Web Radio Sertao De Deus


30 de janeiro de 2012

Pregação do Padre Rodrigo - TODO CRISTÃO DEVERIA ASSISTIR !

Pregação do Padre Rodrigo - TODO CRISTÃO DEVERIA ASSISTIR !

O Padre Rodrigo falando sobre:
Pecado - Pecado Original - Pecado Mortal - Vicios - Confissão - Adão e Eva - Virgem Maria - Consagração à Virgem Maria - Salvação - Os Mandamentos de Deus - Paz e Felizidade - A Graça de Deus - Céu e Inferno

http://www.jesusfala.com/video/mwplayer.swf

Chamada ao Clero: Preparem Meu rebanho para a Minha Segunda Vinda na Terra!



Recebido sexta-feira, 27 de janeiro 2012, 23:50

Eu sou o seu amado Jesus, Filho de Deus, o Altíssimo, e nasci da Imaculada Virgem Maria.

Minha amada filha, nunca se esqueça que enquanto trabalha para Mim você será perseguida, porque a Humanidade não vai gostar de ouvir a verdade, que Eu revelo para você neste fim dos tempos.

Minha Santa Palavra foi manipulada por tanto tempo, mas isso não vai continuar mais assim. A Minha voz será ouvida em todo o mundo. Meu amor será revelado em toda a Minha Glória e o homem será capaz, finalmente, de libertar-se dos grilhões do mal, colocados por Satanás.

Como a verdade irá penetrar as almas dos Meus filhos, e trazer-lhes a liberdade que eles estão aguardando por um longo tempo, infelizmente também vai causar divisão.

Meus amados servos sagrados, sacerdotes e todo o clero religioso dentro da Santa Igreja Católica, saibam que Eu amo todos vocês!

Muitos de vocês têm dado a sua vida por Mim com generosidade de coração. Vocês vão precisar de se apoiar em Mim agora.

Vocês devem rezar pedindo orientação para permanecerem fortes em sua fé e terem discernimento em todos os momentos.

Nunca tirarem os olhos de Mim, nem por um momento!

Eu preciso de vocês para preparar o Meu rebanho, a fim de Me acolherem durante a Minha Segunda Vinda à Terra.

Vocês vão precisar ser perseverantes e não permitam que o amor que tem por Mim seja diminuído, não importa quanta pressão seja colocada sobre vocês.

Vocês são Meus discípulos verdadeiros e devo exortá-los a pegarem suas armas para salvarem a Minha Igreja. Esta forte Igreja, construída sobre a rocha por Meu amado discípulo Pedro, nunca falhará.

O inimigo pode acreditar que ela será destruída, mas seria uma suposição idiota. Ninguém vai ou pode destruir a Minha Igreja. Surgirá das cinzas e proclamará a Minha Glória quando
Eu voltar para salvar o Meu Reino na Terra.

Vocês nunca devem afastar-se de Mim, seu amado Salvador, nunca!

Porque sem Mim não há Luz. Sem Luz não há futuro.

Minha filha, Eu dou ao mundo esta Cruzada de Oração (22) para o Clero Católico rezar:

"
Ó Meu amado Jesus,
Mantenha-me forte e que a chama de meu amor por Ti ilumine cada momento do meu dia!
Nunca permita que esta chama de amor diminua ou morra!
Nunca permita que eu enfraqueça perante a tentação!
Dê-me as graças necessárias para honrar a minha vocação, minha devoção, minha lealdade!
E de defender os ensinamentos da ortodoxa Igreja Católica!
Eu ofereço-Lhe minha fidelidade em todos os momentos.
Eu prometo meu compromisso de lutar em Seu exército.
Para que a Igreja Católica pode subir novamente em Glória.
Para recebê-Lo, querido Jesus, quando Você voltar.
Amem."


O seu amado Salvador, Jesus Cristo, Rei de toda a Humanidade


Artigos - 1000 dias

27/12/2011 20:14:23


1000 DIAS

Algumas pessoas continuam questionando os cálculos das DATAS e por isso volto novamente a explicar e esta será a última vez, mostrando como se calculam e onde nos baseamos. Nos livros: Mateus, no A Caminho do Fim e Eis que chega o Rei isso está largamente explicado, mas aqui me fixo mais suscintamente tentando ser o mais claro possível.

Devo dizer que estas datas são de fato um dos mais incríveis segredos de Deus. Todos devem ter lido que, tanto o profeta Daniel em (12,4), quanto são João em (10,4) em seus apocalipses foram obrigados a selar o que haviam recebido. Trata-se de "SELOS", ou lacres invioláveis. Daniel diz bem claro que somente nos tempos do fim isso seria revelado, e também São João (10, 7) avisa que esta boa nova seria anunciada aos seus servos os profetas.

Ora, no livro do Apocalipse de são João, em 4, 5 está dito que Jesus, o Leão da Tribo de Judá era o único digno de abrir estes selos, que guardam os últimos segredos e mistérios de Deus. E lembro que a mensagem sobre os 1000 dias foi dada por Jesus, no que faz abrir este selo aos profetas, como está dito no capítulo 10. De uma vez por todas é preciso discernir este capítulo, que procuramos cumprir na íntegra, quando traduzimos o folder em 10 idiomas, pois está implícito que depois de reveladas as datas "urge profetizar ainda a muitos povos, linguas e nações". Humildemente nosso Movimento procurou cumprir esta Palavra de urgência.

Isso deve, de uma vez por todas, acabar com esta estória da carochinha, de que "nem Jesus sabe das datas" - alegação ridícula - porque nos tempos antigos Ele falou no verbo presente e como homem, pois como Deus, sendo um só com o Pai, Ele o sabia. Quem nega isso é um herege. Isso significa que Jesus pode então abrir estes segredos a quem quiser, sem perguntar a quem quer que seja, se pode ou não. E Ele pode, e assim já o fez, também pode encarregar Sua Mãezinha, ou seus anjos a fazerem isso, como convier ao Todo Poderoso. E há novas datas ainda não reveladas, que podem sair a qualquer momento, como a do Juízo Final, que já conta os dias.

Assim, a primeira mensagem de datas, passada ao Cláudio é a que previu a queda da primeira torre, com antecedência exata de 78 dias. Devo dizer que não é somente uma data que foi passada a ele que já aconteceu, mas são muitas e que não podem ainda ser reveladas. E é devido ao fato de que até hoje nenhuma deles furou que nós acreditamos que as futuras, baseadas em suas mensagens, também não deixarão de acontecer. Sem mérito algum, mas por vontade de Jesus, Ele me pediu assim: o Arnaldo faz as contas! E mais, eu nunca publico nada neste sentido, sem antes nós pormos em oração através do Cláudio, porque simplesmente não podemos errar.

Assim, tão logo aconteceu a queda das Torres do WTC Nossa Senhora nos pediu que marcássemos esta data, e mais adiante nos alertou de que naquele dia começou a contar a última semana de anos de Daniel (9,27), conta que vai terminar em 10/09/2008. Devo acrescentar que esta mensagem, foi publicada numa edição do nosso Livro As Almas Pedem Socorro, ANTES de acontecer o fato. A partir desta data ela nos pediu que começássemos a contar os 1260 dias revelados em Apocalipse (12, 6) contagem que termina em 22/02/2012.

Na mensagem transcrita abaixo, Jesus nos fala que a partir do dia 29/08/2009 haveria 900 dias para o mundo e 1000 dias para nós. A explicação era de que em 900 dias surgiria a grande fera e em 1000 dias ele daria início à grande perseguição e à guerra. Contados 900 dias teremos 15/02/2012 e 23/05/2012. Temos ainda data já vista antes de 22/02/2012 e de 11/04/2012 para a queda de uma primeira lasca de astro que trará grande pânico à humanidade. Notem que todas estas quatro datas acontecem em quartas feiras, portanto em ciclos sempre de sete, um elemento bíblico.

Na pergunta seguinte, que fizemos ao Céu, foi nos dado saber que o anticristo teria um tempo de mandato visível de 100 dias, mais sete meses. Nos primeiros 100 dias ele se apresentaria como messias salvador, e depois daria início a reinado do terror. Mais abaixo coloquei também a mensagem antiga, passada ao Cláudio, sobre os 7 meses da perseguição da Igreja, e das tribulações sofridas pelo Santo Padre. Contados sete meses a partir de 23/05/2012 teremos 22/12/2012 como fim de seu tempo e sua destruição, como consta de tantas profecias antigas e atuais. Também nos maias!

Não quer dizer aqui que acreditemos na data maia, que é 21/12/2012, e sim que ela de forma impressionante se encaixa nos cálculos que fizemos, porque encerrado este dia eles não conseguem mais discernir adiante, porque haveria um novo tempo, uma nova história, e é isso que Jesus fala na mensagem abaixo. Nós acreditamos em nossa conta, que por acaso coincide com a data daquele povo antigo.

Assim, para encerrar, como sabemos que os três dias de trevas são finais, e que dia 22/12/2012 é o fechamento do tempo antigo, mais três dias e estaremos no próximo natal, quando amanhece a Nova Terra. Para que se complete a profecia de Daniel, feliz de quem espera e alcança os 1335 dias, nós devemos pensar que a partir desta data já não haverá na terra senão um povo santo, para uma vida de felicidade sem limites, ainda aqui. A data do Juízo Final também já consta de mensagem, mas ainda não pode ser divulgada.

Na mensagem logo abaixo, Jesus irá dizer que, sem mérito algum, o mundo nos prestará louvores. Isso para mim indica que as datas acontecerão exatamente conforme esta conta acima, e isso dará ao Movimento sem dúvida uma credibilidade incontestável. Resta esperar agora que se confirme a primeira data, para que acabem as perguntas e os questionamentos. Posso lhes garantir que, se já hoje o anticristo se apresentasse, há no mundo clima para isso, não precisa crise maior do que a que já temos. O mundo o acolheria de braços abertos. Mas presumo que nos próximos dias, algumas coisas devem acontecer que derrubarão finalmente as nações, como previsto.

Quanto aos que participam – ainda – do Movimento Salvai Almas, devo dizer que confiem, porque tudo acontecerá como previsto e resumido no folder. Afinal, o que está ali já estava nos livros acima citados. Já tinha sido antes aprovado pelo céu. E por qual motivo eu acredito nestas datas? Simplesmente porque confio em Deus, pois Ele jamais iria suscitar um Movimento com este, com milhares de pessoas rezando – não por si, mas pelas almas, pelos outros – para depois destruí-lo permitindo que divulgássemos datas falsas.

De fato, todas as vezes em que perguntamos à Mãezinha sobre estes cálculos ela sempre afirmou que se trata de datas inexoráveis, ou seja, imutáveis, que serão cumpridas no exato dia citado. Então me questionam dizendo que satanás pode muito bem alterar isso, mudando as coisas para antes ou depois, de modo a fazer furar os cálculos, mas isso não acontecerá porque quando Deus revelou este segredo aos homens, também determinou ao inimigo que cumprisse fielmente aqueles prazos, até porque fixou para ele as mesmas datas. É isso que o Apocalipse 10 designa como "não haverá mais delongas", depois que isso for revelado, não muda mais. Estas coisas estavam lacradas desde o tempo de Daniel, e também de São João, quando cita os segredos dos sete trovões.

Agora resta esperar, e não resta dúvida de que a expectativa é grande. Trata-se de mistérios grandes demais para que cometamos erros, porque depois de mexer com milhões de pessoas através dos livros e do folder, se nós errássemos nunca mais teríamos condições de nos salvar. E tanto Cláudio quanto eu já vimos o inferno, e sei bem o que nele acontece. Pelo lado dele, a quem pesa o maior ônus destas revelações – nas quais me baseio e sem elas jamais entenderia – só posso dizer que ele treme até mais do que eu em ter que revelar tudo isso, porque ele não teria nada a ganhar..

De fato a sacerdotes que prometeram estar na porta dele a partir de 15 de fevereiro, ou para processá-lo em nome da Igreja caso não aconteça nada, ou para pedir perdão de joelhos caso ocorra o anunciado. Tenho firme confiança de que se dará o segundo. Como disse, eu não coloco nada no ar, neste sentido, sem antes confirmar com ele, se está correto ou não. Ele tem família, sete filhos, netos e uma bisneta e os ama de paixão. É pobre, sem recursos, não teria jamais cacife para bancar processos jurídicos que tal procedimento naturalmente desencadearia, e sabe que a prisão seria seu destino, até por perturbação da ordem pública. Ademais, acho que seria merecido, até porque nós outros somos livres para crer ou não, mas ele por afirmar coisa seríssima, não tem a mesma prerrogativa.

Desta forma, as contas eu não fiz em cima do que acho, de meras suposições, mas confio que estão corretas porque é simples contagem de tempo, que tem o respaldo das mensagens por base. E embora saiba que o Cláudio pode sim cometer erros como pessoa, falando por si mesmo, posso lhes garantir com toda segurança que ele jamais divulga algo neste sentido, sem antes fazer de tudo para escapar de ter que ser ele a revelar isso ao mundo. Ele deixa ficar, reza mil vezes antes, suplica como fez o profeta Daniel, até que o Céu vem e diz: publica IMEDIATAMENTE!

Assim seu cuidado é extremo. Ademais o Céu o preparou por mais de 40 anos antes de iniciar sua missão, e ele tem sido fiel em guardar os segredos que recebe, coisa que nem mesmo sua esposa sabe. De minha parte, jamais, eu pressionei para saber o que não devia, porque logo percebi a profundidade dos mistérios que tínhamos na mão, e a necessidade de cumprir fielmente as ordens do Pai Eterno, para que tudo dê certo. Ele precisa alertar os homens e ao mesmo tempo manter o inimigo em suspense, nunca lhe dando certeza de nada. Por isso muitas vezes nós custamos a entender a linguagem de Deus e discernimos errado.

Enfim qualquer pessoa é livre para discordar porque nem o Céu nem a Igreja obrigam a acreditar em mensagens, seja de quem for. Mas nestes casos, deve-se agir com a prudência de Gamaliel: se for obra dos homens, cairá por si só. Se for de Deus, se arriscam a ir contra Deus. Para quem acreditar e vencer a graça da fidelidade de André. Para quem desacreditar e perder, os joelhos de Tomé! Cada um escolhe o lado que quer estar. O acertar será mérito de dos milhares de orantes de todo mundo, e mesmo que errassem, não perderiam nada. O errar nas datas seria uma vitória do escarnio, e não creio que – devido aos orantes – isso nos aconteça.

Como o Cláudio diz: para mim que ouço e vejo é muito fácil, e eu não tenho direito de errar. Para vocês que apenas acreditam o mérito é muito maior. Quanto a mim, submeto-me totalmente à vontade do Pai, e porque conheço um pouco meu coração, sei que Ele jamais permitirá que eu seja confundido, neste caso tão sério. Eu pus toda a minha vida empenhada neste trabalho, dia e noite, eu rezo, penso, falo, respiro, escrevo, atendo, estudo, leio, escuto e tento ajudar aos milhares que me pedem, sem salário, sem paga financeira, sem descanso, tudo pela força que me anima, e ela com certeza vem do Céu. Há pelo menos 10 anos, não penso em outra coisa senão em salvar almas. Tenho certeza plena então de não ser confundido. Mesmo sendo o mais inútil dentre os servos inúteis!

Vejam as mensagens base, apenas para relembrar. Há reportagens para sair no G1 e na Isto É, exatamente sobre estes cálculos.

Porto Belo, SC, 29 de Agosto de 2009
Cenáculo das Vocações na Capela Nossa Senhora de Sion – 20 horas

"De fato: Mil Dias!"
"Paz!"
Muito Obrigado, Filhinhos Amados: Deus se comove e escuta as vossas vozes e o vosso clamor!
Ficai certos, Filhinhos: Alcançareis as graças que viestes pedir a Deus, e ninguém de vós será esquecido. Ficai alerta e festejai desde já as grandes graças que serão derramadas sobre vós, pelo Céu, por favor do Pai que vos ama tanto!
Sois marcados pelo Céu e em vossas casas haverá sempre a proteção contra todos os perigos!
De fato, os inimigos não terão força contra vós: sois mais fortes!
Sois amados de Deus! Sois protegidos do Céu!
Sim! São Mil Dias que vos separam da Nova História, que estais também escrevendo! São Mil Dias. Amém! Marcai bem esta data!
Porém, para o mundo, faltam 900 dias!
Deveis saber também, que as vossas cidades foram escolhidas por Deus e apontadas como pontos brancos... Sois então, pontos brancos no mapa!
O mundo vos prestará louvores, contudo não deveis vos orgulhar, pois isto é obra unicamente do Amor do Pai!
E Ele vos escolheu por confiar em vós!
Fazeis então, presença importante na elevação do Novo Reino. Amém!
Muito Obrigado.
Eu vos abençoo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!
"Jesus!"

O que Nossa Mãe disse a respeito das torres.

Ponta Grossa, Pr. 25 de Junho de 2001
Visita ao Cemitério São Vicente
(...)
« Em meio rosário de dias, cairá a torre maior... e outras cairão, uma após outra.»
É a vossa libertação*.
É a libertação desta cidade que volta aos braços do Pai Antigo e Eterno!.
Amém.
Maria, Mãe do Universo.
Eu vos abençoo e agradeço por vosso amor..
Amém. Amém. Amém. »

Porto de Cima, Pr, 01 de Setembro de 2001
Santo do dia : Santo Egídio
Caminhada no Santuário de Nossa Senhora do Cadeado

« Paz ! »
« Filhos, em Setembro começam as ruir as torres.
Tenham calma. Rezem muito
Muito obrigada por me presentearem com estas almas*.
O céu é festa! Amém?
Obrigada. Eu vos abençoo a todos e mais uma vez, agradeço por me atenderem.
Amém.
Maria, Mãe do Universo.
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém

Explicações DE São Miguel:
Meio Rosário de dias: Como não sabíamos o que significava este "Meio Rosário de dias" São Miguel Arcanjo nos explicou: Um Rosário completo na época tinah 150 Ave Marias. Meio Rosário seriam 75. Somando-se as outras 3 Ave Marias, do Crucifixo, temos 78. Meio Rosário de dias é 78 dias. A mensagem é do dia 25 de Junho. Contando-se 78 dias, a partir de 25/06/2001, encontramos o dia 11 de Setembro, o dia da derrubada das torres nos Estados Unidos. Precisão matemática.

* É vossa libertação:
Devemos nos alegrar, apesar dos sofrimentos que virão, pois Deus está instaurando o Novo-Reino de paz, para todos os seus filhos.

* Estas almas :
Tratam-se aqui, das almas salvas no dia 01, com a nossa caminhada a pé, ao Santuário de Nossa Senhora do Cadeado. Milhares de trabalhadores foram mortos naquela ferrovia que desce a serra de Paranaguá, a maioria escravos.


Porto Belo, SC, 12 de Setembro de 2001
Santo do dia: São Guido – peregrino – 6,00 horas

«Paz »
« Filhinhos, tudo o que foi dito acontecerá: os planos de Deus não mudam, pois foram assim concebidos...
De fato, Deus não está castigando ninguém, pois tudo está preparado desde os primeiros tempos, e o que acontece agora são fatos já relatados no Livro Santo, e alertados por tantos profetas. E, nos tempos atuais também relatados e alertados pelos novos profetas!
Não há nada novo!
E Deus avisou sempre a seus filhos, através dos séculos...
Ainda há tempo para a conversão. Mas a confissão deve ser contrita, e não por medo! Deus quer abraçar seus filhinhos que realmente O amam, e que voltam para casa arrependidos, e cientes do Grande Amor do Pai!
Os filhinhos que Lhe amam!
Pois muitos serão varridos da face da terra e do Coração de Deus, mas não por castigo, mas porque escolheram este caminho!
Uni-vos filhinhos, em oração... e Deus Misericórdia cuidará de vós.
É preciso que tudo aconteça, pois o mundo caminha para as hediondas trevas, mas Deus usará de Sua Benevolência e salvará os seus!
O mundo será melhor depois!... Mas é necessário mudá-lo!
As torres caíram porque estavam nos planos: a torre maior, que detém o controle de quase todo o mundo, teria de cair antes... e depois, as outras.
E, um após outro, os países, levados pela ganância, ódio, irresponsabilidade, cairão, e o mundo será o caos!...
A besta, mentora da situação, assalta o poder, e também o poder da Igreja e aí se postará a outra besta!...
Terras e mares serão abalados: bombas, canhões e... Traições!
Muitos filhos de satanás possuirão o mundo, por certo período: é o tempo das tribulações, que começará com a retirada do Homem Santo João Paulo II...*
Rezai, filhos. Abrí os vossos corações: o mundo está preste a cair...
Não deveis fugir... Nem temer! Deveis rezar! Amém!
Maria, Mãe do Universo.
(*) Pela explicação do Céu, sempre devemos tomar em consideração o cargo que alguém ocupa, porque as pessoas passam e os cargos ficam. Há mensagens ainda não divulgadas que preveem a presença de pessoas que até já morreram, em acontecimentos futuros. Mas estas missões serão cumpridas pelas pessoas que estiverem a ocupar os mesmos cargos, quando chegar o momento.

Porto Belo, SC 17.11.2000
Dia de São Wilibrodo – 22:00 hs

MARTÍRIO DA IGREJA

Paz! Filhinhos, realmente tudo está próximo!
Eis como acontecerá: tirarão Pedro do poder! Nosso Pedro! O Pedro que eu escolhi para os últimos dias. E sua nau singrará os mares bravios... e ninguém estenderá os braços.
Só e desgovernada, a nau navega os ventos tempestuosos e as correntes bravias. Mas é Pedro, a "minha Igreja". Navega sem rumo, sem direção, às escondidas... Mas é Pedro, a minha Igreja! E aporta finalmente no continente amigo. É Pedro, a minha igreja... e ali faz morada.
Mas é procurada, é perseguida. E Pedro, a minha Igreja, luta bravamente, se sujeita ainda a mais maus tratos, mas não sucumbe. É Pedro, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.
Sete meses dura seu martírio! Martírio da minha Igreja! Sete meses de horror, lutas, guerras horrendas, massacres, martírios. É a minha Igreja combatendo os infernos! É Pedro firme no seu leme. Sete meses intermináveis para muitos, mas curtos, muitíssimo curtos para milhões. Dores, angustias, cadáveres, choro, tristeza, ódio, ódio, ódio...
É minha Igreja presente na luta, na batalha, ora aqui, ora ali. E milhares de seguidores pelo mundo afora, testemunhando-a, morrendo por ela.
É o inferno tentando corrompê-la e destruí-la. É o rugido aterrorizante do inimigo, a urrar de porta em porta. É o caos! É o mundo em revolta. É o terror! É o medo! E milhões sucumbirão...
É o sangue! Os mártires caindo por terra, por amor! Amor à Eucaristia! Amor ao Amor maior! Serão corações gritando amor!
É o inimigo marcando a vida!... Está próximo, muito próximo!
E Pedro luta desesperadamente. Bravamente! A energia lhe vem do Espírito Santo. A energia que os homens lhe negaram lhe é agora inserida com força maior pelo Espírito Santo. É Pedro lutando! É o Céu se abrindo!
É o inferno em desespero! E milhões cairão... e corpos aos montes sobrarão!
E Pedro segue, luta e vence! Sete meses.... a batalha final... a guerra termina... o astro já machucou a terra... e sobrou a Igreja!
E Pedro é vencedor! E entrega finalmente as chaves ao céu! Celebra o último mistério e instala com Jesus, o Novo Reino! É vencedor! E gloriosamente é arrebatado, mostrando os caminhos do Novo Reino aos seus filhinhos, à sua Igreja! casa de Israel ressuscita, e de mãos dadas segue junto, ao Reino que para todos o Pai preparou.
Portanto, filhinhos, tudo está próximo. Olhai o Papa! Olhai João Paulo II *, o Santo Papa, e, quando virdes sua nau sair por mares desertos, contai sete meses... e tudo acabará. E experimentareis, vós, os filhos da luz, o Novo Reino... para sempre!
É necessária a luta, o amor, a guerra, a perseverança, a fé! É necessário o martírio! E vós, alguns de vós, estais convidados a receber esta coroa gloriosa do martírio.
Eis que Jesus vem! Eis que o Pai fará novas todas as coisas (Is 65 17-24).(...)
E a vós todos que caminhais comigo, não tenhais medo! Eu vos tenho seguros, e vos protejo! Maria, Mãe do Universo!
Sim, Minha Igreja... e de Jesus! Amém!
(*) Como a mensagem fala sobre a nau de Pedro, João Paulo II representava nesta época Pedro, e agora seu representante é Bento XVI. Agora sabemos que será com este, não resta outro!

Segredo inviolável




O SACRAMENTO DA CONFISSÃO.

CONFESSAI-VOS BEM !!!

Parte VII.

D. — Padre, será que alguma vez não acontece que o confessor conte algum pecado ouvido na confissão?

M.Absolutamente nunca! Um tríplice segredo fecha-lhe a boca; nisto entra a vontade de Deus que não permite que se cometam faltas no que diz respeito a este capítulo.De fato, a confissão existe há mil e novecentos anos, e nunca aconteceu que um confessor, por nenhum motivo, tenha divulgado um único pecado ouvido na confissão.

Martinho Lutero que era um frade zeloso, renegou a sua fé, fez-se protestante, tornou-se inimigo da igreja falou e escreveu contra a Igreja calúnias infâmias sem fim, mas nunca, nem uma vez sequer, falou de coisas ouvidas na confissão.

Um dia, achava-se ele numa estalagem com alguns amigos, estes, vendo-o meio embriagado, tiveram a idéia de interrogá-lo, justamente a esse respeito. Antes nunca o tivessem feito! Lutero, de um momento para o outro, ficou furioso, e, agarrando uma garrafa, teria quebrado a cabeça daqueles malvados se eles, mais do que depressa, não tivessem fugido.. O segredo da confissão é inviolável, mesmo diante da morte.

D. — Até diante da morte?!

M.Certamente! Eis aqui um dos mil fatos que eu poderia citar como prova:

Justamente durante a quaresma de 1873, um missionário famoso pregava com grande sucesso numa das principais Igrejas de Paris. No meio da multidão enorme que acorria para ouvi-lo, havia também alguns incrédulos, os quais, tendo-o ouvido falar sobre a in­violabilidade da confissão, quiseram fazer uma experiência. Depois de terem combinado o plano, um deles se finge de doente e outros dois procuram o sacerdote e o convidam para acudir junto ao leito do enfermo.

O missionário de Deus, concorda de pronto, e acompanha os dois homens que, fazendo-o entrar num carro fechado, vendam-lhe os olhos; depois de uma meia hora de corrida, fazem-no descer na frente de um palacete, e subindo por uma escada o introduzem em um apartamento junto a cabeceira de um homem que se confessa realmente. Acabada a confissão, voltam os dois companheiros e o fazem descer por escadas até um subterrâneo, onde lhe tiram a venda e apontando-lhe duas pistolas carregadas o intimam a referir o que ouvira na confissão.

Muito calmo o Missionário responde:

Os senhores, talvez, não sabem que a confissão é um segredo?

"Um tríplice segredo fecha-lhe a boca"

— Deixe de desculpas! Aqui ninguém nos vê, ninguém nos ouve; fale ou morrerá.

Se assim é, estou em suas mãos, disparem à vontade, e que Deus seja testemunha do meu dever. Assim dizendo, ajoelha-se, desabotoa a batina, e apresenta o peito às balas.

Nesse ponto a cena se transforma, os dois homens erguem-no, pedem-lhe perdão pela dura prova a que o submeteram e acrescentam: "Agora nós também acreditamos na confissão e, dentro em pouco, estaremos de joelhos no confessionário".

Vendaram-lhe novamente os olhos e o reconduziram de carro até à casa, renovando as desculpas e promessas, que depois foram mantidas.

D. — Padre, todo o sacerdote, num caso desses, seria obrigado a fazer o mesmo?

M.Certamente! E Deus não deixaria de dar-lhe a graça e a força necessárias, não faltam mártires do sigilo sacramental. Ouça:

São João Nepomucemo era confessor da rainha Joana, mulher de Venceslau, rei da Boêmia. Este por causa de injustas suspeitas motivadas pelo ciúme, pretendia que João referisse as culpas da rainha, ouvidas em confissão. Como o Santo se opôs com inabalável resistência, o rei impiedoso mandou que o trancassem numa prisão, onde seria tratado com barbaridade extrema.

Finalmente, chamando-o à sua presença, depois de novas promessas e ameaças ainda mais terríveis, ordenou que o costurassem num saco de couro, fechado por uma corda, na extremidade da qual deviam amarrar uma pedra pesadíssima, e que o jogassem ao rio Moldava. Queria que lá em baixo, no fundo do rio o padre morresse e apodrecesse, escondido de todos.

Mas oh! prodígio!... Naquela mesma noite o saco flutuava levemente sobre as ondas, escoltado por uma luz vivíssima e uma harmonia suave como vozes de anjos acompanhava­o. Depois de tirado das águas, enterraram-no com pompa e solenidade. E quando, em 1729, quase quatrocentos anos mais tarde, foi proclamado santo, a sua língua estava intacta, e fresquíssima, como se fosse um prêmio do seu silêncio.

Foi então que São João Nepomucemo foi chamado "o mártir do segredo da confissão".

Não faz muito tempo que, pelos jornais da Rússia, se espalhava a notícia de um vigário condenado aos trabalhos forçados, como assassino de um rendeiro do lugarejo. O seu fuzil descarregado, encontrado na sacristia, atestava o crime. Passaram-se vinte anos: o organista da paróquia está à morte; chama o juiz e confessa que ele mesmo matara o infeliz rendeiro para casar com a viúva, o que de fato se dera.

Tinha acusado o Vigário, e para provar-lhe a culpabilidade tinha posto o fuzil na sacristia. Como meio seguro de impedir que o Padre falasse, tinha-se confessado com ele, contando-lhe tudo o que fizera. Diante disso, as autoridades telegrafaram sem demora a Petersburgo, ordenando que o Vigário Kobjlowes fosse posto em liberdade imediatamente. Responderam que o Vigário tinha morrido havia já alguns meses. O heróico padre tinha carregado à sepultura o segredo da confissão, porque o Confessor pode ser um mártir, mas nunca será um traidor. E agora, você está bem convencido do grande segredo da confissão?

D. — Estou convencidíssimo! Mas esse segredo dura, porém até à morte do penitente; depois, não há mais obrigação?

M. O segredo perdura sempre, estando o penitente em vida e depois da sua morte; é eterno, assim como Deus é eterno. Isto deve inspirar-nos coragem e confiança absolutas, sem limites, de confessar sinceramente os nossos pecados, desde que podemos estar certos de que eles ficarão sepultados num silêncio eterno. Se pelo contrário, nos deixarmos levar por um pudor mal compreendido a escondê-los e a calá-los diante do confessor, serão um dia manifestados diante de todo o mundo no juízo universal, contra a nossa vontade, para a nossa vergonha e para a nossa ruína irreparável. Sinceridade, portanto, sinceridade!

D. — Então, Padre, procede mal quem diz: eu não ouso confessar os meus pecados, porque tenho medo de que o Confessor os conte a terceiros?

M. Quem fala assim, mente a si mesmo e lança contra os confessores a mais infame das calúnias.

D. — Mais uma pergunta: não pode o confessor servir-se em seu próprio favor, das coisas ouvidas na confissão?

M. Não, não pode, não deve fazê-lo absolutamente, e jamais o fará. Pelo contrário, se acontecer que o confessor venha a saber na confissão de uma culpa que já conhecia anteriormente ou por tê-la visto ou porque lhe tenha sido referida, nunca mais fala, nela, justamente para que não pensem que ele se serviu da confissão e que violou o segredo. Eis até a que ponto chega o sigilo sacramental.