligório e o carnaval: Imagina quanto o divino Redentor deve ficar aflito neste tempo em que são cometidos milhares de pecados de toda a espécie, por toda a condição de pessoas, e quiçá por pessoas que lhe estão consagradas. Jesus Cristo não é mais suscetível de dor; mas, se ainda pudesse sofrer, havia de morrer nestes dias desgraçados e havia de morrer tantas vezes quantas são as ofensas que lhe são feitas.
É por isso que os santos, a fim de desagravarem o Senhor de tantos ultrajes, aplicavam-se no tempo de carnaval, de modo especial, ao recolhimento, à penitência, à oração, e multiplicavam os atos de amor, de adoração e de louvor para com o seu Bem-Amado.
No tempo do carnaval, Santa Maria Madalena de Pazzi passava as noites inteiras diante do Santíssimo Sacramento, oferecendo a Deus o sangue de Jesus Cristo pelos pobres pecadores. O Bem-aventurado Henrique Suso guardava um jejum rigoroso a fim de expiar as intemperanças cometidas.
—————————————————-
Nota final de www.rainhamaria.com.br
Por Santo Afonso de Ligório - Doutor da Igreja, Bispo zeloso, fundador de uma das mais ativas e numerosas congregações religiosas: os Padres Redentoristas. Foi canonizado em 1831 pelo Papa Gregório XVI e declarado Doutor da Igreja (1871) e Padroeiro dos Moralistas e Confessores (1950).
"Numa palavra, todos os santos, porque amaram a Jesus Cristo, esforçaram-se por santificar o mais possível o tempo de carnaval. Meu irmão, se amas também este Redentor amabilíssimo, imita os santos. Se não podes fazer mais, procura ao menos ficar, mais do que em outros tempos, na presença de Jesus Sacramentado ou bem recolhido em tua casa, aos pés de Jesus crucificado, para chorar as muitas ofensas que lhe são feitas.
O meio para adquirires um tesouro imenso de méritos e obteres do céu as graças mais assinaladas, é seres fiel a Jesus Cristo em sua pobreza e fazer-lhe companhia neste tempo em que é mais abandonado pelo mundo. Como Jesus agradece e retribui as orações e os obséquios que nestes dias de carnaval lhe são oferecidos pelas suas almas prediletas!" ((LIGÓRIO, Afonso Maria - Meditações).
FONTE

Nenhum comentário: