Web Radio Sertao De Deus


26 de novembro de 2010

Jesus

 
 
Imagem apenas ilustrativa
+ Detalhes: [ Ampliar Imagem ]   




 

17 Vede, eu crio novos céus e nova terra. Não haverá lembrança das coisas passadas, nem mais se recordarão,

18 Mas vós Folgareis e exultareis perpetuamente no que eu crio, pois crio para Jerusalém alegria e para o seu povo gozo (Isaías 65:17-18

Os alicerces do Novo Reino

 
 
Imagem apenas ilustrativa
+ Detalhes: [ Ampliar Imagem ]   




 

Mensagem de Nossa Senhora entregue ao confidente Cláudio Heckert


 

25/11/2010
Os alicerces do Novo Reino
Rezai, rezai, rezai

 


"Paz!"
Filhinhos amados: Muito obrigada por vosso amor. Quero vos dizer que Eu também vos amo muito.
Estou realmente feliz em poder rezar convosco: participar deste momento de fé e de amor: fazer-vos companhia por alguns momentos!
Este vosso gesto de amor agrada muito ao Pai e Ele derramará graças abundantes a cada um de vós e às vossas famílias.

De fato, Deus ama os filhos que rezam; que cumprem as tarefas nas missões a cada um concedidas...
Na verdade, Deus conta convosco para a libertação do mundo e pede então para sempre rezardes: a Oração é meio eficaz para afugentar e destruir o inimigo e é o ato mais simples de se fazer!

O inimigo odeia a oração e conseqüentemente odeia a quem reza, e por isso os ataques, as dores, as perseguições. Mas todos estes momentos são alicerces sólidos para a libertação de milhares de filhos: São os alicerces na construção do Novo Reino.
Mereceis o Novo Reino porque caminhais com Deus, mas milhões de filhos não trilham estes caminhos e por isso entristecem a Deus!

Por isso, Deus conta convosco para salvá-los, para libertá-los. Para trazê-los ao Seu abraço. Deus conta convosco porque respeita a vontade de cada um, o livre arbítrio, que Ele mesmo deu a cada um de seus filhos.
E Deus ficará feliz, muito feliz quando, por vossa intercessão, abraçar no Céu a um filho Seu.
O mundo precisa ser melhor e Ele fará com que assim aconteça, mas para isso, terá de usar dos planos já previstos nas profecias.

Mas Deus não quer mais perder ninguém!
Peço-vos então: rezar, rezar, rezar.
Rezai em família; rezai incessantemente; rezai com amor e vereis maravilhas!
Porque Deus só faz maravilhas!


Rezai pela Santa Igreja, pelas famílias, principalmente pelas crianças e jovens, rezai por outros e Eu, mais uma vez vos digo, Eu rezarei por vós. Amém?
Eu vos abençôo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!
"Maria, Mãe do Universo!"

 

Trindade de Goiás, 4 de Novembro de 2010

 

 



Fonte: http://www.salvaialmas.com.br/?cat=71&id=1063


Identidade com chip

 
 
Imagem apenas ilustrativa
+ Detalhes: [ Ampliar Imagem ]   




 

Espacojames: As profecias estãos e cumprindo, todos sabemos que o Chip na nova carteira de identidade não é a marca da besta, mas analisemos como as coisas estão acontecendo. Primeiro veio o código de barra, depois os chips nos cartões, logo em seguida os chips foram para as placas dos automóveis, e agora na identidade, o próximo passo com certeza será a implantação do chip na pele. Fiquemos atentos, tudo está acontecendo debaixo dos nossos olhos!


 

O Instituto Nacional de Identificação (INI) da Polícia Federal pretende emitir, até o final do ano, de 100 mil a 200 mil registros de identidade civil (RIC), a nova carteira de identidade equipada com um chip que vai permitir ao cidadão exercer todos os seus direitos com um único documento. Ainda não está prevista, no entanto, a data de início da emissão dessas carteiras.

Além de simplificar a vida do brasileiro, o RIC traz dispositivos contra a falsificação, o que evitará fraudes a partir do roubo da carteira de identidade. O novo documento também permitirá a criação de um banco de dados único com as digitais dos brasileiros, compartilhado entre os órgãos de segurança dos estados e dos municípios.

"Isso vai aumentar muito a eficácia da perícia criminal brasileira e tornar realidade o que hoje se vê nos programas de televisão sobre laboratórios criminais", disse o deputado William Woo (PPS-SP), autor de uma emenda que viabilizou os convênios para confecção do documento.

"A Polícia Federal não tem pessoal nem postos suficientes para emitir a carteira em todo o território nacional. Era preciso permitir o convênio com os estados, assim como ocorre nas emissões das carteiras de motorista", argumenta o deputado.

Atualmente, dos 26 estados brasileiros, 19 já estão conveniados e outros 5 manifestaram o interesse de se credenciar.

Custos de implantação
O custo da nova tecnologia, de acordo com o INI, é de aproximadamente 800 milhões de dólares (R$ 1,4 bilhão) para instalação do projeto e emissão de 170 milhões de carteiras. Essa despesa ficará a cargo da União.

"É um valor relativamente pequeno, se for levado em consideração que os bancos investem R$ 1 bilhão por ano em tecnologia para garantir a segurança na identificação dos clientes, de acordo com a Febraban [Federação Brasileira dos Bancos]", disse o assessor do INI Paulo Ayran.

O comitê responsável pelo novo documento foi instalado na última quinta-feira (5). Esse comitê voltará a se reunir no dia 25 de agosto para começar as discussões sobre o cartão a ser adotado, com base em um modelo já desenvolvido pelo Instituto Nacional de Identificação.


William Woo explica, em entrevista à Rádio Câmara, as vantagens da nova carteira de identidade no combate a crimes de falsidade ideológica.
A previsão é que, em nove anos, todos os documentos emitidos no País estejam nesse novo modelo.

A nova identificação foi prevista pela Lei 9.454/97, criada a partir de um projeto do senador Pedro Simon (PMDB-RS). Mas a proposta só pôde ser colocada em prática a partir do ano passado, depois que a lei foi alterada por emenda do deputado William Woo à Medida Provisória 462/09.

Além disso, a regulamentação da Lei 9.454/97 só ocorreu em maio deste ano, o que atrasou o cronograma do INI. Inicialmente, a previsão era emitir 2 milhões de documentos ainda em 2010.

Cláudio

25/11/2010 11:14:33
Cláudio - Goiânia

Trindade de Goiás, 04 de Novembro de 2010 
  
Cenáculo com Nossa Senhora – 15 horas. 
  
ALICERCES 
  
"Paz!" 
Filhinhos amados: Muito obrigada por vosso amor. Quero vos dizer que Eu também 
vos amo muito. 
Estou realmente feliz em poder rezar convosco: participar deste momento de fé e de amor: fazer-vos companhia por alguns momentos! 
Este vosso gesto de amor agrada muito ao Pai e Ele derramará graças abundantes a cada um de vós e às vossas famílias. 
De fato, Deus ama os filhos que rezam; que cumprem as tarefas nas missões a cada um concedidas... 
Na verdade, Deus conta convosco para a libertação do mundo e pede então para sempre rezardes: a Oração é meio eficaz para afugentar e destruir o inimigo e é o ato mais simples de se fazer! 
O inimigo odeia a oração e conseqüentemente odeia a quem reza, e por isso os ataques, as dores, as perseguições. Mas todos estes momentos são alicerces sólidos para a libertação de milhares de filhos: São os alicerces na construção do Novo Reino. 
Mereceis o Novo Reino porque caminhais com Deus, mas milhões de filhos não trilham estes caminhos e por isso entristecem a Deus! 
Por isso, Deus conta convosco para salvá-los, para libertá-los. Para trazê-los ao Seu abraço. Deus conta convosco porque respeita a vontade de cada um, o livre arbítrio, que Ele mesmo deu a cada um de seus filhos. 
E Deus ficará feliz, muito feliz quando, por vossa intercessão, abraçar no Céu a um filho Seu. 
O mundo precisa ser melhor e Ele fará com que assim aconteça,mas para isso, terá de usar dos planos já previstos nas profecias. 
Mas Deus não quer mais perder ninguém! 
Peço-vos então: rezar, rezar, rezar. 
Rezai em família; rezai incessantemente; rezai com amor e vereis maravilhas! 
Porque Deus só faz maravilhas! 
Rezai pela Santa Igreja, pelas famílias, principalmente pelas crianças e jovens, rezai por outros e Eu, mais uma vez vos digo, Eu rezarei por vós. Amém? 
Eu vos abençôo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! 
"Maria, Mãe do Universo!" 
  
Visitas a Cemitérios 
Dia 04 de Novembro de 2010 
  
Cemitério Vale do Cerrado – Goiânia – GO 
  
Paz! 
Boa tarde, filhinhos amados! Muito obrigada! 
Este cemitério está limpo! 
Gostaria de vos pedir: Não deveis esquecer de oferecer alguém ao Pai, quando entrardes nos cemitérios: Deus o resgatará, seja quem for! (Pessoa viva) 
Lembrai-vos de que isto faz parte de vossa Missão de colaborar com o Reino do Pai. 
Estou muito feliz em vos encontrar aqui: feliz em poder caminhar convosco e convosco rezar pelos filhos padecentes. Esta é realmente uma linda Missão... e por que não, a mais linda? 
Muito obrigada! 
Eu vos abençôo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! 
"Maria, Mãe do Universo!" 
  
  
Cemitério Municipal de Trindade de Goiás – GO 
  
Filhinhos amados: 
Desde os princípios dos tempos o Céu tem alertado seus filhos sobre as catástrofes nos finais dos tempos e da necessidade da conversão, e de rezarem pela conversão. 
E o Pai aguarda o resgate e todos, desde então, mas tem perdido muitos filhos, pois seus apelos não são respeitados. 
Agora o Pai alerta: O tempo é curto demais para novos apelos, ou pelo menos, é curto demais para as respostas, já que milênios se passaram sem que isto acontecesse.. 
Mas por causa dos poucos que O atendem, Deus tem aguardado com paciência e amor... Mas já não há mais tempo! Amém! 
Peço-vos: Olhai o Alto! Olhai para Deus! Ele confia em vós! Amém! 
Muito obrigado! 
"Jesus!" 
  
  
  



25 de novembro de 2010

Sinais

 
 
Imagem apenas ilustrativa
+ Detalhes: [ Ampliar Imagem ]   




 

(reapresento para os que nao leram).


Profecia antiga destaca os sinais que precederão a segunda vinda do Salvador. (Extraído do Informativo ao Grupo Plenitude dos Tempos, Número 03 – Junho 2010, págs. 65 a 71)

Encontrada séculos atrás, escrita em português antigo, e guardada de pai para filho, por muito tempo esta profecia foi desprezada, mas lendo-a vê-se que se cumpre. Seja quem for que a tenha recebido, mostra-se verdadeira profecia de Deus. Ela tem semelhança com muitas profecias do fim dos tempos de outras fontes, porém com mais minúcias.


A Profecia
:
'Meus filhos, vos revelarei palavras que ouvi:
Ficai atentos quando a Igreja chamar de santa a uma mulher que revelará, da parte de Deus, o julgamento dos profetas, sábios, doutores, evangelistas, bispos e padres. Ela revelará o mistério escondido do julgamento dos maus e dos bons servidores da Igreja. Ela estará presente na condenação e salvação de muitos deles. Tudo o que Deus lhe mostrar ela dirá e dirá com pormenores. Seus escritos irão por todo o mundo e muitos maus servidores se arrependerão e se converterão; os bons ficarão melhores, os maus ficarão piores, muitos se condenarão. Depois dessa santa, se passarão cinco séculos para tudo piorar.

Eis os sinais que precederão a segunda vinda do Salvador:
"Os homens começarão a virar bicho, 553 anos depois desta que será proclamada santa pela Igreja. A cada ano que passar, eles ficarão mais feios e nojentos.
Mudarão seus cabelos e corpos com pinturas e objetos. Homens se dirão mulheres e mulheres se dirão homens. Negarão a beleza de suas almas e sua natureza de filhos de Deus. Quererão ser parecidos com os demônios, nos quais dirão não acreditar, mas os procurarão para fazer perguntas e pactos.

Desprezarão os símbolos da fé de Pedro, comprarão os símbolos do anticristo, que
usarão nas orelhas, nariz e muitas partes do corpo. Farão incisões e imagens em suas carnes, em desobediência ao que Deus proibiu a Moisés. Os que andarem com Deus parecer-se-ão com Ele em seus semblantes. O afastamento de Deus e a aproximação com os demônios mudará o comportamento, o costume, os sorrisos, os olhares e as faces das pessoas. O sacrifício de crianças aos demônios voltará. Como animal, as carnes dos homens serão vendidas aos pedaços.

Quanto mais se aproximar o tempo do anticristo, mais os homens perderão a espiritualidade; eles serão mais bichos do que homens. Haverá mais templos de adoração ao corpo do que igrejas. Nestes templos, eles modificarão suas carnes. Procurarão a saúde e a beleza eterna do corpo, que jamais encontrarão. Ficai atentos quando as mulheres se vestirem e forem à guerra como os homens. Vigiai quando a mulher der à luz diferente do natural e quando elas se derem ao vinho nas ruas, iguais aos beberrões. Vigiai quando a maioria das mulheres perderem o pudor, a honestidade, e andarem vestidas com roupas que desagradam a Deus.

Vigiai quando os homens levarem suas mulheres aos locais de prostituição. Vigiai e orai mais quando os homens puderem voar. Quando eles disserem que pisaram a terra do astro da noite. Quando eles puderem se ouvir, conversar um com o outro do outro lado da terra. Quando os judeus em um só dia fundarem o seu país.
Quem jamais ouviu tal coisa, quem jamais viu coisa semelhante? Vigiem quando as guerras não pararem no Oriente Médio. Quando satanás tiver suas igrejas nas cidades e todos disserem que ele também tem direitos. Quando os homens disserem que bem-aventurado é quem não tem sede nem fome de justiça; bem-aventurados os que não choram. Quando compararem Jesus aos falsos deuses e disserem que o Filho de Deus não é Deus.

Quando disserem que não haverá fim do mundo e sim fim da Era de Jesus. Quando disserem que a glória do Salvador é o sol que nasce todos os dias, que os
espinhos da cruz são os raios do sol nas nuvens, que Jesus é o plágio dos deuses e tentarem provar a semelhança de Jesus com os deuses dos homens. Quando compararem os símbolos da astrologia com os 12 Apóstolos e disserem que eles representam as 12 constelações da cruz do Zodíaco.

Quando negarem os milagres e humanizarem a Sagrada Escritura, dizendo que ela não tem a verdade, mas que é uma invenção política dos romanos. Quando disserem que a Sagrada Escritura é um plágio das religiões mais antigas, que ela é um mito antigo e supersticioso.

Vigiem quando a raiva e a paciência, a loucura e a inteligência negarem o Filho de Deus com a ciência. Vigiai quando satanás for invocado nas seitas, que existirão sem se esconder. Vigiai quando as leis dos países derem dinheiro às assembléias e seitas para invocarem os demônios. Vigiai quando o mundo aplaudir uma festa de iniqüidade com homens e mulheres nus e vestidos de loucos, festas de gritos, pecados, sorrisos e bêbados. Vigiai quando a preguiça crescer igual à violência e à imoralidade.
 
Quando for dado dinheiro para os homens não trabalharem. Quando este dinheiro provocar muita ociosidade para os pobres. Vigiai quando satanás tiver pregadores nas igrejas e professores nas ciências. Quando os sábios perderem sua sabedoria e se tornarem ingênuos e estúpidos. Quando os velhos quiserem ser jovens e brincarem como as crianças. Vigiai quando trocarem a Cruz do Salvador pela riqueza e prazeres. Quando estas pessoas abandonarem as reuniões dos santos. Quando as igrejas e mosteiros se esvaziarem de monges e monjas. Quando os pastores estiverem sem ovelhas.
 
Quando poucos procurarem comer a Carne e beber o Sangue de Cristo. Vigiai quando Deus tiver que requisitar o povo comum para o trabalho do Evangelho. Vigiai quando o pobre for apegado aos bens que não tem, igual ao rico que tem. Vigiai quando houver quadros de luz com pinturas vivas nas casas. Vigiai quando não se precisar mais de tinta para escrever. Quando as carroças andarem sem cavalos e bois. Vigiai quando houver conforto desnecessário em todas as casas.
Vigiai quando os homens tiverem água e fogo dentro de casa. Vigiai quando os velhos e velhas, esquecidos de suas almas, trocarem a igreja pelas festas e os templos de corpos.
 
Neste tempo, os homens se preocuparão mais com seus corpos que com suas almas. Os maus religiosos farão pior que o povo nos cuidados de suas carnes. Com seus exemplos e palavras ensinarão a frouxidão e a negligência, ensinarão como cuidar da carne e muitas almas irão ao inferno com a doutrina do inferno. Os maus religiosos nada farão para proteger o rebanho contra os pecados que invadem a terra; eles mesmos participarão das orgias de pecados ao invés de rebatê-los. O rebanho ficará sem pastores. Os maus pastores não amarão a Cruz, o sofrimento, o jejum, sacrifícios e penitências, a vida reclusa, o silêncio, a oração; serão vaidosos, orgulhosos e amantes da vida fácil, sem cruz.

Um pequeno resto de santos pastores sobreviverá; serão estes que, juntos com Jesus, não deixarão a Igreja cair; enquanto eles vivem segundo a vontade de Deus, os outros viverão segundo suas vontades e desejos carnais. Muitos destes maus pastores ficarão doentes repentinamente; outros, sem esperarem, sofrerão acidentes; outros serão julgados pelo próprio Jesus, que tirará suas vidas para que eles não destruam mais almas inocentes. Uns morrerão dentro da igreja, por desrespeitarem o Corpo e o Sangue do Senhor. Outros morrerão em lugares de pecados e onde estavam pecando. Bispos santos suspenderão maus padres e o Chefe da Igreja tirará o direito de alguns bispos não santos.
 
Vigiai quando virdes as crianças violentas e perversas como os assassinos. Quando o rosto das crianças e jovens forem maus. Quando eles forem mais espertos que os adultos. Quando o cabelo branco não for mais sabedoria. Quando os anciãos, grávidas e viúvas não receberem honra e respeito. Quando por uma correção os filhos matarem seus pais e quando os pais forem proibidos de educarem seus filhos. Vigiai quando os homens morrerem de violência sem guerra, mais do que na guerra.

Vigiai quando os jovens do mundo todo, que não se conhecerão, estiverem unidos na mesma maldade e incredulidade. Quem vai conseguir tal proeza? Vai ser
o anticristo; ele trabalhará escondido, dominará as mentalidades, preparando a sua aparição e então aparecerá. Ele será aceito pelos condenados.

Vigiai quando virdes os grandes amigos se tornarem grandes inimigos. Vigiai quando virdes ignorância, corrupção e escândalos nos Pastores da Igreja; tudo isso é para desviar o rebanho do Senhor da verdade. Os escândalos de muitos pastores não mancharão a inocência só de poucos, que se manterão santos e puros.

Vigiai quando os religiosos não forem mais identificados pelos trajes santos.
A oração, o jejum, a misericórdia serão desprezados; não haverá respeito pelo Corpo e pelo Sangue do Senhor. Bispos e padres, que servem aos demônios, proibirão os exorcismos para que os demônios fiquem na Igreja e na Terra com forças diabólicas. Por causa desta proibição, a Religião de Cristo perderá fiéis para as assembléias e seitas dos demônios.

O Chefe da Igreja mandará que em todas as Igrejas se expulsem os demônios com sua oração. A Igreja terá certo sossego. Satanás, irado, usará os seus servos e servas e conseguirá fazer com que esta oração seja retirada das igrejas, e assim ganhará forças.

Todos os sacramentos serão desprezados por um grande número de sacerdotes. Os Bispos não terão controle sobre os padres, que brigarão uns com os outros; uns até se matarão. Bispos e padres estarão acomodados com o pensamento de que Cristo está na Igreja e não permitirá que Ela seja destruída. A acomodação nesta verdade os prenderá nas trevas de muitas negligências e pecados. Cegos e dignos de castigo eterno, eles se ocuparão de coisas, leis e assuntos que de nada servem. Nestes tempos, os gananciosos quererão o dinheiro da Igreja.
 
A Igreja se manterá firme, pobre e santa pelos poucos bispos e padres
que se manterão fiéis à Verdade do Evangelho; os poucos fiéis sofrerão muito, mas nada os derrotará, pois Jesus Cristo estará com eles. Eles serão muito incompreendidos, caluniados e perseguidos; serão traídos pelos padres e bispos que procuram sua glória pessoal. Nos templo e igrejas as pessoas entrarão com roupas desrespeitosas.

Vigiai, porque estes são os sinais mostrando que está próxima a vinda do Salvador. Nestes tempos de grandes tribulações, satanás estará solto, indo e vindo, dentro e fora da Igreja, dos governos, das famílias, das cidades e das ruas, caçando as almas inocentes e de grande pureza. Os que amam a Deus nestes tempos que virão deverão ser humildes para não caírem com as tentações de Judas Iscariotes.

Quanto mais se aproximar o tempo do anticristo, mais demônios sairão do inferno para destruir a boa inteligência dos homens. Os bons serão atormentados de muitas tentações e poderão se perder. A violência aumentará sem que ninguém a possa dominar. Serão feitas leis e aumentarão o exército, mas nada poderá diminuir a violência. Haverá desordens em toda a parte; os homens se sentirão incapazes, mas não se humilharão diante de Deus e nem se arrependerão de seus pecados contra Ele.

Estes homens depravados falarão de paz, esperarão a paz, mas é a guerra que virá, quando as Nações descerem ao Vale de Josafá. Haverá terremotos pequenos e irão ficando maiores. Serão poucos e depois serão muitos. Raios e inundações sobre a terra; fomes, doenças e pestes; coisas espantosas e grandes sinais no céu. Geração cega. Não saberá ver os sinais dos tempos. Como Jerusalém, será destruída por não querer conhecer os sinais dos tempos.
 
Até pessoas espirituais terão dificuldade de compreender os sinais dos tempos pela comparação da figueira. A maioria das pessoas cristãs não pressentirá que o verão está próximo, mesmo com os ramos tenros e o crescimento das folhas. Surgirão doutrinas mentirosas para divertir homens, mulheres e crianças, que se deixarão perder sem perceber. Os velhos terão demônios por professores dentro de casa; as crianças os terão dentro e fora de casa.

Quanto mais se aproximarem os tempos do anticristo, mais perigo de perder a salvação correrão os cristãos, pois satanás se dedicará notadamente em destruir a fé, o amor e a fidelidade deles a Deus, à Igreja e aos irmãos do mosteiro. O próprio satanás expulsará os cristãos de dentro da Igreja e dos mosteiros. Bispos e padres receberão como ajuda pessoas enviadas pelos demônios, que dirão querer ajudá-los e eles acreditarão; estes filhos do demônio farão muito mal dentro da Igreja.

Satanás incomodará os cristãos fracos para que não mantenham sua fé, amor e fidelidade aos seus irmãos de religião, dentro dos mosteiros. Muitos cristãos pegarão o arado da salvação de suas almas, mas não agüentarão o calor das provações e tentações; milhares largarão o arado crendo em ensinamentos do anticristo, de que Deus é amor e a todos perdoará. Sem crerem mais na Justiça de que Deus recompensa a cada um segundo as suas obras, eles viverão na Igreja como tíbios, e assim serão transformados em filhos e servidores dos demônios, pelo próprio satanás.

Faltarão pastores tementes a Deus, por isso muitos perderão a fé. Quem a procurar, tentará se afastar do mundo, mas poucos encontrarão os raros oásis de santidade no deserto de pecados do mundo. Dos que os encontrarem, haverá os que os desprezarão por causa das tentações.

Assembléias e seitas venderão riquezas e conforto aos gananciosos e desprevenidos; encherão seus templos de pobres coitados, que se afastarão do caminho da fé. Caminharão para o inferno com estes homens que servem ao dinheiro. Dentro da Igreja muitos julgarão estar servindo a Deus, mas estarão servindo ao demônio; isto acontecerá porque não serão pessoas humildes e renunciadas de si, serão pessoas que não suportam o sofrimento. Sem motivos,
largam o arado e a cruz, não conseguindo ser fiéis à Igreja.
 
Não serão nem mão e nem pé, não serão nada, quando quiserem ser o que Deus não quer que sejam. Não farão parte do Corpo de Cristo porque não quererão ser um membro destinado por Deus. "Foi Ele quem de uns fez Apóstolos, de outros, Profetas ou Evangelistas, Pastores ou Doutores, para o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, e para a construção do Corpo de Cristo." (Ef. 4, 11-12).

Haverá um caos dentro da Igreja e dos mosteiros. A mão vai querer ser pé e o pé, a mão; o olho quererá ser nariz e o nariz quererá ser ouvido. Dirão que estando no Corpo são eles que escolhem onde ficar. E assim, a mão quererá ficar no lugar do olho mas nunca conseguirá. Levados pelo espírito do anticristo, trairão uns aos outros, pularão o muro e fugirão dos limites estabelecidos por Deus; serão mestres de si mesmos. "Eles não compreendem nem o que dizem, nem as questões que defendem, apesar de se apresentarem como doutores da lei." (1Tm. 1,7).

Assim como no tempo da provação de Saulo, na morte de Estevão, onde houve grande perseguição contra a comunidade de Jerusalém e todos se dispersaram pelas regiões da Judéia e da Samaria, com exceção dos apóstolos (At. 8, 1), assim também os demônios farão grande perseguição contra os fiéis que viverem em comunidades, e conseguirão levar ao inferno todos os que forem fracos e covardes, como os discípulos que deixaram de andar com Jesus, que vendo a traição, perguntou aos doze apóstolos: "Quereis vós também retirar-vos?" (Jo. 6,57).

Deus dará um tempo de misericórdia e de arrependimento aos homens, mas muitos deles não vão querer este tempo. Ao invés de se arrependerem e se voltarem para Deus, eles se entregarão às imundícies e paixões animalescas. A verdade vai sumir, a luz vai se apagar, as trevas vão dominar os corações dos
depravados do futuro, que não reencontrarão o caminho da salvação, mas estarão ao alcance da cabeça da serpente.

No mundo será difícil ser casto e puro; a inocência sumirá até das crianças. Elas se prostituirão entre si e com adultos. O maligno apresentará o pecado como vantagem; ele oferecerá o adultério, a homossexualidade, a imoralidade, o ocultismo, a luxúria, a dissipação, a mentira, a devassidão, a cobiça, o dinheiro, a riqueza, os prazeres carnais, a violência e o crime; muitos aceitarão, trocando o caminho estreito pelo largo, sem doer na consciência. Ficarão sem as graças do Espírito Santo e sem sentirem falta da Água Viva. Irritar-se-ão os pagãos, mas eis que sobrevirá a ira e o tempo de exterminar os que corromperam a terra. Tempo de julgar os mortos, de dar a condenação aos maus e a recompensa aos servos, aos profetas, aos santos, aos que temem o nome de Deus; pequenos e grandes.

Quando os homens se entregarem livremente a satanás e tudo parecer perdido, Deus abreviará os tempos, para que não se percam os escolhidos. De repente será derrubado e destruído o corrupto, os corruptores e seus seguidores.

"Então se vai manifestar o ímpio. E o Senhor Jesus vai destruí-lo com o sopro de sua boca, e o aniquilará na sua vinda gloriosa." (2Ts. 2,8)




www.recadosaarao.com.br


Sinais

Sinais dos tempos

Cada pessoa se dedique a transformar-se para melhor

Uma catástrofe natural ou uma grande convulsão social podem suscitar reações diversas nas pessoas. Os noticiários dos meios de comunicação, muitas vezes, entram em nossas casas e podemos, sem que nada nos abale, acompanhar os detalhes de um tsunami em alguma parte do mundo ou o último crime em nossa vizinhança, com a mesma frieza de quem fica sabendo de um acontecimento da sociedade ou o resultado de uma competição esportiva de um time de longe, do qual não somos torcedores. É que no mais das vezes não nos diz respeito diretamente. Podemos ficar vacinados, sem prestar atenção, sem interpretar corretamente os sinais dos tempos.

Também a política ou os grandes problemas sociais envolvem as pessoas e, passadas as emoções, impera a insensibilidade e o acomodamento. Há buracos nas ruas ou obras inacabadas que já tiveram bolo de aniversário! E as promessas eleitorais, se concretizadas, já teriam implantado um novo paraíso terrestre! No entanto, todos se esquecem delas, não existindo mecanismos consistentes de fiscalização e cobrança, até porque, depois de alguns meses, muitos até se esquecem dos nomes dos candidatos em que votaram. Por outro lado, diante dos grandes problemas, pululam anúncios de fim de mundo, até usados como instrumentos de pressão para conversões que duram pouco, pois tão acostumados estamos que os escândalos duram apenas poucos dias e as ameaças também são esquecidas, mesmo quando usam o nome de Deus.

Jesus Cristo, com a força do Evangelho e com a graça com que nos prodigaliza, quer mover as consciências a uma mudança profunda, sem pretender aterrorizar com anúncios catastróficos. Lamentavelmente, o mundo contemporâneo criou terrores e desastres muito maiores do que os que ouviam o Senhor (cf.. Lc 21, 5-19) nos começos do Cristianismo possam ter escutado e estes não conduziram a uma mudança substancial, apenas por serem graves e desafiadores. A Jesus interessa muito mais a finalidade da história do que o fim do mundo, pois os últimos tempos já começaram com o Seu mistério de Morte e Ressurreição.

Muitos se detêm em aspectos secundários, desviando-se do essencial. O cristão não se fixa no que desperta curiosidade, em investigações futurológicas nem muito menos astrológicas, mas se abre à novidade do dia a dia, cheio de esperança e disposição, preparado para o dia do Senhor, mesmo sem saber o dia nem a hora. Chegará, sim, o dia do juízo sobre todo o mundo e ninguém poderá ficar indiferente. Cristo anuncia algo muito sério, ainda que misterioso. Trata-se de um fim que diz respeito a todos.

Caminhamos em direção a um fim do mundo e a um juízo universal, mas estes se realizarão primeiro na vida pessoal de cada ser humano, chamado a acolher o Senhor ou rejeitá-Lo. Em nossa vida, ao largo do tempo que nos é dado, se realiza a decisão.

A indiferença e o alarmismo são as atitudes a serem evitadas e superadas. Diante dos acontecimentos, a Palavra de Deus nos ajudará a considerá-los sinais dos tempos, sinais do próprio Deus, os quais pedem responsabilidade. Não passe ninguém ao nosso lado sem que tomemos a iniciativa de amar a cada pessoa, fazendo concretamente o bem que estiver ao nosso alcance. Na sociedade, comprometendo-nos com as iniciativas que efetivamente promovam o bem comum. Cada pessoa, segundo a vocação e os dons que lhe foram concedidos pelo próprio Senhor, dedique-se a transformar-se para melhor, plantando sementes de bondade em torno de si.

Supere-se o julgamento dos que aparentemente fazem menos do que se espera, mas são igualmente importantes, pois Deus olha para o pequenino e ninguém escapa ao Seu amor. Novos Céus e nova terra serão assim preparados, enquanto, vivendo a esperança, aguardamos a vinda do Cristo Salvador. Então, tudo estará pronto, chegará ao fim a obra da salvação, e Deus será tudo em todos!

 

Dom Alberto Taveira Correa

Arcebispo de Belém – PA- Dom Alberto Taveira foi Reitor do Seminário Provincial Coração Eucarístico de Jesus em Belo Horizonte. Na Arquidiocese de Belo Horizonte foi ainda vigário Episcopal para a Pastoral e Professor de Liturgia na PUC-MG. Em Brasília, assumiu a coordenação do Vicariato Sul da Arquidiocese, além das diversas atividades de Bispo Auxiliar, entre outras. No dia 30 de dezembro de 2009, foi nomeado Arcebispo da Arquidiocese de Belém - PA

Louvado seja Deus !
Artemísia
 

24 de novembro de 2010

Muito Importante

 
Imagem apenas ilustrativa
+ Detalhes: Ampliar Imagem ]   







12/11/2010 14:55:29
Recados - Muito importante

ESCLARECIMENTOS 

Abaixo passamos algumas instruções que devem ser lidas com atenção, não somente para que entendamos e falemos todos a mesma linguagem, mas também para que cumpramos aquilo que o Céu pede de nós. Nós devemos formar um Movimento, que caminha junto com a Igreja, porque devemos ser realmente Igreja Católica, fiel e obediente a Sua Santidade o Papa Bento XVI, e a nenhuma outra pessoa que a ele desobedeça, ou o contradiga. Assim vejamos... 



1 – CAMPANHA DOS MIL CEMITÉRIOS... 
  
      O sentido principal é reunir as equipes e partir para as visitas de oração como sempre. Desde o começo nos foi pedido pelo Céu que não podemos DIVIDIR as equipes para ir rezar em mais cemitérios. Embora isso seja feito com reta intenção, o Céu nos quer rezando juntos, porque assim somos mais fortes. 

       No caso de não haver equipe formada, onde há uma só pessoa, ou no caso de impossibilidade momentânea de algum dos membros, podem fazer as visitas sozinhos e enviar os nomes da cidade e do cemitério, como solicitado, através do endereço de e-mail>  salvaibrasil@gmail.com Podem ir remetendo já, para irmos acompanhando! 

       É imprescindível que rezem as nossas orações como ensinado pelo Céu, tendo como base o tercinho do amor – Jesus, Maria, José, nós vos amamos, salvai almas! É isso que nos caracteriza como participantes do Movimento em unidade. Aos que rezam outras orações não está concedida a mesma graça, embora sempre as remissões aconteçam, em função do amor com que se faz as visitas! Obediência ao Céu acima de tudo, Deus sabe o porquê pede aquilo que nos solicita. Então obedeçamos, as orações estarão ao final deste texto. 
       Podem enviar TODOS os cemitérios visitados, porque compete a Jesus ao final dizer se nós cumprimos ou não a missão por Ele solicitada. Valem as visitas contadas a partir de 1º de novembro, até 30. Vamos em frente! No final, Jesus irá dizer se nós merecemos ou não esta graça! Por isso iremos registrando todos os cemitérios que nos enviarem – e não podem esquecer de mandar – porque Deus julga os méritos e corações. 

        Bom seria se conseguíssemos 1000 cemitérios diferentes, não repetidos! Ou seja, quanto mais variado melhor, e vale o esforço de todos, e lembrem que o tempo voa... Neste sentido preciso explicar... 
  
2 – OS PONTOS BRANCOS! 
  
      Acho de extrema importância explicar bem o que significa estes "pontos brancos" citados em tantas mensagens ao Cláudio. Vamos tentar explicar! 

      Em síntese, os verdadeiros "pontos brancos" no mapa, são as FAMÍLIAS que rezam! As famílias dos filhos que se preparam para a Nova Terra e Novo Céu. Mesmo que apenas um membro desta família seja ativo, Deus, na sua infinita misericórdia, ouvirá as preces deste filho, como está em Mateus 24, 45-47! Estes os servos fiéis

       De fato, não há lógica em salvar apenas um membro, sem a família inteira. Que graça haveria começar na Nova Terra, sozinho, sem seus filhos, ou sem seus pais, embora nem todos estarão juntos, alguns não irão, porque como já expliquei no livro  A Saga das Almas, somente quem tem o sangue da casa de Jacó estará neste reino, ainda aqui. O Santo Evangelho de hoje fala exatamente disso: um será levado, outro será deixado

       Posto isso, é preciso também olhar para o que profetizou Zacarias, quando disse em 138 Em toda a terra - oráculo do Senhor - dois terços dos habitantes serão exterminados e um terço subsistirá. 9 Mas farei passar este terço pelo fogo; purificá-lo-ei como se purifica a prata, prová-lo-ei como se prova o ouro. Então ele invocará o meu nome, eu o ouvirei, e direi: Este é o meu povo; e ele responderá: O Senhor é o meu Deus. 

       Ora, sendo um indicativo bíblico, ele se cumprirá perfeitamente. Ou seja: não se trata de 1/3 parte da humanidade, e sim de apenas 1/3 parte dos FILHOS, porque na terra não restará nem mais vestígio da semente antiga, que não seja a da pura casa de Jacó, sangue herdado de Adão. E isso está impresso no sangue dos filhos do Amor, a alma imortal adquirida por gênese, como partícula de Deus! 

      Assim, quando Jesus nos pede as visitas a 1000 cemitérios para que todo o Brasil se torne um ponto branco, significa que Deus estenderá a proteção a100% dos filhos e filhas que vivem no Brasil, a totalidade dos descendentes das 12 tribos de Israel, sendo todos eles, entretanto purificados como disse o profeta, pelo fogo da tribulação. Todos terão que passar pelo cadinho do sofrimento, na medida do necessário. 

       Mas não se assuste: TODOS os que participam do Movimento Salvai Almas, que são chamados a evangelizar neste tempo de graças infinitas, são judeus, e pertencem a uma das 12 tribos de Israel, embora tenham perdido a linhagem e nem imaginem ser FILHOS, por ordem de sangue. 

      Ou seja: a proteção será total dada apenas aos filhos e filhas de Deus, mas isso não significa que não mudarão os mapas já especificados, pelo menos na essência, e vou explicar bem, para que todos possam compreender. A parte física em síntese não entra nesta proteção, porque é preciso que tudo aconteça para a preparação da Nova Terra, como presente magnífico aos filhos vencedores. Vejam bem: 

      Nós vivemos uns tempos de batalha final, e nossa luta, como bem diz São Paulo, não é contra a carne, mas contra os espíritos infernais. A grande refrega se dá então ao nível dos espíritos, por força de inteligências e de vontades, entre os filhos de Deus contra os filhos das trevas. Entre os ligados em Deus, e os amigos dos demônios. Entre os homens, com seus anjos, almas do purgatório e os glorificados – portanto, toda a Igreja – contra os condutores da destruição, ligados a Lúcifer e seus demônios. 

      Assim, no momento em que o Cláudio recebeu aqueles mapas, se Deus descesse seu braço sobre a humanidade pecadora, o mundo ficaria esfacelado daquela forma, porque o desequilíbrio entre as forças do bem e as hostes do mal, indicava aquele estado. Mas Deus se deixa dominar, quase podemos dizer que Ele obedece às orações, e na medida em que os filhos pedem, lutam, intercedem, suplicam e se entregam confiantes, as forças de bem conseguem mitigar, diminuir, e até mesmo evitar um castigo, como foi o caso de Nínive e está no livro de Jonas. E Deus pode proteger toda uma região, pela súplica ardente de um único filho que ali viva! 

      Desta forma, pelas orações dos filhos que residem no Estado do Espírito Santo já o Pai tornou toda aquela região um ponto branco. Ou seja, TODOS os filhos de Deus e suas famílias que lá residem, receberão esta proteção total do Céu. Assim outras localidades, dioceses e mesmo países como Portugal, já receberam a mesma graça: todos os filhos que residem ali, na totalidade de 100%, serão preservados, e todos eles serão purificados, não apenas uma terça parte. 

      Lembro ainda, isso não significa que Deus mudou seus planos, e sim que Ele atendeu aos seus filhos, em seu imenso amor. Sim, os homens podem mudar de certa forma os planos de Deus, ou os modos e meios de ele conseguir Seus fins. Deste modo, todos devem estar preparados, porque embora esteja dito que 2012 é o ano da Justiça, tudo pode começar a qualquer momento. 

      Então o fato de ser ponto branco não evita, de forma alguma, as catástrofes. Elas acontecerão, em toda a extensão de nosso país, e muita terra será afundada nos mares, devido à queda do grande astro. Nas regiões riscadas nos mapas, mesmo que não afundem, haverá ali uma devastação tão grande, com fome, sede, pestes, fumaça, poluição e fogo, que levarão na integralidade, e sem exceção, todos os NÃO FILHOS.  Quanto aos filhos, eles estarão protegidos, eis os verdadeiros pontos brancos! 

      De fato, mesmo que alguém das famílias que agora luta pelo Reino e entende os sinais dos tempos – Ler Mateus 24 – venha a sofrer o martírio, ele estará na Nova Terra e com vantagens e dons superiores aos que não lavaram suas vestes no Sangue do Cordeiro, como está dito no Apocalipse. Os filhos saídos da Grande Tribulação! 

       Enfim, em sendo uma região ponto branco, ela poderá depois ser reconstruída e repovoada, com as maravilhas do reino que chega. Vejo pessoas tristes porque suas casas, seus bens, suas propriedades serão destruídas, mas a estas digo que não devem, de forma alguma, lamentar, porque lhes será dado em cêntuplo adiante. 

       Vejam o que aconteceu com Jó! Ele perdeu tudo e recuperou depois! Todos terão moradias esplêndidas, magníficas, arejadas, espaçosas, sem cercas, muros e grades, rodeadas de jardins floridos e multicoloridos. Não lamentem o que fica, porque sem dúvida: todos nós perderemos tudo, para depois sermos, em Deus, donos de tudo! 

       Lembro ainda que existem certos locais do planeta, onde o crime, o pecado, a corrupção, a roubalheira, o escândalo, a mentira torpe, o aborto satânico, a depravação hedionda, ou tudo junto ou de forma acentuada nalgum destes tópicos, faz com que Deus as vote de interdito, como vimos pela mensagem, sobre Brasília. 

       Que quer dizer isso? No Êxodo, conforme já explicamos em nossos livros, os filhos de Deus acampavam diante dos povos que residiam na região, e davam a eles chances de conversão, porque Deus mostrava diante deles seus prodígios estupendos, enquanto do lado dos maus os horrores se multiplicavam. Quando um povo dava mostras de que jamais iria se converter, Deus votava tal cidade de interdito, mandando que fossem exterminados todos os seus habitantes, sem exceção. E eram mortos todos, até os animais.   

        São milhares os locais que Deus precisa purificar, ou mesmo fazer submergir nos mares, para sepultar os crimes ali cometidos, os pecados que transformaram aqueles locais em pestilências insuportáveis, que precisam desaparecer para o bem dos filhos. Estes serão interditados, e ali não restará ninguém vivo, sendo, porém retirados da destruição, em tempo, TODOS os filhos de Deus, como aconteceu com Lot e suas famílias ao fugirem de Sodoma! 

        Resumindo: Deus pensa nas ALMAS e em seus filhos. Esqueçamos então nossos bens, nossas propriedades, casas, carros, roupas, calçados, tudo! O que vivemos hoje é um reino de mendigos, comparado com o REINO que Deus nos prepara adiante. 
  
3 – NOVENA DO PADRE BACH 
  
      Algumas pessoas nos têm perguntado a respeito de uma Novena do Padre Bach! O Cláudio apenas recebeu a menção dela, mas Nossa Mãezinha ainda não ditou para ele o que quer que rezemos. Os que desejam pedir a intercessão dele, devem fazer uso de alguma novena ligada à Nossa Senhora, de sua devoção especial, pedindo junto a intercessão dele. 
      Assim que ele receber a instrução, colocaremos nos sites! 
  
4 – CAMPANHA DOS LIVROS E TERÇOS 
  
      Como sempre temos anunciado, e tantas vezes tolhidos pelas circunstâncias não conseguimos dar prosseguimento ao nosso projeto cerrado de evangelização, com a graça de Deus estamos próximos de anunciar a grande batalha. De fato, temos apenas um ano para, semear, chegará então o tempo da grande fuga, da dispersão, do qual não saberemos medir o alcance agora: tudo depende das orações do nosso povo. Quem tiver ouvidos ouça, e quem tiver voz anuncie: o reino vem e é dos valentes! 
  
5 – FORMAÇÃO DE GRUPOS NAS CIDADES. 
  
      Temos visto, e tido grande dificuldade de reunir as pessoas, nas diferentes cidades e penso que este é outro sinal dos tempos. Algumas pessoas sentindo tal necessidade nos pedem que troquemos endereços e telefones, cidade a cidade, para que possam se juntar aos grupos já formados, ou formar grupos para rezarem junto conosco, tanto nas visitas a cemitérios, quanto nos dias de cenáculo, onde o Movimento tem recebido muitas graças, através desta maravilhosa comunhão dos santos. 

      Mas acontece que muitos não gostam que se dê o seu endereço ou telefone, e fica sempre um ar de desconfiança, o mesmo clima que senti na Europa, onde parece que um tem medo do outro, em todos os lugares o medo. Ora, isso vem de satanás, que não quer ver as pessoas unidas, rezando juntas, e partilhando informações, para que todos possam estar cientes da gravidade dos tempos que chegam. Isso não é bom, e perdem todos os que se isolam, eles e suas famílias. Unidos é que serão fortes! 

       Claro que todos os grupos devem procurar ter internet, o meio mais rápido de evangelização coletiva, meio este que nos deverá faltar, daqui a um ano. Como falamos em proteção dos filhos, deveremos entender que Deus jamais deixará alguém que O ama ser pego pelas catástrofes, sem ser avisado. Mas para isso é preciso que estes desejem ser avisados, e sendo muitos atentos e unidos é bem mais fácil de chegar a todos. 

       Uma das coisas que acontecerão, com aqueles que se unem é que Deus suscitará entre eles uma pessoa que receberá as instruções do Céu, quando chegar o tempo auge da crise, assim todos saberão o que fazer e como agir, na calma, na paz. Quem estiver reunido então terá mais facilidade de encontrar respostas, até mesmo para onde deve ir, para ser resguardado da catástrofe, até porque nem todos serão arrebatados pelos ares: já irão antes que tudo aconteça, com ordem e em tempo! 

      Vejo muitas pessoas preocupadas desde já com a questão do kit básico de alimentos, mas todos devem saber que isso NÃO É PARA AGORA. Ninguém deve estocar alimentos nem água, porque isso estragará. Devem partilhar desde já, no mesmo espírito de caridade amorosa com o qual fomos recebidos em Goiânia, Anápolis e Brasília, por aquele povo bom e hospitaleiro que nos tratou com imenso carinho. 
       Como disse a eles, é Jesus querendo reunir seus pintinhos debaixo das asas, aqueles filhos não rebeldes, mas humildes, a quem é dado conhecer os mistérios do reino, mistérios estes vedados aos sábios e entendidos. Para estes filhos nada faltará e as instruções serão passadas aos grupos: ninguém deve se apavorar, nem armazenar comida! Deve armazenar orações, amor, fé e deixar Deus agir! Ele fará tudo e bem!

        Completando, nós aqui estamos acertando o cadastro de endereços, de modo que em breve poderá ser solicitado o e-mail e ou telefone e endereço de contato, em cada cidade, que assim os interessados podem ir se unindo, rezando e trocando todas as informações que recebem, seja daqui, seja por ação do Espírito Santo, dos anjos e santos do Céu, ou das almas do Purgatório. Avisaremos quando estiver pronto! 
  
6 – TEMPO DE CONVERSÃO! 
  
       Por muitas vezes as mensagens têm nos pedido, e temos alertado através de mil e um modos, que ninguém deve ter medo, nem ficar apavorado com a conversão dos filhos, do marido, da esposa, dos familiares e dos amigos. Tudo vem no momento certo e a Mãezinha já prometeu que nenhuma pessoa que participe do Movimento, ficará sem a conversão de toda a sua linha de sangue. Vejam bem: da sua linha de sangue!

       Numa família temos então desde os bisavós até os bisnetos, e basta que eles sejam pessoas de oração, para que todos os seus descendentes sejam preservados da perda eterna da alma. Neste caso não se contam noras e genros, para os quais os membros das famílias devem rezar.

       Lembro que, em cada visita a cemitério se poderá mencionar o nome de uma pessoa ainda viva, que se imagina precisar de conversão. Neste caso, não precisa colocar nenhuma pessoa da linha de sangue – filhos, netos e bisnetos – somente os membros que vem de outras linhas de sangue. Bom mesmo é colocar o nome dos grandes maus do nosso tempo, porque será imensa alegria e vitória fantástica retirá-los das garras de satanás, o prêmio será eterno.

       Assim todos devem confiar, e confiar cada vez mais em Deus, porque somente Ele sabe a hora correta de iluminar a mente de cada um, para que entenda os mistérios deste nosso tempo e volte à vida. Converter-se antes do tempo, no caso de uma alma tíbia e pouco fortalecida na oração, pode significar uma decaída grave posterior, onde a pessoa fica pior do que antes. Como diz São Pedro: a porca lavada volta a revolver-se no lamaçal, o cão retorna ao próprio vômito!

        Então pedimos, especialmente as mamães, mas serve para todos: NÃO FORCEM a barra, como que exigindo a conversão dos seus filhos e filhas, APENAS REZEM, e confiem em Deus. Há mães que forçam demais, falam o tempo inteiro, querem como socar na cabeça dos filhos o entendimento daquilo que está vindo, mas isso somente faz piorar as coisas. Calma, calma, calma, porque para tudo tem seu tempo, até mesmo para a conversão!

         Por isso, se você já alertou, já falou, já xingou, já se exasperou e não teve nenhum resultado, saiba que é melhor não ter tido, porque poderia ser pior. Você deve sim, desfilar seu terço calmamente, dando tempo ao Espírito Santo de Ele agir. Porque se você forçar, querendo fazer você a obra, verá que tudo é inútil e em vão. Fica então doente, estressada, o que faz muito mal à saúde. Nós devemos apenas semear com calma, amor e fé, entre lágrimas e preces, que Deus colherá com fartura. E NINGUÉM         de nossa casa se perderá!

         Enfim, como temos batido nesta mesma tecla, mais uma vez retorno: o tempo que chega é o da confiança, cega, inarredável, decidida e plena em Deus, Ele que tudo pode e tudo tem sob seu domínio. Confia no Senhor é a chave que abre o Novo Reino! Para os que duvidam disso, os que não se preparam afim desta confiança, ou acham que eles mesmos devem plantar e colher, não há lugar na Nova Terra!

         Vamos à luta? Jesus nos convida e a Mãezinha e São Miguel vão junto! Você vem? 
  
ORAÇÕES PARA OS CEMITÉRIOS: 
  
    Muitas pessoas tem tido dificuldade em cumprir a missão de rezar nos cemitérios, por não saberem quais orações devem rezar, para cumprir a tarefa pedida por Nossa Senhora, e que levará a remissão de todo o cemitério visitado de uma só vez.

      Antes vamos esclarecer algumas coisas para a pessoa. Melhor sempre é equipe.

1 – Não precisa rezar mais orações do que as que indicaremos abaixo, nem outras.

2 – Não precisa levar água benta para aspergir túmulos, porque água benta é sacramental para os vivos não para os mortos. As almas não precisam de exorcismo e sim de orações. Orientações diferentes não vem do Salvai Almas, nem terão as mesmas graças.

3 – O Céu sabe o que faz. Se ele pede uma coisa, só precisa daquilo e nada mais. Deus ama muito mais a obediência do que o sacrifício.

4 – Se puder, como demonstração de fé, que o grupo ou a pessoa leve um crucifixo ou uma imagem de Nossa Senhora, ou Sagrado Coração. Nós levamos a Sagrada Família!

5 – Rezem andando por meio os túmulos! Ou vão até o cruzeiro e rezem parados. 
  
     Agora as orações. Que você deve rezar? Comece, sempre com o Sinal da Cruz.

1 – Tercinho do Amor. Reza-se assim usando o terço: 
      a – Credo, Pai Nosso, três Ave Maria, Glória e Pai Nosso; 
      b – Nas dezenas, ao invés da Ave Maria, você reza. Um diz: Jesus, Maria, José, Eu vos amo...  Outros respondem: Salvai Almas! (E assim dez vezes) 
      c – Nas contas grandes rezem um Gloria ao Pai.. E assim, nas cinco dezenas. 
      d – termine com a Salve Rainha! 
  
2 – Reze uma oração de Santa Gertrudes: 
      Eterno Pai, eu vos ofereço o preciosíssimo Sangue de Vosso Filho e nosso Senhor, Jesus Cristo, em união com todas as Missas que hoje são celebradas em todo o mundo, por todas as santas almas do purgatório, pelos pecadores em todos os lugares, pelos pecadores na Santa Igreja Católica, pelos pecadores em todas as outras Igrejas, pelos de minha casa e meus vizinhos. Amém! 
  
3 – Reze agora três jaculatórias assim: 
      Um reza: Dai-lhes, Senhor, o descanso Eterno... 
      Outros respondem: E brilhe para eles a sua luz! Termine com Sinal da Cruz 
  
4 – Anote agora o nome do Cemitério ou da Cidade, ou vila onde o cemitério está localizado e envie para o seguinte endereço: Arnaldo Haas 
      Av. Jorge Lacerda, 963 – Centro – Vidal Ramos – SC – CEP: 88443-000 
  
OBS. Quando o nome do cemitério é anotado no Livro da Luz do Arcanjo São Miguel, ocorre a libertação de todas as almas daquele cemitério que ainda estiverem no purgatório naquele momento. Caso você não mandar o nome, salvam-se apenas algumas almas, porque é pela força de intercessão dos milhares de Santos que já estão no céu em virtude do Salvai Almas, que acontece a libertação. 
  
Entre no site

www.recados.aarao.nom.br e clique em LIVRO AZUL. Digite a cidade e veja se o cemitério que voce visitou já está anotado. Se já estiver, não precisa mandar. Mas pode rezar todo dia lá. Esta é uma preciosa forma de cartidade que lhe renderá muitos frutos para o Céu. 
  
A Equipe! 
  


www.recadosaarao.com.br

A Perseguição


 
Imagem apenas ilustrativa
+ Detalhes: Ampliar Imagem ]   


Vamos hoje, à mais um artigo sobre a ação das trevas – este constando de matérias esparsas, mas afins – sempre no sentido de nos levar, pela visão das trevas, ao caminho da Luz. Não nos deixemos fixar apenas nas trevas – tiremos delas apenas lições e como não ser e agir – porque elas existem, não para nosso deleite, nem nossa ruína, nem pavor e sim para que possamos fugir delas e nos aproveitar dos benefícios maravilhosos da Luz. E a Luz – a verdadeira Luz,que somente vem de Deus – serve para que não nos deixemos contaminar, nem envolver, pelos melífluos "encantos" de satanás, que muitas vezes se fantasia de filho da luz para nos enganar. Muitas coisas nos são mostradas pelo inferno, com face aparente de bem – já vimos casos aqui – porque a maldade se esconde onde menos se espera. E afinal, sempre que houver mal ali estarão os espíritos das trevas.


Neste novo trabalho vamos mostrar coisas que nos aguardam no futuro, mas que no presente já existem e são estudadas e preparadas, para um tempo de horrores que se aproxima: o tempo da grande perseguição aos cristãos!

Também o tempo da Grande Tribulação predita pelo profeta Daniel e mencionada por Jesus em Mateus, capítulo 24. Muitos se enganam achando que jamais voltaremos a ver o tempo de um outro Império Romano, que matou – segundo estimativas, em 300 anos – mais de 12 milhões de cristãos, usando para isso dos mais terríveis artifícios, das mais monstruosas máquinas de suplício e tortura jamais vistas na terra. Tempos onde o inaudito pareceu pequeno, onde o próprio inferno provocou menos dores e tormentos do que os vividos pelos católicos de então, na terra. Mas é engano pensar que nada disso acontecerá de novo! Na verdade, o maligno está apenas azeitando suas máquinas
agora.

E, por tudo que tenho visto e sentido, presumo que será ainda pior que na Roma antiga, porque hoje os homens são mais maus que naquele tempo. Porque hoje eles têm consciência da própria maldade. E haverá mais mortes do que então, até que se complete finalmente  a cota de sangue exigida pelo inferno, para libertar o homem desta terra. Para que nós tenhamos finalmente o merecimento de viver na Jerusalém Celeste, tendo pago o preço do nosso resgate, sim, pelos méritos exclusivos de Jesus e de sua Paixão e Morte na Cruz. E adiante veremos que, até mesmo da Paixão de Cristo o inferno faz uso em seus truques. Vamos às visões de hoje, depois explicamos:

Estávamos de viagem a uma cidade próxima, e íamos rezando o Terço Doloroso, quando Nossa belíssima Mãe celeste veio e pediu que olhasse para o alto. E mostrou-me – novamente – já dentro da nossa camada de ar, aquilo que nós costumamos chamar de Céu, os mesmos horripilantes demônios vermelhos – já descritos – e que haviam ficado paralisados – e mudos – no ar, conforme relatei na visão anterior. Lembro que eles foram imobilizados devido à inesperada – para eles – eleição do Santo Padre Bento XVI, pois era visto que esperavam bem outro resultado.

Vi, então, o céu ser ocupado por imensas legiões de tais seres nefastos, que apesar de ainda se conservarem no mesmo lugar, lá em cima, começavam agora a se mexer. Era uma tal multidão sem conta, que ocupava todos os espaços celestes, de tal forma que era impossível alguém se movimentar ali, tão coladinhos entre si estavam todos eles. Eram incontáveis! E além de se movimentarem aos poucos, agora já começavam a comunicar-se entre si, e a demonstrar uma certa "alegria", se, se pode chamar de alegria o terror que eles realmente sentem e vivem, desde sempre e para sempre. Mas era tal que pareciam fazer festa em poder movimentar-se. Pareciam alegres, e na expectativa de algo!

Então nossa Mãe Celeste falou assim: A qualquer momento, filha, eles começarão a realizar prodígios no ar, e toda sorte de portentos enganadores. Haverão curas e milagres, também sinais, e muitos de meus filhos, mesmo entre os que rezam, cairão! Muitos apontarão os dedo e dirão: Vejam! Vejam! São sinais do Céu! Vêm de Deus! E ai daqueles que não acreditarem nestas pseudovisões! Serão caluniados, serão perseguidos!... Mas eu estarei convosco! Somente aqueles que  estão na Luz, enxergarão e saberão que tais prodígios não procedem de Deus, o Pai Criador. Deveis rezar muito, para não cairdes neste tempo, filhos! 

As coisas já acontecem e acontecerão! Neste tempo, muitos chegarão
até vós – a todos vós que estiverdes na verdadeira Luz – e pedirão assim: Pão! Pão! Muitos chegarão até vós e pedirão sustento – perguntei se da Eucaristia, mas ela continuou – também o  alimento que sustenta o corpo. Nenhuma das grandes plantações que podeis ver hoje resistirá: tantas serão as pragas, doenças e insetos que as invadirão! Todas, hoje, são mantidas à base de venenos, mas neste tempo nenhum veneno controlará as pragas nem as doenças. Não mais existirão estas grandes plantações como hoje, onde se ganha tanto dinheiro, e o prejuízo será sem conta.

Muitos filhos se agruparão em locais que o Pai escolheu, porque nestes locais toda esta variedade de pragas e doenças não atingirá as plantações.

E ali plantarão, sem ter a necessidade de veneno algum, apesar de estas espécies de pragas, insetos e doenças estarem espalhadas por todo mundo. E ali terão abundância! Meu bom José não lhes deixará faltar nada. E assim como ele providenciou sustento para a Sagrada Família, o providenciará também para meus filhos.

Virão,  também, muitas espécies de doenças! Elas atingirão as pessoas e também os animais – e algumas já estão acontecendo – e nenhum remédio terá efeito no combate a elas. Por isso peço aos filhos que preparem já o remédio do Céu: o Óleo Sagrado do Arcanjo São Rafael! E não somente para si, mas para todos os que necessitam! Não tenhais medo! Vossa libertação está próxima! Pois chegareis ao tempo – vós os filhos  da Luz – em que não mais precisarão de tantos esforços e não mais terão estes sofrimentos. Eu vos amo muito e vos abençôo! Maria, Senhora de Fátima! Amém! (fim desta parte).


Lembro que São Paulo, na segunda Carta aos Tessalonicenses diz que a manifestação do ímpio será acompanhada, graças ao poder de satanás, de toda sorte de portentos, sinais e prodígios enganadores. Ele usará de todas as seduções do mal com aqueles que se perdem, por não haverem cultivado o amor à verdade... (II Tess 2, 9-10). O que vimos nesta visão, são exatamente estes espíritos enganadores, já posto no ar e prontos a realizar estes sinais, prodígios, falsos milagres, falsas curas, tudo como se fosse vindo da parte de Deus. Allás, farão isso, como se vindo da parte do anticristo, que se fará passar por um Deus. E milhares de homens o adorarão por causa destes falsos prodígios. 

Mas atentem para uma coisa: nada disso é para agora, ou já! O que hoje se mostra é uma revelação do futuro, do qual a preparação já está em curso! Eles estão agora  já preparados, mas não autorizados. Nada acontece às pressas, pois o Plano de Deus se executa dentro de Seu tempo. Nenhum demônio daqueles avançará na direção da terra, nenhum milímetro sequer, sem que Deus o permita. Entretanto, os sinais de sua proximidade, já podem ser vistos, e vão desde os tais disco voadores, como outros espantos que se formam nos ares e que os olhos incautos interpretarão como sinais do próprio Deus. Somente aqueles que estiverem em profunda oração, ligados em Deus pelo estado de graça, e próximos da Eucaristia saberão diferenciar os sinais verdadeiros dos falsos.  

Esta questão da quebra das colheitas e da grande fome na terra, nos é relatada pelos Profetas Jeremias no capítulo 14, e pelo profeta Joel no capítulo primeiro, de 15 a 20. Quem gostar, pode ler estes textos, e saberá que ambos se referem ao Dia do Senhor, não a outro fato passado, porque jamais, em toda a terra – como ali está dito – se terá visto algo tão assombroso. Meu sentimento é que fatos relativos à quebra de safras e a fome avassaladora que se instalará em toda a terra, devem ocorrem apenas depois da queda do astro, porque este fator será o grande vilão que quebrará os ciclos de vida e interromperá as cadeias alimentares pela eliminação dos inimigos naturais das pragas. 

Óbvio que Deus tem poder de suscitar estas pragas e criá-las a partir dos grãos de pó.

Mas penso que este será um processo natural, porque será causado pelo próprio homem ganancioso e mau, que terá de aprender a conviver com a miséria, para dar valor à fartura. Terá de sentir a diferença entre Deus e o diabo, que ele agora escolheu. E assim, isso pode acontecer a qualquer momento, e as imensas infestações de gafanhotos que têm surgido na África, nos últimos anos, são prova disso. Também as doenças, que têm surgido ultimamente, em especial as que provêm dos animais e estão sendo passadas para os homens, já estão aí como sinal de alerta.  

Eu não me surpreenderia se algumas delas viessem a surgir de experiências mal sucedidas em laboratórios, envolvendo clones e mutações genéticas, de modo a gerar bactérias e vírus implacáveis e incontroláveis. O homem, na verdade, merece isto! E terá sem dúvida a paga de seu desvario! Ele quis, ele o terá! Ele pediu, ele ganhará! Ele escolheu satã, este o acolherá! E lhe dará exatamente o que ele pediu: a dor! O sofrimento e a desgraça, pois é somente isso que o inferno tem para dar! Jamais o bem!  

Quanto aos sinais espetaculares previstos, está dito que o anticristo será apresentado ao mundo no chamado "Dia da Declaração", e aparecerá falando simultaneamente em dezenas de idiomas, todos o entendendo ao mesmo tempo. Devo lembrar que o demônio tem poder de se fantasiar, de mudar-se em qualquer ser vivo, pequeno ou grande, pois é capaz de aparecer como se fosse Jesus ou Maria.

Então, será fácil para centenas de demônios, ao mesmo tempo, tomarem a forma do mesmo homem e falarem na língua que cada um entende, no que se constituirá, não num milagre, mas uma fraude satânica. E por estes poderes que recebeu de Deus, ele enganará a milhões de incautos, até dos que se dizem ser católicos, que serão capazes de matar por causa dele. 

E, acima, Nossa Mãe nos diz que as pessoas serão perseguidas e caluniadas por não acreditarem que tais sinais procedem de Deus. Claro que a perseguição aos cristãos se dará somente por causa disto, mas tal fato me permite encaixar outra revelação a esta pessoa, que deixará o leitor de queixo caído. Trata-se do filme de Mel Gibson!  

Diz a pessoa: Tempos atrás o mundo respirava aquele filme do Mel Gibson, a Paixão de Cristo. Era uma loucura ver pessoas correndo atrás de uma fita, e soube de um mosteiro pagou US$ 800 para obter a fita em primeira mão, quando agora se encontram DVDs por aí, custando uns míseros trocados. Havia sacerdotes que nas homilias incitavam o povo a assistir o filme, mas o certo é que ele dividiu muito, as opiniões das pessoas.  

 Na verdade, enquanto uns mostravam-se "encantados", outros se enchiam é de aversão, outros de angústia, outros de pavor.  Houve até casos de pessoas que tiveram infarto durante o filme e vieram a óbito, devido à brutalidade gratuita da fita. E olhem agora: quantos ainda pensam no filme? Tudo passou como um vento e deixou algumas pessoas com fortunas incalculáveis. Será mesmo que a intenção deste filme era boa?  

Naquela época pedi a Nosso Senhor que me desse mais clareza em relação ao filme, porque eu na verdade me sentia mal só pelo fato de mencionarem o filme, e na verdade não eram bons os pressentimentos que tinha em relação a ele. Amo profundamente a Paixão de Nosso Senhor, pois é dela que nos deve vir a força para buscar o Reino do Pai, para nós e nossos irmãos. Nela deve estar o sentido de nossa vida. 

Uma tarde, quando voltávamos da Santa Missa, ao rezarmos o Terço como sempre fazemos em viagem, Nosso Senhor falou assim: Não quero que assistam a este filme! Melhor se as pessoas gastassem este tempo diante das estações da Via Sacra, quinze minutos seriam suficientes, não precisariam mais. Infelizmente ficam lá, horas e horas, mesmo não se sentindo bem assistindo ao filme. Um filme milimetricamente calculado para deixar claras impressões. Filme meticulosamente traçado, em todos os sentidos, para se aproximar o máximo possível do real. Grupos inteiros constituídos por "aqueles", e fizeram estudos, até atingirem a meta: Para atrair, para prender a atenção de milhares.  

Não foram todos que assistiram ao filme: alguns poucos filhos se preservaram desta contaminação! Alguns, poucos, perceberam a névoa densa e escura na qual ele está envolto. Sangue negro! Magia negra! Dinheiro sujo! Dinheiro das seitas secretas! Que faz mais sangue inocente! Escola de satanás para o tempo da perseguição dos cristãos. Muitos filhos já se foram com este filme, não por causa da Minha paixão, mas por causa de satanás.  

Não vos deixeis contaminar por ele, não o assistam, e a aqueles que tecem comentários sobre ele, não os escuteis, mas alertai: Melhor ficar quinze minutos em frente a uma Via Sacra Real e Verdadeira de Jesus, onde recebereis muito mais Dele mesmo, que nas horas em que ficais diante deste filme, milimetricamente tracejado por satanás.

Dias depois Nosso Senhor acrescentou em relação ao filme: Satanás ensinou e ensina a muitos, o tratamento a ser dado adiante, o modo como devem proceder com aqueles que se dizem cristãos! A semente má foi semeada e se encontra já em inúmeros corações ainda adormecidos.
 

Perguntei então a Nosso Senhor em quem estava a responsabilidade maior pelo filme Ele respondeu: naquele que o planejou, não nos que dele participam!  

Gostaria ainda de acrescentar uma frase de Nosso Senhor, que me chocou muito e que se refere a certas pessoas que passam horas diante dos Sacrários nas Igrejas: Infelizmente muitos vão ali não para prestarem adoração a Deus, mas para blasfemá-lO!
(fim)  

Comentando:

Concordo que este filme é polêmico e se me perguntarem se gostei, eu direi com a maior força: Não! Depois de meditar sobre ele, hoje posso dizer que mil vezes prefiro ler o livro de Ana Catarina Emmerich, do que assistir a aquela cena brutal da flagelação. De fato eu penso que não poderiam ter escolhido dois atores mais repugnantes para aquela cena. A própria cena com satanás, no começo do filme, é chocante e parece já distorcer tudo, também o fim está longe de se parecer com a realidade. Não ficou a impressão do comovente, da necessidade da conversão. E o ambiente escolhido foi mal feito, de modo que me ficou a impressão de que os autores do filme quiseram dizer foi isto: matamos o desgraçado! 

Mas a questão de ver dinheiro consagrado a satanás empregado nele, também saber que nele se envolveu a magia negra, nisso cada um decida o que pensar. Mas quem duvida disso? Também quanto ao dinheiro arrecadado, creio que algo acima de 300 milhões de dólares. Na verdade, de Hollywood não se pode duvidar de nada. O que se trama ali contra Deus, nem mesmo o diabo sabe de tudo. Um dia, não distante dia, aquelas regiões e vales pornográficos, de milhares de filmes abomináveis serão sepultados no mais profundo dos abismos, isso se Deus não achar um jeito de os lançar pelo espaço sideral, tão grande a contaminação que trazem. Indizível o mal que já saiu daquelas regiões diabólicas!  

Mas o chocante é se tais cenas foram realmente programadas para mostrar aos cristãos aquilo que lhes será dado sentir no futuro, pelo fato de seguirem a Jesus. Eu não duvidaria disso, porque, como já disse, os homens de hoje são sem dúvida ainda mais perversos do que aqueles que mataram a Cristo. Eles não precisam de demônios que os incitem, nem de professores infernais que os instruam. Estes homens são os soldados do anticristo, gerados na maldade extrema e programados para o morticínio. Na época de Jesus não havia escolas de terrorismo, nem de tortura como hoje. 

Todas estas coisas são possíveis, e verdade é que os filmes são verdadeiras escolas do crime, de maldade, de corrupção, onde a "arte" apenas imita a vida e vice e versa. Mil e uma profecias têm nos avisado destes tempos. E como vimos, quando as coisas de fato começarem, nos parecerá que Deus abandonou de vez a terra, porque até os elementos e as forças da natureza parecerão ser comandadas pelo próprio inferno. Neste sentido, relato ainda uma última visão, para mostrar aquilo que outros profetas também já previram e que virá certamente: Diz a pessoa:  

Repentinamente vi ondas altíssimas e violentas invadirem um país. Foi muito pior do que a tsunami da Ásia. Mas o que me espantou foi ver um grupo de pessoas que olhavam para o alto, para os céus e estavam com os punhos cerrados como se quisessem esmurrar a Deus. E gritavam alto demonstrando fúria e revolta! Dava mais medo ver a explosão de fúria destas pessoas, que das próprias ondas que vinham sobre elas.  

Então Nosso Senhor me falou assim: haverão ondas gigantescas, não de três metros nem de apenas trinta, mas de 100 metros de altura e mais que isto. Estas ondas varrerão as costas de muitos continentes, soterrando países inteiros. E os homens, antes de voltarem para Deus, se revoltarão e blasfemarão ainda mais.

Deveis rezar para que estes não percam as suas almas. Isso complementa aquela passagem de outro texto, onde Jesus diz que muitos homens blasfemam contra Deus, como se fosse Ele o culpado de tudo. (fim)  

Também a Palavra de Deus diz: os maus continuarão agindo perversamente!

Apesar de tudo! Ninguém é capaz de avaliar a dimensão brutal da maldade humana. Não digo de todos os homens, mas aquilo que alguns deles são capazes de fazer, simplesmente não encontra qualquer explicação, porque ultrapassa o nosso entendimento. Isso nos remete a um tempo futuro, e a situações que muito proximamente podem acontecer. Digo que o demônio conhece os seus – falo dos homens maus – e conhece a sua maldade. Imaginem quantos homens se poderia selecionar neste mundo, capazes de serem mais maus que os demônios? Pois eles existem e já estão sendo treinados para executar os crimes mais brutais, mais hediondos, mais monstruosos jamais havidos, porque irão expressar no fundo o ódio do próprio Lúcifer, que está hoje em seu estertor final. 

Padres, bispos, cardeais fiéis à verdadeira Igreja, leigos expoentes em defesa da fé e da doutrina, religiosos e religiosas de grande força de oração, todos eles estão sendo hoje mapeados e catalogados para futuras visitas dos agentes de satanás. Ninguém está livre ou seguro, e não fosse a proteção divina, acredito que em poucas horas nenhum bom católico e fiel, estaria ainda vivo.

Acaso digo isso para apavorar? Não, apenas para preparar e fortalecer dando certeza ao leitor de que devemos nos apegar em Deus, com toda a força de nosso coração e vigor de nossa alma. Porque logo estaremos no meio da tempestade. O inferno está espalhado por toda a parte, não somente e ainda suspenso no ar. Novas hordas virão, e a totalidade se derramará no dia em que Pedro deixar Roma.  

Para encerrar este texto, vou anotar uma outra situação de visão que me foi passada, mas que não compete fazer um texto especial. Vejam o que a pessoa diz:

Voltávamos e carro para casa, e de repente passamos por perto de um clube destes de campo, onde os grã-finos se reúnem em finais de expediente para uma destas peladas de futebol, que terminam regadas a cerveja e outras bebidas pesadas. De longe, como vínhamos, percebi que realmente estavam já ali dois times, trajados de camisa  calções, naquele aquecimento inicial, dando cambalhotas alegres, pulando, esticando as pernas e gesticulando, como que para aquecer os músculos.

Entretanto, e pareceu fora de hora aquele jogo, e desconfiada perguntei a uma pessoa que viajava junto, se ela via alguém naquele campo de futebol, algum ser vivo. E la me disse: não, nem homem, nem bicho! E agora, já perto, pude perceber a realidade: Era um time inteiro daqueles pestilentos, vermelhos, negros, todos uniformizados como para uma pelada. Ridículos, com seus corpos deformados, se exercitando como fazem os jogadores, até camisas numeradas usavam. Era horrível aquele espetáculo! 

Então ercebi o motivo pelo qual eles estavam no aquecimento: Logo chegariam ali os homens em questão, falo daqueles que não trabalham para Deus e sim para as revas, e então a "pelada" seria completa. Afinal, ambos jogam no mesmo time. Agora, já bem ao lado do campo, vi que os demônios perceberam que ali havia pessoas que podiam vê-los. Ficaram ali com aquela cara de babacas, entando rir sem graça, boquiabertos, olhos arregalados. De longe pareciam homens normais, mas de perto, que pestilência! E pensei: Ah! se os homens que irão aqui jogar depois conseguissem ver a mesma coisa! Será que continuariam em seus conluios com as trevas? Será que se converteriam? (fim)

Ou seja, por toda parte eles estão. E se perguntará: será que tem gente que vê  maligno em tudo, até num campo de futebol? Não estarão enganados? Eu, pessoalmente digo: se tivesse que responder, pelo que eu sinto, pelo que acredito, e pelo que sei, não tenho dúvidas em afirmar que o Bom Deus lhes mostra, apenas uma pequeníssima parcela da realidade. Nenhum ser humano suportaria se lhe fosse mostrada a verdadeira realidade. Se a um confidente Jesus pediu que imaginasse uma carniça, e os milhares de moscas que voejam ao seu redor: É assim a infestação de espíritos malignos na terra! Ao meu redor, ao vosso redor, em todas as partes onde Deus o permite. Acaso lá já não disse que são tantos, que fecham aos céus não permitindo que se veja mais nada? 

O que aqui se mostra é a pestilência que contamina a certos ambientes. Para explicar, mostremos antes a face do bem: Quando acontece uma Santa Missa, em qualquer lugar da terra, acaso não se forma ali uma verdadeira legião de anjos e santos para adorar a Deus? Acaso o céu inteiro não se faz presente ali, também onde se louva de coração ao nosso Deus? Da mesma forma acontece com os ambientes tomados pelas trevas, onde pessoas que trabalham para elas se reúnem e não precisa ser apenas em locais onde eles oferecem sacrifícios aos demônios; pode ser também onde tais pessoas contaminadas se reúnem para diversão e lazer. 

 Se uma pessoa está em estado de graça e acaba de receber Jesus, ela se torna em tabernáculo vivo, que o acompanha sempre. De modo oposto, uma pessoa que se deixa dominar por satanás e tem a alma carregada de pecados graves, se torna um covil de demônios ambulante e a sua presença evoca e autoriza também a presença constante do inferno, por todo lugar onde ele anda. E onde tal pessoa chega, estará trazendo sempre junto dela, a contaminação maligna que carrega em si.  

De fato, penso que se Deus permitisse, que tais pessoas vissem as legiões de espíritos caídos que lhes seguem, acho que a maioria trataria imediatamente de se livrar deles, caindo de forma fulminante aos pés de Jesus num confessionário. Na verdade a maioria sabe o que está fazendo, mas não avalia, nem numa centelha, o tamanho do abismo para o qual se encaminha, nem quem a acompanha dia e noite. Ou seja, sempre onde houver mal, ali haverá demônios. E sempre onde houver bem, eles estarão tentando atrapalhar. 

Eles somente não podem estar nos corações daqueles que se ligam em Deus, dos que estão perto Dele, dos que O amam! Quem verdadeiramente ama a Deus, pertence a Ele. Eis porque não devemos ter medo do demônio, e seguir confiantes. Deus é MAIOR!
 


Que Ele vos abençoe (Arnaldo)
 

Comentando:

www.recadosaarao.com.br


Padre Rufus Pereira


 
Imagem apenas ilustrativa
+ Detalhes: Ampliar Imagem ]   



Padre Rufus Pereira

"A cura interior é necessária para uma libertação efetiva e duradoura"

Durante sua passagem pela Canção Nova dos dias 12 a 17 de novembro – quando conduziu o Acampamento de Cura e Libertação – o sacerdote indiano e exorcista padre Rufus Pereira concedeu uma coletiva para as mídias do Sistema Canção Nova de Comunicação sobre a necessidade de cura e libertação das pessoas. Abaixo você confere um trecho da entrevista.


cancaonova.com: Qual a importância de trilhar um caminho de cura e libertação?


Padre Rufus: Como tenho escrito – com frequência em meus livros e nas pregações –  existe algo que é negligenciado pelas pessoas até mesmo no ministério de libertação: depois que uma pessoa recebeu oração de libertação é preciso se certificar de que ela está liberta. Temos de nos certificar de que aquela pessoa vai manter a sua cura. O próprio Jesus nos alertou sobre isso, ou seja, que quando o espírito mau deixa a pessoa ele vai querer voltar. Orientamos a pessoa que recebeu a cura sobre a necessidade de passar mais tempo em oração, de ler a Bíblia e, especialmente, de se engajar numa boa comunidade paroquial que a ajude a trilhar um caminho com Deus. Dessa forma, ela vai manter a cura durante toda a sua vida.


cancaonova.com: Muitas pessoas deixam de receber oração de cura e libertação com medo de possíveis manifestações. O que dizer a essas pessoas?

Padre Rufus: A mesma coisa que Jesus disse a todos: "Não tenhais medo!". Eu posso testemunhar que eu era o rapaz mais tímido e medroso que já existiu e o Senhor escolheu a mim para fazer este trabalho perigoso e difícil. E eu digo às pessoas que essas coisas são apenas manifestações, nada vai acontecer com elas e com os demais. Nós dizemos nos encontros que elas podem vir tranquilas, pois nada vai lhes acontecer. Digo-lhes, então, a mesma coisa que Jesus: "Não tenhais medo!".


cancaonova.com: Que influência existe entre as doenças psíquicas e a ação do demônio na vida das pessoas? Há relação entre ambas?

Padre Rufus: A relação existe e ela está tanto no problema quanto na solução. Com frequência, quando as pessoas têm ferimentos e mágoas profundas, isso pode abri-las aos ataques diabólicos. Da mesma maneira, quando ajudamos a pessoa a realizar uma cura emocional profunda, automaticamente as portas são fechadas para os ataques das forças malignas. Por isso eu sempre faço esta declaração quando dou formação para padres e pessoas desse ministério [cura e libertação]: que a cura interior é necessária para uma libertação efetiva e duradoura, da mesma forma que a libertação é necessária para uma cura interior efetiva e necessária.

cancaonova.com: Quais são as formas mais comuns de contaminação?

Padre Rufus: A comida e a bebida são as formas mais poderosas de ataques do inimigo de Deus nas pessoas, mas existem outras formas pelas quais nós podemos nos abrir à ação do demônio, especialmente os jovens que estão abertos a certos tipos de programas na internet e na televisão, além das músicas. Existem casos de jovens que acabaram quase que possessos simplesmente por ouvir músicas satânicas e há casos de pessoas que se contaminaram recebendo presentes de pessoas que se diziam amigas, até mesmo no dia do casamento. Muitas vezes, esses presentes são canais para que as pessoas sejam vítimas dos ataques das forças do mal, da mesma forma podemos dizer que marcas no corpo, como tatuagens, podem abrir as portas para o maligno; e até mesmo as imagens religiosas precisam ser abençoadas. No entanto, a forma mais comum de contaminação é quando as pessoas vão a lugares que aparentemente estariam fazendo o bem, mas que estão a serviço das forças do mal.


cancaonova.com: Existe uma forma de evitar essas contaminações? Qual a diferença entre uma contaminação e uma possessão?


Padre Rufus: A possessão acontece, mas é mais rara. Geralmente acontece quando a pessoa convida as forças do mal para possuí-la; pode acontecer quando a pessoa participa de rituais satânicos, infelizmente, não tão raros no Brasil. Pode acontecer quando a pessoa foi consagrada na sua concepção ou no seu nascimento e também pode acontecer quando a pessoa é levada, por engano, a frequentar locais onde cultos satânicos são realizados simuladamente. Como São Paulo diz na Bíblia, com frequência o demônio se apresenta como um anjo de luz e São João diz algo semelhante: que as forças do mal fazem isso para confundir os eleitos. Então nós temos que ser sábios e não tolos.


cancaonova.com: Em vindas anteriores ao Brasil, o senhor declarou que suas experiências de cura e libertação aqui eram também para fins de estudo. Quais são as conclusões que o senhor tem tirado desses estudos?

Padre Rufus: Na minha conclusão, depois de ter ajudado tantos casos e atendido tantas pessoas, vejo que do que mais o Brasil precisa (além é claro de uma boa base econômica – sei disso muito bem) é a libertação dos ataques demoníacos nos casamentos e famílias e a cura nos relacionamentos, nos matrimônios e nas famílias. Todas as vezes em que eu venho aqui tenho a esperança de que Jesus mude tudo; a gente sente a compaixão que Jesus sente por cada pessoa. Como eu disse,  gostaria de rezar pessoalmente por cada uma das 200 mil pessoas que passaram por aqui e não pararia até saber que todas foram curadas, mas é uma questão de tempo, porque eu acredito que o Senhor fará todo o restante.



Fonte: cancaonova.com