Web Radio Sertao De Deus


27 de setembro de 2011

Nsra: Deixem-se conduzir pela Eucaristia


Posted: 23 Sep 2011 06:03 AM PDT

Porto Belo, SC, 15 de Setembro de 2011
Escada do Céu – Sexto dia

"Paz!"
Muito obrigada. Filhinhos amados!
Hoje gostaria de vos falar também sobre o Mistério da Eucaristia: o Mistério por excelência, o Mistério que produz o Céu para as pessoas!
Mas muitos já falaram hoje sobre este Mistério, e, preciso dizer mais: viveram este Mistério!
Com efeito, percebeu-se o grande amor do Sacerdote, Padre Tarcisio, na celebração, pela Eucaristia: o amor com que ele vivenciou aquele momento!
Posso dizer: "Não é ele quem vive! É Jesus vivendo nele!"
E isto mesmo este sacerdote, caminhante do Céu, proclama, afim de que todos vivam também esta unidade com Jesus. E não só isso, mas que se deixem conduzir por Jesus.
Assim também o Diácono, com todo o seu amor, proclamou: – "Deixem-se conduzir pela Eucaristia!"
E Eu vos digo: Não há caminho para o Céu sem esta convivência com Cristo; não existem atalhos! Existe apenas a Eucaristia!
Convido-vos então, a auto-analisarem-se e a refletir sobre este inefável Amor de Deus! Mas devo vos pedir: Quando vos aproximardes da mesa, fazei-o em estado de êxtase, isto é, em Graça Plena e Santificante.
Não vos condeneis, mas fazei o possível para viver a Santidade.
Contai Comigo, pois afinal, conheço o meu Filho: Eu O gerei em meu ventre, e amassei do trigo, o Pão da Eucaristia!
Contai Comigo.
E, mesmo nas encruzilhadas da vida, Eu vos levarei ao caminho correto, com o meu abraço! Amém!
Eu vos abençôo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amem!
"Maria, Mãe do Universo!"

FONTE

Nsra: o mundo está doente por causa destes últimos e inútei


Posted: 23 Sep 2011 06:07 AM PDT

Porto Belo, SC, 16 de Setembro de 2011
Escada do Céu – Sétimo dia

"Paz!"
Amados Filhinhos, muito obrigada.
Amado Frei Luis: Muito obrigada.
Desejo, mais uma vez, dizer a todos vós: Fazeis parte da Nova Historia da Salvação!
Muito obrigada.
Hoje rezastes pelos doentes, e todas as vossas  orações, neste sentido, foram colocadas nas mãos de Deus, e como já sabeis, recebereis as graças, e, milhares de outras graças acontecerão neste local e em vossas casas. Amém!
Desejo vos pedir que rezeis também pelos verdadeiros doentes:
Os pais ou mães que abandonam seu filhos menores, são doentes!
Os maus sacerdotes, são doentes!
Os maus administradores, os ladrões, são doentes!
Mas, para os doentes loucos, deveis rezar mais! Não para os doentes por males físicos, mas para os loucos de fato:
Os poderosos que mais e mais aspiram são loucos doentes!
Os que pregam doutrinas falsas são loucos doentes!
Os que roubam abertamente dos cofres públicos, são loucos doentes!
Os que planejam a "usurpação" da terra, são loucos doentes. guiados por demônios.
Os que publicam a nova religião, já em voga nas leis de muitos países, inclusive no Brasil, são loucos, guiados por satanás.
Quantos loucos doentes!
Sim, o mundo está doente por causa destes últimos e inúteis: seu médico psiquiatra é o próprio demônio que os fazem ainda mais loucos doentes.
Mas, para vós Eu peço: cultivai a loucura do vosso amor: isto é paz e felicidade!
Isto é amor! Isto é Saúde!
Desejo vos dizer que o vosso amor derrubará todas as outras loucuras: as loucuras do mundo!
Aos loucos doentes devo dizer: Há pedras, à beira do mar, esperando os vossos pescoços!
E isto se dará! Amém!
A vós que rezais Eu digo: Há milhões de abraços à vossa espera, no Céu. Continuai esbanjando esta felicidade que me contagia, que contagia todo o Céu e que contagia o Coração do Pai.
Muito obrigada.
Eu vos abençôo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!
"Maria, Mãe do Universo!"

FONTE

O Papa Bento XVI declararia o 2012 como “Ano da Fé”, afirma vaticanista


Posted: 23 Sep 2011 07:25 AM PDT

ROMA, 24 Jun. 11 (ACI/EWTN Noticias) .- O jornalista e vaticanista francês Antoine-Marie Izoard afirmou que o Papa Bento XVI poderia declarar o ano 2012 como o "Ano da Fé" ao comemorar os 50 anos da abertura do Concílio Vaticano II e os 20 anos da publicação do Catecismo da Igreja Católica.

 

Em um artigo publicado este 22 de junho no novo serviço do jornal italiano La Stampa, "Vatican Insider", o vaticanista recorda que o Papa já dedicou encíclicas a duas das três virtudes teologales: à caridade, "Caritas in veritate", e à esperança "Spe Salvi", por isso em "imaginar que o Papa teólogo esteja atualmente terminando um texto magisterial sobre a fé há um só passo".

 

Izoard considera que o 2012 "poderia ser proclamado como o Ano da Fé na Igreja universal. Dado que houve um Ano Paulino para celebrar os dois mil anos do nascimento do Apóstolo dos gentis, e u m Ano Sacerdotal por ocasião do 150º aniversário da morte do Cura D'Ars, a Igreja poderia logo ingressar em um ano de Fé".

 

Para o vaticanista francês este ano se apoiaria principalmente no 20º aniversário da publicação do Catecismo da Igreja Católica, "uma obra importante que Joseph Ratzinger conhece bem, quem, como prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé nesse momento, supervisou sua escritura durante seis anos".

 

Izoard indica logo que este Ano da Fé deveria contar com um jubileu. A data, indica, seria em outubro de 2012, quando os bispos de todo o mundo se reunirão em torno do Papa para o Sínodo sobre a nova evangelização.

 

Em distintas ocasiões o Santo Padre ressaltou a necessidade de voltar a apresentar a fé aos homens e mulheres de hoje. Durante sua recente visita San Marino, lamentou o fato de que muitos "começaram a substituir a fé e os valores cristãos por supostas riquezas, que se revela m, ao final, inconsistentes e incapazes de sustentar a grande promessa do verdadeiro, do bom, do belo e do justo".

 

Uma semana antes, em Roma, na inauguração do Congresso diocesano na Basílica de São João de Latrão, o Papa tinha advertido que "a palavra da fé corre o risco de ficar muda se não encontrar uma comunidade que a ponha em prática, dando-lhe vida e atrativo".
Antoine-Marie Izoard dirige desde 2005 a agência de imprensa I Media in Roma. Foi durante um período diretor de comunicação da diocese de Bordeaux e por 6 anos jornalista da Rádio Vaticano. Colabora com outras agências de imprensa internacionais, rádio, semanais e cadeias de televisão franceses.

 

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

 

OBS> Alguns gostariam que o Papa declarasse 2012 como ano Mariano. Mas penso que faz sentido declará-lo como "ANO DA FÉ", porque sem dúvida será este o ano da justiça divina. Somente quem manter a fé até o fim será salvo.

FONTE

 

12 de setembro de 2011

Haverá “agitações” no mundo

Haverá "agitações" no mundo: não será nada mais do que a serpente que se debate para todos os lados. O príncipe deste mundo derrubará todos os castelos de areia que ele mesmo construiu: na economia, na política, na ciência, nas empresas, no comércio, nas finanças… Destruirá tudo o que foi construído na injustiça, na corrupção, na mentira, na falsidade, no orgulho, na vaidade, na malícia, à custa de muito sangue, muitas doenças e males de toda espécie.

 

 

Tudo o que o inimigo de Deus construiu ele fará questão de derrubar. Muitos ficarão assustados, mas o Senhor suscita desde agora no nosso coração: "Não temais", porque isso é só o estertor da serpente, cuja cabeça já foi pisada. Ela está às portas da morte, por isso se debate nos últimos estertores, causando toda essa convulsão. Também em nossas vidas, em nossas famílias, tudo o que foi construído fora das bases de Deus, na injustiça, na maldade, na mentira, na corrupção, na vaidade, ruirá. O que é mau e sujo virá abaixo, porque já entramos no mundo novo: o mundo da justiça e da verdade. Já entramos na civilização do amor. Deus limpará nossas famílias de tudo o que é injusto, errado e ruim. O livro do Eclesiástico diz: "Quem mima o filho deverá tratar-lhe as feridas [...]" (Eclo 30,7). Portanto, não devemos temer pelas crianças, pois elas darão lições nesse tempo difícil, não podendo, portanto, ser mimadas. É impressionante a capacidade de adaptação que elas possuem. Talvez no começo estranhem, chorem e fiquem um pouco desestruturadas, mas são crianças e se adaptarão facilmente à situação. As crianças se acostumam apenas com o necessário. Às vezes, pensamos que elas sentirão falta de algo que possuem, mas, na verdade, quem passará por isso seremos nós. Talvez, por nossa própria culpa, tenhamos de sofrer, no entanto, será um sofrimento redentor. Será tirado de nós tudo o que não é de Deus, tudo o que foi construído nas bases do príncipe deste mundo – mentira, roubo, corrupção, ódio, vingança, tráfico de drogas e armas –, porque já estaremos no mundo novo. Restará somente o que é novo, puro, santo e justo, portanto, só aquilo que está de acordo com o Evangelho: verdade, justiça, amor, entre outros. Há bens que nossos pais, avôs, tios e parentes próximos construíram na injustiça, na mentira e na maldade, custando o sangue de outros. Muito do que temos hoje pode ser fruto de ódio, briga, vingança e morte. Talvez você seja uma pessoa justa e reta, mas seus parentes podem ter se envolvido com álcool, drogas, armas, prostituição, levando desgraça para muitas famílias. Tudo isso haverá de ruir. No mundo novo nada disso permanecerá. Deus o abençoe! Monsenhor Jonas Abib Fundador da Comunidade Canção Nova (Trecho do livro "Céus Novos e uma Terra Nova" de monsenhor Jonas Abib)

 

Vamos nos satisfazer com o necessário. Vamos ficar com Deus, com a Virgem Maria, com o Evangelho, com a presença ativa dos anjos e dos nossos santos. A cabeça da serpente já foi esmagada e ela não terá mais vez. Por isso, não tema! É a palavra do Papa, é a Palavra de Deus. Não há o que temer.

 

Muitas pessoas despreparadas ficarão apavoradas, mas é para isso que o Senhor está preparando os Seus guerreiros. Os que estão neste mundo para gozar da vida se apavorarão, porém, isso não pode nos amedrontar; estamos aqui para guerrear e a nossa guerra está chegando ao fim. Já podemos gritar: vitória à vista! Mesmo que o mundo se "convulsione" – os grandes empreendimentos das multinacionais, da economia, das finanças, da política mundial e nacional –, aguente firme. "Não temais! Estou convosco!" Diz-nos o Senhor. Quando chegarem os tempos difíceis, não temeremos, pelo contrário, ficaremos em paz, porque Deus está começando a construir as bases do mundo novo. Deus o abençoe! Monsenhor Jonas Abib Fundador da Comunidade Canção Nova (Trecho do livro "Céus Novos e uma Terra Nova" de monsenhor Jonas Abib)

FONTE: www.espacojames.com.br


11 de setembro de 2011

Profecias e mensagens a Cláudio Heckert






Cláudio Heckert e o Movimento Salvai Almas:

O Movimento Salvai Almas surgiu através do Carisma do Cláudio, a partir de 1.997, como se conta no livro Salvai Almas, tendo como missão principal a busca do resgate das almas padecentes. 

Cláudio recebia mensagens do céu há muito tempo, mas guardava para si este dom, pois esperava uma ordem do céu para colocar em evidência. Isto aconteceu em 1.997, quando, através de uma confidente de São Carlos, Nossa Senhora disse ao Cláudio que não deveria guardar este dom, pois o que vem do céu é para todos e que ele era apenas um instrumento.
Norma, Palmira e Cláudio rezavam sempre juntos e, durante as orações, o céu passava as mensagens, iniciando então com a Ponte da Salvação. Obedecendo ao pedido de Nossa Senhora, Cláudio começou a divulgar as mensagens e, para isso, contou com a ajuda providencial do Sr. Arnaldo Haas que mandou imprimir o primeiro livro com o titulo: Salvai Almas - A Família, base da salvação e, depois, todos os outros.
Muitas pessoas de diversas partes do Brasil leram e gostaram do livro, passando a divulgá-lo e rezar para as almas seguindo as orientações do Cláudio. O movimento cresceu, alcançando lugares longínquos do Brasil e alguns outros países, que recebem através da Internet as mensagens e orientações.
Em Porto Belo (SC) foram construídas duas capelas, onde se realizam os cenáculos, as orações diárias, o atendimento ao público, os encontros, etc. Também uma gruta que Nossa Senhora batizou com sua presença tocando na água e que mais 3 sacerdotes a abençoaram, tornando-se, assim, esta gruta, uma Fonte de Graças. E é realmente assim que Nossa Senhora a chama: "Fonte de Graças dos Dois Corações" isto porque, por pedido Dela, foram colocadas na fonte, as imagens do Sagrado Coração de Jesus e do Sagrado Coração de Maria.
Muitas graças são alcançadas por quem usa desta água. Tem ocorrido também muitas graças nos Cenáculos pedidos por Nossa Senhora, nas Vigílias de Santa Filomena (todo dia 10) e nas orações feitas individualmente ou em comunidade, neste lugar, e em outros onde são feitos os cenáculos ou orações.
Muitas pessoas que amam a Deus e que se simpatizaram com este movimento, ajudam nos mais diversos setores e, assim, fazem crescer a obra sempre mais. Tais pessoas ficam eternamente gravadas nos corações dos titulares e, certamente, no Grande Coração de Deus! Basicamente a missão deste movimento é a devoção pelas almas do purgatório, mas também mensagens de outros gêneros têm sido recebidas por Cláudio, com referencias à Doutrina Católica e ao Final dos Tempos. Todas as mensagens são levadas a público através de livros ou Internet. Uma das tarefas principais é: Rezar pela Santa Igreja e pelos seus sacerdotes. Petencemos à Igreja: somos mais uma seta que aponta para os caminhos da Igreja Católica Apostólica Romana.


Nossa Senhora: 
"Filhinhos, Paz!" São muitas as indagações sobre o trabalho e a Missão do Movimento Salvai Almas. Devo dizer que: todo o plano de trabalho, todos os Cenáculos, todos os livros, todos os "Sites", todos os eventos, todas as orações, enfim, tudo! Todas as orientações para estes trabalhos vem do Céu! Por isso, não deveis ter medo de seguir à risca as determinações e os programas que movimentam esta missão! Hoje, devo confirmar as atividades e os trabalhos literários desenvolvidos e que estão inseridos nos planos de Deus".

Aspecto Igreja:

Há uma benção apostólica do Vaticano para Cláudio Heckert:

-------------------------------------

(TIMBRE DO VATICANO)

SECRETARIA DE ESTADO


Primeira secção - Assuntos Gerais Vaticano, 11 de maio de 2.006

Prezado Senhor,

O Sumo Pontífice recebeu a sua carta de 1º de abril passado, com a qual desejou manifestar-lhe sentimentos de estima e unidade com a Sua Missão a favor da humanidade, manifestando para além dos bons propósitos de vida cristã, sua preocupação com a Igreja em seu País.

Ao participar-lhe que o Sucessor de Pedro viu com o melhor apreço o seu testemunho de veneração, mais me é grato poder acrescentar: Uma benevolente palavra de encorajamento da parte de Sua Santidade o Papa, a perseverar e a crescer nas boas disposições de levar uma vida de acordo com os imperativos da dignidade de pessoa e da condição cristã, deixando-se nortear pelo ideal de contribuir para o maior bem de quantos o rodeiam e para um mundo mais iluminado pelo amor fraterno, fazendo tudo o que puder pelo crescimento do Reino de Deus. Com estes votos que deposita aos pés da Virgem Maria, o Santo Padre envia-lhe, extensivamente aos seus familiares, a implorada Bênção Apostólica.

Aproveito a ocasião para lhe testemunhar sentimentos de consideração em Cristo Senhor.

Assina: Monsenhor Gabriele Caccia (Assessor)
--------------------------------------------

Para: CLÁUDIO HECKERT

Aspecto Conteúdo:

As descriçoes dos fenômenos celestes abaixo pelo confidente estão bem de acordo com as Aparições de Nossa Senhora em outros lugares.

SÃO MIGUEL: Este maravilhoso Arcanjo me vem desprovido de qualquer adereço. Completamente livre de qualquer arranjo ou fantasia. Aparenta ter uns 20 anos de idade, com cabelos levemente escorridos, castanhos claros, até os ombros. Um sorriso sempre cordial, amigo, sincero. Veste uma túnica branca, até os pés, mangas longas, e não usa cinto. Não tem asas. Aparece-me sempre nas minhas orações particulares, ou sempre que preciso de sua intervenção para uma dúvida qualquer. É Ele quem sempre me apresenta as almas padecentes e me dá as orientações necessárias. É forte, decidido, demonstrando muita energia e vigor na maneira de falar ou de agir. É, contudo, muito gentil e generoso. Ama muito a Nossa Senhora. Tem uma predileção especial por Ela e quando a menciona, se transforma, fica eufórico, radiante. São Miguel é verdadeiramente incrível!


NOSSA SENHORA: Simplesmente maravilhosa. Difícil de descrever. Seus cabelos castanhos escuros, ondulados, escorrem pelo ombro, até às costas, quase à altura da cintura. Seu rosto é o mesmo que se vê estampado nos quadros de Nossa Senhora Rainha da Paz. Aparenta também ter uns 20 anos. Seus olhos... são o céu! Mas são levemente castanhos. Usa uma túnica muito branca, até os pés, com mangas compridas, que é presa à cintura por um cordão de ouro, que aí se amarra, e joga suas pontas quase ao chão. No dia 14 de Julho de 2000, em um cenáculo com mil Ave- Marias, Ela se apresentou com uma faixa vermelha, ao invés do cordão de ouro, dizendo que estava homenageando os mártires ali presentes. Vária vez apareceu desta forma. Sua voz, seu jeito de falar, é de tanta suavidade que me embriaga , me deixa sem fôlego e me envolve num clima de paz tamanha, que me parece viver o céu por aquele momento...E de fato eu vivo. Suas mensagens são doces, bem direcionadas, mas com muita suavidade. Aparece-me diariamente e morro de saudades, quando Ela demora. Mas, publicamente, só faz suas aparições em cenáculos em que Ela mesma determina o dia e a hora. Diariamente me instrui, me repreende... mas com tanta suavidade, com tanto amor... Ah! Mãe, como eu gostaria de saber descrever-Te! Deus, na verdade, não poderia nos ter dado Mãe melhor.


JESUS: Seu rosto, um jovem de 25 anos, é expressivo, com traços semelhantes aos de Nossa Senhora, é maravilhoso! Seus cabelos são iguais aos de Nossa Mãe. Sua tez é branca, mas um tanto escurecida. Sua voz demonstra energia, determinação, mas muita suavidade. Transmite muito amor no falar, especialmente nos momentos de um colóquio mais íntimo. Também sua túnica é branca e desprovida de qualquer enfeite. Não O vejo todos os dias, mas sinto-O sempre perto, principalmente nas orações. Vejo-O sempre que me transmite mensagens, que são sempre objetivas, diretas e profundas. Seu verdadeiro rosto é como está estampado no Santo Sudário. ( Há alguns dias apresentaram na TV um rosto ridículo, e mencionaram ser o novo rosto de Jesus, e percebi isto: os homens que idealizaram o "novo rosto de Jesus", inspiraram-se em si próprios e buscaram como modelo o homem da cruz da esquerda - o mau ladrão - sanguinário, perverso, maquiavélico...)


ALMAS: 
1) PADECENTES - São me apresentadas de acordo com as aparências que tinham em vida, embora, todas, venham com o seu purgatório... Não são desfiguradas, pois são benditas, e a caminho do céu. (As desfiguradas estão no inferno). São dóceis, gentis, e rezam muito. São preocupadíssimas conosco e, de uma maneira especial com seus familiares, para os quais sempre pedem muitas orações. Elas não se me apresentam quando quero, nem quando elas querem, mas sim e só quando o Pai permite. Só o Pai determina se podem ou não aparecer e dar seus recados, que também são determinados por Ele. Então as vejo claramente como numa tela, e São Miguel serve de interlocutor entre mim e elas.
2) CONDENADAS - Estas sim, são deformadas e horrendas. Não podem se comunicar, conforme Jesus já falava na parábola do rico epulão e do pobre Lázaro. Seu inferno é eterno, e já nada têm a fazer aqui na terra. Apenas seus demônios é que podem se comunicar conosco e nos atrapalhar, mas, também estes, só com a permissão de Deus.

O PURGATÓRIO: Não é um lugar, mas sim, um estado de alma. Embora as almas me sejam apresentadas com a aparência que tinham em vida, me é dado compreender o sofrimento em que vivem. Quanto maior a distância entre elas e Deus, maior é o sofrimento. E o sofrimento neste mundo terreno, por maior que seja, não se pode comparar ao do purgatório. Na verdade, lá tudo se compara ao inferno, e cada alma paga de acordo com os erros que cometeu na terra, até ficar completamente purificada. A alma faz questão de pagar tudo amorosamente, pois sabe que, na Casa do Pai, não há lugar para qualquer vestígio de erro ou qualquer tipo de sujeira. Mas aguarda ansiosamente este dia: o dia do abraço do Pai... e da felicidade para sempre. E é esta esperança que as faz felizes, apesar de todos os sofrimentos. Santa Francisca Romana chamava o purgatório de Pousada da Esperança. .. E é isto mesmo! Mas, mesmo nesta expectativa do dia feliz, mesmo nesta firme certeza, as almas rezam para que nós, os vivos, não caiamos no purgatório: querem que passemos daqui, diretamente para o céu, pois onde estão, é terrível! As benditas almas não fazem mal a ninguém, pois: 1) Se estiverem no inferno, estão mortas para sempre, e " há uma barreira muito grande entre nós e elas " impossibilitando-as deste contato conosco; 2) se estiverem no purgatório, estão a caminho da santidade e, portanto, não há como nos fazerem mal. Elas, pelo contrário, nos ajudam, intercedendo a Deus por nós, e suas orações são mais puras do que as nossas, pois são desprovidas de quaisquer desvios, o que permite que suas orações cheguem puras a Deus. Rezemos então por elas. Rezemos pelo purgatório, pois as almas pedem socorro !

O INFERNO: Da mesma forma que o Purgatório, também o Inferno não é um lugar específico, mas sim um estado de alma ; não é uma realidade física, mas espiritual. Se, pois, como adiante se poderá ver, o inferno me é mostrado - e o descrevo quando nele "entro" - como um fogo físico, com horrendas e diabólicas criaturas físicas, vermes e monstros, na verdade isso é apenas para que eu compreenda esta terrível realidade e a sinta ainda que minimamente. Assim posso transmitir a todos uma idéia aproximada do sofrimento eterno daquelas infelizes almas. Não existe criatura humana, nem linguagem alguma, capaz de descrever o que significa o Inferno.

Anistias
Há também as Anistias que são campanhas suscitadas por Nossa Senhora para salvar as almas do purgatório e levá-las a céu onde lá elas poderão interceder por nós, já que no purgatório a intercessão delas mal dá para elas mesmas. É uma extensão da misericórdia Divina onde um número maior ainda de almas são salvas pelas orações.

Site oficial: www.salvaialmas.com.br

MARCADOS COMO GADO




Visto: 240 - Impresso: 2 - Enviado: 26 - Salvo em Word: 8
Postado em: 25/08/11 às 15:21:27 por: James
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=50&id=8545
Marcado como: Artigo Simples

75 MIL BRASILEIROS SERÃO MARCADOS COM MICROCHIP TRANSMISSOR AMERICANO
Talvez as histórias de ficção científica devessem ser ensinadas nas escolas. E o futuro está chegando, com uma empresa privada marcando você como gado, controlando seus passos, controlando seu comportamento e sabendo mais sobre sua vida do que você mesmo. E que governo não gostaria de controlar estes dados? Mas será que o governo brasileiro vai permitir isso? 


Aldo Novak, editor

A empresa VeriChip Corp assinou, há dois dias, um contrato sigiloso de distribuição exclusiva no Brasil do VeriChip RFID, para a implantação de milhares de chips localizadores subcutâneos modelo Solusat. Mais de 800 unidades já estão sendo preparadas para chegar ao país. 


Por meio deste chip, inicialmente instalado somente em gatos, cachorros e corpos de soldados americanos no campo de batalha, qualquer pessoa pode ser localizada em qualquer lugar do planeta, a qualquer hora, por meio de scanners localizadores especiais. Quando o scanner é aproximado da pessoa, o chip “liga”, enviando um número de registro com todas as informações do usuário diretamente para os computadores de controle. A empresa já anunciou que brevemente a localização será feita diretamente por satélites. Nos Estados Unidos a FDA (Food & Drug Administration) está proibindo a venda casada com informações sobre os cidadãos americanos, por isso a empresa se voltou para a América do Sul e alguns países europeus.

Há discussões, nos Estados Unidos, para exigir que viajantes que entrem no país, no futuro, usem obrigatoriamente o chip -- informação negada, naturalmente. 
A informação foi dada pela revista Business Wire que garante que mais de 5000 chips localizadores já foram encomendados pelo Brasil e México. 

A empresa Metro Risk Management Group, LCC, é o distribuidor exclusivo do sistema no Brasil. A empresa controladora da VeriChip é a Applied Digital Solutions, Inc., e em um artigo publicado em janeiro de 2002 na EETimes a empresa controladora informou que este é um mercado que pode gerar "70 bilhões de dólares por ano", sim, bilhões. Isso, se a sociedade permitir que as populações sejam numderadas como gado.

O QUE É O CHIP -- e seus perigos

O VeriChip é um microchip transmissor, implantado sob a pele, que emite um sinal localizador de rádio (radio frequency identification, RFID) que, segundo a empresa, pode ser usado para uma "variedade de situações de segurança, análise financeira, identificação de emergência e outras aplicações". 

Especialistas em liberdades individuais dos Estados Unidos destacam as "outras aplicações" e o risco de que, no futuro, todas as pessoas sejam forçadas a ter implantes identificadores no corpo, tornando os governos totalmente informados sobre quem é você, onde você vai (durante toda a vida), o que você faz, o que você compra, com quem você fica.... e uma infinidade de outros perigos. Use a sua imaginação para saber que tipo de dados estarão nas mãos de algumas poucas pessoas e empresas... Uma população totalmente controlada seria um prato perfeito para uma nova ditadura mundial.

A própria empresa informa que os chip s podem ser usados para “defesa nacional” e quem tem dois neurônios sabe o que isso significa realmente para a oposição de qualquer país, qualquer que seja a época. O que a empresa objetiva é que cada pessoa tenha um chip verificador para entrar em instalações do governo (usinas nucleares, laboratórios nacionais de pesquisa, prisões e outro lugares “sensíveis”) e aeroportos, navios e estações rodoviárias, “para facilitar o trânsito das pessoas e acelerar o gerenciamento de transportes."

O sonho de ditadores está nascendo. E, por incrível que pareça, agora o Brasil é o país do “futuro”. 

TUDO SOBRE VOCÊ

A empresa acabou de divulgar que, brevemente, estará no mercado o VeriPass e o VeriTag, que permitirão associar o número da pessoa a sua bagagem (antes e depois da viagem), aos bancos de dados das companhias aéreas e aos serviços de segurança policial.

Em um país como o Brasil, no qual criminosos se elegem para se protegerem da justiça e em que a polícia tem parte de sua corporação dominada por “funcionários” de criminosos, não vai sobrar nenhuma testemunha para mais nada, já que qualquer testemunha terá seus passos registrados. Cada passo. 


Naturalmente, haverá uma montanha de garantias de que a privacidade das pessoas será mantida e que ninguém mais saberá quando você foi até a igreja, comeu pizza ou fechou um negócio internacional. Mas todas essas garantias, como sempre, serão esquecidas e superadas pelos criminosos e pelos futuros ditadores que assumirem este ou qualquer outro país. São garantias falsas. Ponto final.

A mentirosa explicação de que os celulares pré-pagos precisavam ser registrados para evitar que fossem usados pelo crime organizado serviu apenas para criar bancos de dados milionários para as empresas de telecomunicações e para redes internacionais de controle. Basta dar o nome completo de um brasileiro para algumas empresas americanas e pagar 450 dólares para ter o número de celular desta pessoa, seus dados pessoais, as informações do banco de dados da Serasa (sim, aquela que garante que isso não acontece) e até o movimento bancário dessa pessoa.

Ilegal, perigoso e controlado por grupos privados não-brasileiros. Receita para o desastre. 


O LADO BOM (????)

O chip também tem um lado bom. Usuários de marca-passos e outras pessoas que precisam ser identificadas rapidamente, com seu histórico médico, podem ser salvas pelo sistema. Na verdade, a empresa usa este "marketing" para conseguir dar os primeiros passos no mercado. Em um país cheio de sequestros, como o Brasil, o sistema também ajuda um pouco, mas logo os satélites americanos já estarão aptos a registrar a posição dos usuários em tempo real em qualquer lugar do planeta e então os sequestradores serão detectados rapidamente. Isso até que comecem a cortar braços e pernas dos sequestrados, para que digam se estão usando um localizador... 


O ACORDO COM O BRASIL 
Segundo as informações divulgadas pela empresa, 800 chips estão sendo enviados para o Brasil, além de 24 scanners de detecção. O acordo para distribuição no país tem duração prevista de 5 anos nos quais 75 mil chips de identificação devem ser implantados em cidadãos brasileiros, além de haver previsão de 3.800 scanners de detecção.

Parabéns. Gado Marcado, Gado Feliz.
Fonte:www.exactaexpress.com.br/VeriChip.htm

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
OBS> Assim se cumpre o que está em Apocalipse 13, 16 "Conseguiu que todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, tivessem um sinal na mão direita e na fronte, 17 e que ninguém pudesse comprar ou vender, se não fosse marcado com o nome da Fera, ou o número do seu nome. 18 Eis aqui a sabedoria! Quem tiver inteligência, calcule o número da Fera, porque é número de um homem, e esse número é seiscentos e sessenta e seis. "

Como viram, a fera apresenta apenas a face de bem, o lado positivo do chip. Mas na realidade, como Jesus nos passou a pessoa se torna escrava daquele que manipula a marca, porque, que alguém pode ser achado em caso de sequestro, igualmente pode ser achado caso queiram matá-lo. E se o dispositivo envia dados sobra a parte física ou doenças do portador, com absoluta certeza pode enviar mensagens negativas ao cérebro da pessoa, que será manipulada como escrava, obrigando-se a cumprir as ordens da fera, a pensar e a agir como ela deseja. 
--
Espacojames: Vejam este artigo
Ainda tem gente que diz que os chips são inofensivos, que não controlariam nada, e que tudo isto é uma invenção.
No artigo acima, os animais param de atacar quando são submetidos a choques no cérebro, outros tornam-se ainda mais agressivos conforme recebem estas correntes elétricas.
james
------

Os testes do chip em ratos, mostram que eles podem inclusive manipular o animal, mandando ordens para que suba ou desça de uma árvore, tornando-se verdadeiro títere de quem o manipula. Acreditem, isso está acontecendo, inclusive no Brasil e ninguém deve aceitar tal chip, sob nenhuma circunstância, porque isso lhe dará a morte eterna porque está escrito em...

Apocalipse a4,  9 Um terceiro anjo seguiu-os, dizendo em alta voz: Se alguém adorar a Fera e a sua imagem, e aceitar o seu sinal na fronte ou na mão, 10 há de beber também o vinho da cólera divina, o vinho puro deitado no cálice da sua ira. Será atormentado pelo fogo e pelo enxofre diante dos seus santos anjos e do Cordeiro. 11 A fumaça do seu tormento subirá pelos séculos dos séculos. Não terão descanso algum, dia e noite, esses que adoram a Fera e a sua imagem, e todo aquele que acaso tenha recebido o sinal do seu nome.
 
Realmente os condutores da destruição, através deste chip, conseguem saber o que a pessoa está pensando, o que está falando, e podem agir imediatamente pois tudo fica gravado nos computadores centrais da Besta, que ficam em Genebra na Suiça. Já existem sobre nossas cabeças um série de 36 satélites estacionários, que cobrem todo o orbe terrestre, podendo identificar cada objeto de até 20 centímetros no solo. Ele podem lhe dar um tiro, onde voce estiver, sem margem de erro. Trata-se de algo extremamente diabólico, que será usado pela fera para manipular seus escravos.
 
Porém uma imensa e pesada Cruz haverá de desabar sobre a Europa, atingindo de cheio a Suiça e este monstro, o computador central, que tem a capacidade de armazenar mais de duas mil folhas de relatório, da vida de cada ser humano, e ainda sobra espaço em disco. Cada cadastro que voce faz hoje, numa loja, no governo cada número que você recebe, aos poucos se encaminha para aquele banco de dados, e isso de todos os países do mundo alcançáveis pelo sistema. Entretanto, a besta sabe que lhe é totalmente impossível marcar e manipular todos os seres humanos, por isso deseja matar 9/10 da população inicialmente, e marcar os restantes e tê-los como seus escravos manipuláveis.
 
Você não acredita nisso? Então ponha-se neste cabresto e o entregue nas garras do diabo! Ele fará de você um prato cheio. Você é inteligente, ou pelo menos sábio? Então fuja do chip, como se foge do diabo. Quem se marca com o chip vende a alma a ele.
 

Fonte: http://www.recadosaarao.com.br

10 de setembro de 2011

AS TORRES CAIRÃO – O que Nossa Mãe disse a respeito das torres.

MENSAGEM DE NOSSA SENHORA AO CLÁUDIO
Ponta Grossa(PR), 25 de Junho de 2001
Visita ao Cemitério São Vicente
(…)
« Em meio rosário de dias, cairá a torre maior… e outras cairão, uma após outra.»
É a vossa libertação*.
É a libertação desta cidade que volta aos braços do Pai Antigo e Eterno!.
Amém.
Eu vos abençôo e agradeço por vosso amor..
Amém. Amém. Amém. »
 

Porto de Cima(PR), 01 de Setembro de 2001 – DIA DE SANTO EGÍDIO
Caminhada no Santuário de Nossa Senhora do Cadeado
« Paz ! »
« Filhos, em Setembro começam as ruir as torres.
Tenham calma. Rezem muito.»
Muito obrigada por me presentearem com estas almas*.
O céu é festa! Amém?
Obrigada. Eu vos abençôo a todos e mais uma vez, agradeço por me atenderem.
Amém.
 
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém
 

 
Explicações de São Miguel:
Meio Rosário de dias: Como não sabíamos o que significava este "Meio Rosário de dias" São Miguel Arcanjo nos explicou: Um Rosário completo tem 150 Ave Marias. Meio Rosário tem 75. Somando-se as outras 3 Ave Marias, do Crucifixo, temos 78. Meio Rosário de dias são 78 dias. A mensagem é do dia 25 de Junho. Contando-se 78 dias, a partir de 25/06/2001, encontramos o dia 11 de Setembro, o dia da derrubada das torres nos Estados Unidos. Precisão matemática.
* É vossa libertação:
Devemos nos alegrar, apesar dos sofrimentos que virão, pois Deus está instaurando o Novo-Reino de paz, para todos os seus filhos.
* Estas almas :
Tratam-se aqui, das almas salvas no dia 01, com a nossa caminhada a pé, ao Santuário de Nossa Senhora do Cadeado.
 

 
Porto Belo(SC), 12 de Setembro de 2001
Santo do dia: São Guido – peregrino – 6:00hrs.
«Paz »
« Filhinhos, tudo o que foi dito acontecerá: os planos de Deus não mudam, pois foram assim concebidos…
De fato, Deus não está castigando ninguém, pois tudo está preparado desde os primeiros tempos, e o que acontece agora são fatos já relatados no Livro Santo, e alertados por tantos profetas. E, nos tempos atuais também relatados e alertados pelos novos profetas!
Não há nada novo!
E Deus avisou sempre a seus filhos, através dos séculos…
Ainda há tempo para a conversão. Mas a confissão deve ser contrita, e não por medo! Deus quer abraçar seus filhinhos que realmente O amam, e que voltam para casa arrependidos, e cientes do Grande Amor do Pai!
Os filhinhos que Lhe amam!
Pois muitos serão varridos da face da terra e do Coração de Deus, mas não por castigo, mas porque escolheram este caminho!
Uni-vos filhinhos, em oração… e Deus Misericórdia cuidará de vós.
É preciso que tudo aconteça, pois o mundo caminha para as hediondas trevas, mas Deus usará de Sua Benevolência e salvará os seus!
O mundo, será melhor depois !… Mas é necessário mudá-lo !
As torres caíram porque estavam nos planos: a torre maior, que detém o controle de quase todo o mundo, teria de cair antes… e depois, as outras.
E, um após outro, os países, levados pela ganância, ódio, irresponsabilidade, cairão, e o mundo será o caos!…
A besta, mentora da situação, assalta o poder, e também o poder da Igreja e aí se postará a outra besta!…
Terras e mares serão abalados: bombas, canhões e… traições!
Muitos filhos de satanás possuirão o mundo, por um certo período: é o tempo das tribulações, que começará com a retirada do Homem Santo João Paulo II…
Rezai, filhos. Abrí os vossos corações: o mundo está preste a cair…
Não deveis fugir… nem temer! Deveis rezar !
Amém !
Fonte: www.recadosaarao.com.br
 

9 de setembro de 2011

Revelações de Deus Pai à Santa Catarina de Sena - No Juízo Particular





Fala Deus Pai:

"No Juízo Particular, no instante final, quando a pessoa compreende que não pode fugir das Minhas Mãos recupera a visão que a atormenta interiormente fazendo-a ver que por própria culpa chegou a tão triste situação."

"Se o pecador se deixar iluminar e se arrepender, não por medo dos castigos infernais, mas por ter ofendido a Suma e Eterna Bondade, AINDA SERÁ PERDOADO. Mas, se ultrapassar o momento da morte nas trevas, no remorso, sem esperança no Sangue, ou então, lamentando-se apenas pela infelicidade em que se acha - e não por ter Me ofendido - irá para a perdição. Sobrevirá pois, a repreensão pela injustiça e falso julgamento."
"Em primeiro lugar a repreensão da injustiça e do julgamento falso em geral, praticados no conjunto de suas ações, durante a vida; depois, em particular, do último instante quando o pecador considera seu pecado maior que a Minha misericórdia. Este é o pecado que não será perdoado, nem aqui nem no além."
"O desprezo voluntário da Minha misericórdia constitui pecado mais grave que todos os anteriores"
"Filha, tua linguagem é incapaz de descrever os sofrimentos desses infelizes condenados."
"Sendo três os seus vícios principais - egoísmo, medo de perder a boa fama e orgulho - aos quais se acrescentam a injustiça, a maldade e impureza, no inferno os pecadores padecem de quatro tormentos principais.
O primeiro é a ausência da Minha visão. Um sofrimento tão grande que os condenados, se fosse possível, prefeririam sofrer o fogo vendo-Me, que ficar de fora dele sem Me ver.
O segundo, como conseqüência, é o remorso que corrói o pecador privado de Mim, longe da conversação dos anjos, a conviver com os demônios.
Aliás, a visão do diabo constitui o terceiro tormento.
Ao vê-lo duplica-se o sofrer. Nestes (demônios), eles se conhecem melhor, entendendo que por própria culpa mereceram o castigo. Assim o remorso os martiriza e jamais cessará o ardor da consciência.
Muito grande é este tormento, porque o diabo é visto do próprio ser; tão horrível é a sua fealdade, que a mente humana não consegue imaginar. Se ainda o recordas, já te mostrei o demônio assim como ele é; foi por um átimo de tempo. Quando retornastes ao sentido, preferias caminhar por uma estrada de fogo até o juízo final que tornar a vê-lo. No entanto, apesar do que viste ignoras a sua fealdade, especialmente porque, segundo a justiça divina, ele é visto mais ou menos horrível pelos condenados, segundo a gravidade das culpas.
O quarto é o fogo. Um fogo que arde sem consumir, sem destruir o ser humano.
É algo de imaterial, que não destrói a alma incorpórea. Na Minha justiça permito que tal fogo queime, faça padecer, aflija; mas não destrua. É ardente e fere de modo crudelíssimo em muitas maneiras, conforme a diversidade das culpas. A uns mais, a outros menos, segundo a gravidade dos pecados.
Destes quatro tormentos derivam os demais: o frio, o calor, o ranger de dentes (Mt, 22,13)
Grande é o ódio dos condenados, pois já não amam o bem. Blasfemam continuamente contra Mim!
Queres saber por que já não podem desejar o bem? É porque, no fim desta vida, vincula-se o livre arbítrio.
Com o cessar do tempo, já não se merece mais. Quem termina esta existência em pecado mortal, por direito divino fica para sempre apegado ao ódio, obstinado no mal, a roer-se interiormente.
Seus sofrimentos irão aumentando sempre, especialmente por causa das demais pessoas que por sua causa irão para a condenação. O homem justo (no mesmo Juízo) ao encerrar sua vida terrena no amor, já não poderá progredir na virtude. Para sempre continuará a amar no grau de caridade que atingiu até Mim.
Também será julgado na proporção do amor. Continuamente Me deseja, continuamente Me possuí; suas aspirações não caem no vazio. Ao desejar, será saciado; ao saciar-se, sentirá ainda fome; distanciando-se assim, do fastio da saciedade e do sofrimento da fome. Os bem-aventurados gozam da Minha eterna visão.
Cada um no seu grau, de acordo com a caridade em que vieram participar de tudo o que possuo.
Desfrutam na alegria e gozo - dos bens pessoais e comuns que mereceram.
Colocados entre os anjos e santos com eles se rejubilam na proporção do bem praticado na terra.
Entre si congraçados na caridade os bem-aventurados de modo especial comunicam-se com aqueles que amaram no mundo. Não penses que a felicidade celeste seja apenas individual.
Não! Ela é participada por todos os cidadãos da pátria, homens e anjos.
Quando chega alguém à vida eterna, todos sentem sua felicidade da mesma forma como ele participa do prazer de todos. Em seus anseios os eleitos clamam continuamente diante de Mim em favor do mundo inteiro.
Suas vidas haviam terminado no amor fraterno; continuam no mesmo amor. Aliás, foi exatamente por tal caridade que passaram pela porta que é Meu Filho Por ocasião do Juízo Final, o Verbo encarnado virá com divina majestade para repreender o mundo. Não mais se apresentará pobrezinho na forma como nasceu da Virgem, na estrebaria, entre animais, para morrer depois no meio de ladrões.
Naquela ocasião, ocultei nEle o Meu poder e permiti que suportasse penas e dores como homem.
A natureza divina se unira a humana e foi enquanto homem que sofreu para reparar as vossas culpas.
No juízo final, não será assim, pois virá com poder a fim de julgar.
As criaturas humanas estremecerão e Ele a cada um dará sentença conforme merecimento.
Tua língua não conseguirá exprimir o que se sucederá aos condenados.
Para os bons, Jesus será motivo de temor santo e alegria imensa. Os bem-aventurados continuam no céu, eternamente, aquele mesmo amor com que encerraram a vida terrena. Eles em nada se distanciam de Mim. Seus desejos estão saciados. Anseiam em ver-Me glorificado por vós viandantes e peregrinos que sois em direção à morte. Aspirando por Minha honra, querem vossa salvação e sempre rogam por vós; de Minha parte, escuto os seus pedidos naquilo em que vós, por maldade, não opondes resistência à Minha bondade. Os bem-aventurados desejam recuperar os seus corpos; todavia não sofrem por sua ausência.
Até se alegram, na certeza de que tal aspiração será realizada.
A ausência do corpo não lhes diminui o prazer, não é angustiante, não faz sofrer.
Nem julgues que a satisfação de ter o corpo após a ressurreição lhes traga maior bem-aventurança.
Se isso fosse verdade, seria sinal que a felicidade anterior era imperfeita, enquanto não o reouvessem, e isso não pode ser. De fato, nenhuma perfeição lhes falta. Não é o corpo que faz feliz a alma, mas o contrário.
Quando esta recupera o corpo no dia do juízo, participará ele da plenitude e da perfeição da alma.
Naquele dia, esta se fixará para sempre em Mim, e o corpo em tal união, ficará imortal, sutil, leve.
Deves saber que o corpo ressuscitado pode atravessar uma parede, que o fogo e a água não o ofendem.
Tal propriedade lhe advém, não de uma virtude própria, mas por uma força que gratuitamente concedo à alma, que foi criada à Minha imagem e semelhança num inefável ato de amor.
Tua inteligência não dispõe da capacidade necessária para entender, nem teus ouvidos para escutar, a língua para narrar e o coração para sentir qual é a felicidade dos santos. Ocupei-Me da felicidade dos santos para que entendesses melhor a infelicidade dos condenados ao inferno. Aliás, outro tormento destes últimos, é ver quanto os bem-aventurados são felizes. Tal conhecimento acresce-lhes a pena, da mesma forma como a condenação dos maus leva os justos a glorificar Minha bondade.
A luz é mais evidente na escuridão, e a escuridão na luz. Conhecer a alegria dos santos é dor para os réus do inferno. Os condenados aguardam com temor o dia do juízo final. Sabem que então seus sofrimentos aumentarão. As escutar o terrível convite: " mortui, venite ad judicium", a alma retornará ao corpo. Para os bem-aventurados será um corpo de glória; para os réus um corpo para sempre obscurecido. Diante do Meu Filho, sentirão grande vergonha.
Também diante dos santos. O remorso martirizará a profundidade do seu ser, quero dizer, a alma; mas também o corpo. Acusa-los-ão: o Sangue de Cristo, por eles derramado; as obras de misericórdia, espirituais e corporais, do Meu Filho, o bem que eles mesmos deveriam ter praticado em benefício dos outros, segundo o evangelho. Terá seu castigo a maldade com que trataram os irmãos, pois Eu mesmo, compassivo, perdoara-lhes (Mt 18,33).
Serão repreendidos pelo orgulho, egoísmo, impureza, ganância; e tudo isso reavivará seus padecimentos.
No instante da morte, somente a alma é repreendida; no juízo final também o corpo, por ter sido instrumento da alma na prática do bem e do mal conforme a orientação da vontade.
Todo bem e todo mal é feito através do corpo por este motivo, Minha filha, os justos terão no corpo glorificado uma luz e um amor infinitos; já os réus do inferno sofrerão pena eterna em, seus corpos, usados para o pecado.
Ao recuperar o corpo diante de Jesus ressuscitado, os réus sentirão tormento renovado e acrescido: a sensualidade sofrerá na sua impureza, vendo a natureza humana unida à divindade, contemplando este barro adâmico - vossa natureza - colocada acima de todos os coros angélicos, enquanto eles, os maus, estarão no mais profundo abismo.
Os condenados verão brilhar sobre os eleitos a liberalidade e a misericórdia, quais frutos do Sangue de Cristo; saberão das dificuldades suportadas pelos bons e que agora se mostram em seus corpos como frisos de adornos para as vestes. O valor de tais sofrimentos físicos não provém do corpo mas da riqueza da alma; é ela que dá o corpo o merecimento da luta como companheira da prática das virtudes.
Tal exteriorização se verifica porque o corpo manifesta o resultado das batalhas das alma, como o espelho reflete a face do homem. Ao se verem privados de tamanha beleza, os habitantes das trevas verão surgir nos próprios corpos os sinais dos pecados e terão maiores tormentos e confusão.
E ao soar aquela terrível sentença: "Ide, malditos, para o fogo eterno".
Suas almas e corpos encaminhar-se-ão para a companhia de demônios, sem mais remédios nem esperança.
Cada um a seu modo, se envolverá na podridão que viveu na terra, de acordo com as ações que praticou: o avarento arderá na sua ganância dos bens que desordenadamente amou; o maldoso, na sua ruindade; o impuro na imunda e infeliz concupiscência; o injusto nas suas iniqüidades; o rancoroso no seu ódio pelos outros. Quanto ao egoísmo fonte de todos os males arderá como princípio causador de tudo em sofrimentos insuportáveis. O orgulho terá igual sorte.
Assim, corpo e alma serão punidos em todos os vícios. Sirvo-Me do demônio qual instrumento da Minha justiça para atormentar os que Me ofendem.
Nesta vida o coloquei qual tentador, molestando os homens. Não para que estes sejam vencidos, mas para que conquistem a vitória e o prêmio pela comprovação das virtudes. Ninguém deve temer as possíveis lutas e tentações do demônio. Fortaleci os homens, dei-lhes energia para vontade, no Sangue de Cristo.
Demônio ou criatura alguma conseguem dobrar a vontade. Ela vos pertence, é livre.
Vós é que escolheis o querer ou não querer alguma coisa. Eu disse que o demônio convida os homens para a água-morta, a única que lhe pertence, cegando-os com prazeres e satisfações do mundo.
Usa o anzol do prazer e fisga-os mediante a aparência de bem. Sabe ele que por outros caminhos nada conseguiria; sem o vislumbre* de um bem ou satisfação, os homens não se deixam aprisionar; por sua própria natureza, a alma humana tende ao bem. Infelizmente, devido à cegueira do egoísmo, o homem não consegue discernir qual é o bem verdadeiro, realmente útil ao corpo e à alma.
Percebendo isto, o demônio, maldoso, apresenta-lhe numerosos atrativos maus, disfarçados porém sob alguma utilidade ou prazer. A certeza da Minha presença em suas vidas, é o conhecimento da Minha verdade. Tal conhecimento se realiza na inteligência que é, o olho da alma; pupila de tal olho é a fé.
Pela iluminação da fé, eles distinguem, conhecem e seguem a estrada mensagem do Verbo Encarnado.
Sem a fé ninguém reconhece tal estrada, à semelhança daquele que possuísse o olho, mas coberto por um pano. Sim, a pupila desse olhar é a fé; nada verá quem cobrir sua inteligência com o pano da infelicidade, por causa do egoísmo. Tal pessoa terá a inteligência, mas não a luz para conhecer.
Como afirmei antes, ninguém consegue seguir o caminho da verdade sem a luz da razão - recebida de Mim com a inteligência - e sem a luz da fé, infundida na hora do santo batismo, supondo que não destruais esta última com vossos pecados


Fonte: http://www.movelandia.com.br/juizo.htm

PEÕES DO JOGO FINAL

Artigo N.º 8548 - PEÕES DO JOGO FINAL
Algumas imagens são ilustrativas

Decididamente eu não sou jogador de xadrez, não porque não conheça os rudimentos dele, mas porque não tenho a paciência que ele exige. Porém, do pouco que sei, posso afirmar que no mundo de hoje acontece algo parecido com este jogo. Há um tabuleiro firmado entre dois contendores aguerridos. De um lado o bem, de outro o mal. De um lado Deus, do outro o demônio. De um lado os filhos e filhas de Deus a Ele ligados, de outro os filhos das trevas e seus seguidores, ligados ao inferno que os rege.

 
Claro que esta luta sempre esteve em curso desde que os anjos maus se revoltaram contra o Criador, e desde que existem almas humanas em disputa, e ferrenha disputa. E disso poderemos, já de arrancada, perceber o imenso valor da alma humana, pois são mais de sete milênios de batalha, no curso da qual houve já milhões de mortos, falo das almas perdidas eternamente, os que seguiram outros deuses. Eis os filhos do abismo infernal! Mas também bilhões de santos hoje povoam os céus, herdeiros do amor, herdeiros da vida porque filhos e filhas do Pai Eterno, para a plena e eterna felicidade junto de Deus, Uno e Trino. Todos participam deste jogo, peões, rainhas, torres, cavalos, cada um com seu papel, o destino cada um faz o seu como fruto da gloriosa liberdade das criaturas inteligentes.
 
Mas agora estamos no tempo final, da última batalha desta disputa, que embora desde sempre tenha já seu veredicto gravado nas Sagradas Escrituras, em respeito à mesma liberdade e em atenção à Palavra Eterna, deve cumprir seu tempo, seguir seu curso até o termo anunciado no plano do Altíssimo. Um termo que está próximo do desfecho final, do cheque mate dado pelo Juízo Final, quando tudo deve voltar para Deus, para a ordem, para a alegria, para a paz eterna. Menos para os rebeldes, os obstinados, os traidores, os escarnecedores, e todos aqueles que mentem ao povo dizendo que assim vai bem, quando este mundo se abisma na destruição, na ruína. Ai dos que dizem isso, os acontecimentos próximos os atropelarão!
 
É visível, até mesmo para os cegos de nascença, para os surdos e até para os mortos nos túmulos, que este mundo vai muito mal, com a imoralidade chegando aos abismos, o pecado emporcalhando a terra, a apostasia alcançando índices nunca vistos, e aquilo que se pode chamar de um verdadeiro cataclismo, a luta dos homossexuais ativos, para que seu pecado seja reconhecido como um bem. Mais do que isso, que a sociedade, em peso aceite seu direito de pecar em praça pública, sob pena de crime. E por mais terrível que absurdo que seja, que eles possam criticar abertamente quem não concorda, possam cuspir na Igreja Católica, possam blasfemar contra a Bíblia e fazer uso satânico dos nossos objetos sagrados, sem que possamos esboçar uma palavra, sequer um gesto em nossa defesa. Em defesa do Sagrado!  Eis a diabólica tirania do mal, vislumbre do império de satã. Eis como o filho das trevas, o anticristo, deseja governar a terra.
 
Eis aí os cavalos negros do xadrez infernal, lutando ferozmente para derrubar qualquer obstáculo que possa se opor aos seus satânicos objetivos. Sob o amparo da lei, da imensa maioria das nações, sob o látego da “discriminação” da “homofobia” e dos “direitos das minorias”, eles avançam, já como vencedores, financiados regiamente até mesmo com dinheiro público, no que se unem, governantes e celerados, no mais terrível desafio já lançado contra Deus desde que existe o homem na terra. E como se percebe a orquestração generalizada, em quase todos os países ao mesmo tempo, de que estas leis sejam aprovadas, temos aqui o sinal claro de que tais governos e tais pessoas, obedecem já a ordem do filho de satanás, que nos bastidores prepara sua triunfante aparição.
 
Está em jogo a vida humana. E está em jogo a posse das almas. Está em jogo o tesouro mais precioso que existe no Universo – a verdadeira vida em Deus... Ou não, – num embate que, quando terminado, deixará poucos vivos neste planeta. Meu falecido avô, João vindo da Alemanha, nos falava que “os antigos diziam que chegaria o tempo onde quando uma pessoa encontrasse outra sairia correndo, pensando que fosse um fantasma”. Exageros a parte, em muitas regiões do planeta será quase assim. Isso porque é tão monumental o embate que virá, é tão assombroso o poder em armas postas na luta – de ambos os lados – que não há como imaginar uma solução fácil, simples, porque é um horror o que vem. O demônio não deixará barata sua expulsão daqui!
 
Torres, cavalos, peões, a rainha, as peças de ódio no tabuleiro, todas em frenesi, no topo o príncipe negro, Lúcifer. Deles emana um sopro maléfico, putrefato, que contamina todos os ambientes e parece inibir os bons, acabrunhar os menos ligados em Deus, e calar quase todo o exército do bem, que parece cada vez mais impotente diante do avanço do mal. Na primeira notícia de hoje, soube que se reúnem agora nos Estados Unidos uma plêiade de altas autoridades, com o objetivo de estudar artifícios legais que amparem os pecados, os vícios nefandos, e as taras diabólicas daqueles que sentem atração sexual por crianças. Sim, crianças, pequeninos, desde os dois anos de idade. Será um milagre se alguma voz americana se levantar contra estes demônios. O mais certo é que saia uma lei favorável neste sentido. Então alguém ainda tem coragem de perguntar o motivo pelo qual nações inteiras afundarão no mar?
 
Buscam palavras de efeito, próprios da língua bífida da serpente, que o povo “do bem” ache bonitas, soem bem aos ouvidos, quando são veneno mortal para as almas. Buscam que o estado, separado de Deus, possa legislar contra Ele, contra a Lei Eterna, mesmo que arrombem a própria consciência de pecado e as barreiras da lei Natural, dando corda a todos os instintos mais bestiais – perdão às feras irracionais, os homens são bem piores – e ainda que isso signifique o fim deles mesmos. Porque jamais uma só civilização já havida e erguida neste planeta, subsistiu por muito tempo num nível de depravação qual ao que chegamos hoje. Quando a razão dá lugar à bestialidade, nem os demônios servem de parâmetro para comparar certos homens e mulheres. Estes são bem piores que aqueles. E andam por aí, sorrindo, no meio do povo! E sendo eleitos!
 
Na mesma lista e na mesma linha, a exigência da legalidade pelo direito de matar as crianças no ventre das mães, de forma intencional ou inconsciente, aberta ou oculta feita por todos os tipos de anticoncepcionais, eis o insano crime de fulminar inocentes indefesos no aconchego de milhares úteros – ventres malditos, algo diabólicos, eis que cantam hinos de louvor a Lúcifer – marcha a humanidade assim para seu extermínio, eis que mata seus futuros gênios, a flor da vida. Imaginar que o Criador suporte por muito tempo este descalabro – tenho certeza de que nas últimas décadas já ultrapassamos um bilhão de abortos – é fazer pouco caso do autor e dono da vida humana, é fazer de Deus um cego, surdo e mudo. É zombar da Justiça Eterna e escarnecer dos mandamentos e da Lei: não matar! Cada aborto intencional é um canto de amor a Lúcifer, o anjo negro!
 
A humanidade está suspensa, inteira, por um fio. Eu, você leitor, nossos filhos, amigos e parentes, todos estamos agora, exatamente como na cesta de um imenso balão, e ele é inflado por hidrogênio que é inflamável. Acaso você já viu algum filme antigo sobre a queda e a queima daquele imenso balão, o Hindenburg, construído pelos alemães? Viu isso? Pois estamos exatamente agora na mesma situação dos passageiros que morreram naquele desastre. Logo virá uma fagulha, uma centelha que porá fogo no balão, e então virá o imenso caos em todo este planeta. Porque todos estamos juntos, a odisseia é de toda a humanidade. Não demora e virá este fogo do Juízo e da condenação dos maus, Deus sabe a hora. Mas é próxima, disso podem ter certeza! Ai do balão, ai do povo!
 
Óbvio que no balão está o combustível do mal, o dinheiro que move economia moderna. Ele é manipulado por satanás constituído o príncipe deste mundo. E ele tem narcotizado mais de metade da humanidade, que não percebe o abismo aos nossos pés. O balão já não voa silencioso, porque a trepidação dos últimos acontecimentos tem abalado a economia mundial, como rescaldos para todas as nações. Não somente as bolsas tremem, mas as nações tremem. O diferente entre esta e outras crises é que na última, de 2008, eram alguns bancos em “dificuldade” que consumiram 23 trilhões de dólares dos governos – seu último sangue – na tentativa de evitar já então o caos econômico e o pânico nos mercados, e agora que treme são os governos.
 
Veja, é muito diferente e mesmo insignificante eu dizer que um banco esteja falido, do que eu dizer que uma nação está falida. Mesmo que esta nação seja a Grécia ou a Irlanda, que não representam nem 0,5% da economia mundial, importa saber que o banco tem algumas centenas de funcionários, enquanto o senso de 2009 apontava na Grécia uma população de 11.283.293 habitantes. Mas que dizer dos Estados Unidos, o gigante americano, agora nitidamente em coma, cuja população até dezembro próximo deve fechar em 300 milhões de habitantes e cuja economia representa quase 50% da economia mundial? Que fará a humanidade inteira já na casa dos sete bilhões?
 
Ou seja: na crise de 2008 a besta escondeu da humanidade o estado já falimentar destas nações, e por que então abre agora o jogo, denunciando aquilo que embora evidente não era do conhecimento público? Porque agora é tempo de abrir a “caixa de pandora” da economia mundial, com toda a malignidade que ela contém, de exploração, de sangue, de usura, e de morte apresentando uma realidade que é cruel: pode-se se dizer que absolutamente todos os governos, todos os países, todas as grandes cidades do mundo, todos os estados e corporações estão falidos, simplesmente porque um depende do outro, e todos estão pendurados no balão dos papéis de vento, com seus créditos, débitos e outros empréstimos impagáveis. Todos eles devem mais do que um ano de arrecadação, e embora haja algumas nações mais seguras, importa saber que eles vivem dos créditos que têm, junto aos outros e se aqueles falirem, estes também desabam.
 
Que farão, ao final deste ano de 2011, os 7.000.000.000 de seres humanos – calcula-se que ao final deste ano romperemos a barreira seis e entraremos na casa sete – quando explodir este balão da estupidez econômica? Percebam os arranques do mercado de ações, cada vez mais violentos. O que se instalou na economia mundial agora foi o germe da desconfiança generalizada, ou da falta de confiança na recuperação econômica destes países, e que tem feito os aplicadores mundiais migrarem para uma e outra posição do mercado, na louca tentativa de salvar seu patrimônio. Milhares há agora, migrando para o ouro e a prata, metais nobres cujos preços explodem no mercado e cujos estoques se acabam, mal sabendo que adiante, a simples posse destes metais preciosos sem o devido certificado da besta, dará sumária pena de morte ao portador.
 
Hoje ao meio dia eu dizia para minha esposa e filhos, que o mercado mundial hoje mais parece uma imensa carniça sendo disputada pelos abutres. Cada um quer pegar o melhor naco, mesmo que ele esteja podre. O mercado de ações é um brinquedo de convenções, já feito agora um cadáver podre. Não é a saúde da empresa que determina o valor da ação nem mesmo o patrimônio dela e sim a gula dos acionistas, principalmente a sanha dos especuladores. Vamos supor que estejam estes investidores todos, ao redor de uma mesa como estas de pôquer, e diante deles estejam amontoadas milhares de fichas. O procura por uma e a venda da outra fazem o valor das fichas subirem ou descerem, de acordo com a loucura do mercado e a voz sibilante da serpente dos boatos. Eles ficam brincando de comprar e vender, uma ficha que no fundo não vale nada, é um mero papel. Um crédito de vento, sem respaldo em ativos de valor.
 
Neste momento em si, a empresa, lá longe, não tem nada a ver. Na mesa do pôquer diabólico, suas fichas estão nas estratosferas, mas na pratica ela está no chão. Continua viva e produzindo! E agora eu pergunto: Que vai acontecer quando todos os vendedores, das ações de todas as empresas, resolverem ir buscar o valor de suas fichas? Simples! Não haverá dinheiro para pagar ninguém, e será feliz quem trocar uma ficha de 100 por apenas um. Ou seja, o mercado de ações é uma bandida brincadeira, um sujo mercado de papéis de vento, sem valor algum, mas com o pendor diabólico de colocar ao solo toda a economia mundial. Em toda parte somente se vê sujeira, manipulações malignas, que no fundo regem uma economia fantasma. São os peões da fera, jogados de um lado para outro, confundindo a humanidade, que se acha segura quando já está morta.
 
Milhões de pessoas ricas hoje, em todo mundo, vivem como nababos, fiados nestes papéis de vento, em seus créditos de ficção, sejam ações, títulos de crédito, e mesmo que sejam dinheiro vivo, mesmo ouro e prata, mesmo patrimônios gigantescos, mal sabendo que tudo isso é fantasia, não gera nada, não produz nada, é estéril e, portanto não tem valor algum. Mas pergunto: qual o rico, qual o empresário, qual o investidor, qual o dono das mais extensas e valiosas propriedades, qual do dono da mais imensa fortuna nos bancos do planeta, que tendo tudo isso, não a daria por um simples prato de comida, se isso lhe significasse a diferença entre o morrer de fome, e o viver mais um pouco? O mesmo se dirá de um mero copo de água, a diferença entre o morrer de sede e o viver. Compreenderam o que de fato tem valor?
 
Aqui, neste parâmetro se pode notar a incontestável fragilidade humana, e se pode ver e perceber que não passamos de simples vermes, que somos nada diante Daquele que por nós vela, dia e noite. De fato, que é um homem faminto, sentado sobre uma montanha de ouro, se está a morrer de fome ou de sede? É meditando nesta fragilidade que a sabedoria nos manda buscar além de nossas forças um suporte, capaz de suprir e de minimizar nossa condição de vermes feitos de pó. Eis o divisor que estará posto em breve diante dos nossos olhos em breve: decidir pela montanha de ouro aqui, e morrer seco sobre ela, ou aceitar os manjares das mãos do próprio Deus, para uma vida de paz e de alegrias sem fim. No amor e na partilha voluntária, amorosa e total!
 
Interessante observar que hoje, especialmente entre os sacerdotes, eles que buscam este reino de fartura para todos e ainda aqui na terra, quando falamos na proximidade deste reino do amor e da paz, da fartura e da partilha total, são os mais tenazes em nos combater. Qual seria a explicação para tão absurdo procedimento? Simples: porque eles não aceitam que isso se fará apenas por Deus, com Deus e em Deus, achando que será feito sim, mas por eles, pelos homens, sem a participação do Criador. Não aceitam que isso se fará pela força da oração – por isso a combatem – mas pela força até das armas, se isso for necessário e por isso defendem a luta no campo. Quando nada disso está nas Escrituras, muito pelo contrário!
 
Como temos anunciado, nestes anos todos, estamos chegando ao tempo em que se irão cumprir as últimas profecias, onde serão revelados os últimos arcanos, e desvendados os últimos segredos de Deus. Os livros já foram abertos por Jesus, a Ele foi dada a chave capaz de revelar ao mundo estes últimos mistérios e as datas. Pouco a pouco, através de seus servos os profetas Ele revela as últimas disposições de Deus, e faz colocar no tabuleiro da última batalha, em cada lugar, as pedras vencedoras. São brancas, são da mais fina matéria – porque imortal – e nenhuma delas será eliminada pelo exército negro, porque Jesus assim disse ao Pai: não perdi a nenhum daqueles que me deste!
 
O mesmo não se dará no lado das pedras negras. Quando soar o brado de vitória final, quando a trombeta do anjo, como está em Apocalipse18 1 Depois disso, vi descer do céu outro anjo que tinha grande poder, e a terra foi iluminada por sua glória. 2 Clamou em alta voz, dizendo: Caiu, caiu Babilônia, a Grande. Tornou-se morada dos demônios, prisão dos espíritos imundos e das aves impuras e abomináveis, 3porque todas as nações beberam do vinho da ira de sua luxúria, pecaram com ela os reis da terra e os mercadores da terra se enriqueceram com o excesso do seu luxo. Sim, luxúria desenfreada, impureza abissal, abominações terríveis, escândalos de luxo, esbanjamento, orgias, pecados sem conta!
 
Por causa disso Deus alerta, 4 Ouvi outra voz do céu que dizia: Meu povo, sai de seu meio para que não participes de seus pecados e não tenhas parte nas suas pragas, 5 porque seus pecados se acumularam até o céu, e Deus se lembrou das suas injustiças. 6 Faze com ela o que fez (contigo), e retribui-lhe o dobro de seus malefícios; na taça que ela deu de beber, dá-lhe o dobro. 7 Na mesma proporção em que fez ostentação de luxo, dá-lhe em tormentos e prantos. Pois ela disse no seu coração: Estou no trono como rainha, e não viúva, e nunca conhecerei o luto. 8 Por isso, num só dia virão sobre ela as pragas: morte, pranto, fome. Ela será consumida pelo fogo, porque forte é o Senhor Deus que a condenou.
 
Em vista disso, Hão de chorar e lamentar-se por sua causa os reis da terra que com ela se contaminaram e pecaram, quando avistarem a fumaça do seu incêndio. 10 Parados ao longe, de medo de seus tormentos, eles dirão: Ai, ai da grande cidade, Babilônia, cidade poderosa! Bastou um momento para tua execução! 11 Também os negociantes da terra choram e se lamentam a seu respeito, porque já não há ninguém que lhes compre os carregamentos:..  14 Eis que o bom tempo de tuas paixões animalescas se escoou. Toda a magnificência e todo o brilho se apagaram, e jamais serão reencontrados. Babilônia não é só uma cidade, é esta civilização completa, com todas as cidades do mundo, porque todas serão devastadas, arrasadas e queimadas, até apagar todos os vestígios do mal.
 
 Então, 15 Os mercadores destas coisas, que delas se enriqueceram, pararão ao longe, de medo de seus tormentos, e hão de chorar e lamentar-se, dizendo: 16 Ai, ai da grande cidade, que se revestia de linho, púrpura e escarlate, toda ornada de ouro, pedras preciosas e pérolas. 17 Num só momento toda essa riqueza foi devastada! Todos os pilotos e todos os navegantes, os marinheiros e todos os que trabalham no mar paravam ao longe 18 e exclamavam, ao ver a fumaça do incêndio: Que havia de comparável a essa grande cidade? 19E lançavam pó sobre as cabeças, chorando e lamentando-se com estas palavras: Ai, ai da grande cidade, de cuja opulência se enriqueceram todos os que tinham navios no mar. Bastou um momento para ser arrasada! 
 
Por isso, 20 Exulta sobre ela, ó céu; e também vós, santos, apóstolos e profetas, porque Deus julgou contra ela a vossa causa. 21 Então um anjo poderoso tomou uma pedra do tamanho de uma grande mó de moinho e lançou-a no mar, dizendo: Com tal ímpeto será precipitada Babilônia, a grande cidade, e jamais será encontrada. 22 Já não se ouvirá mais em ti o som dos citaristas, dos cantores, dos tocadores de flauta, de trombetas. Nem se encontrará em ti artífice algum de qualquer espécie. Não se ouvirá mais em ti o ruído do moinho, 23 não brilhará mais em ti a luz de lâmpada, não se ouvirá mais em ti a voz do esposo e da esposa; porque teus mercadores eram senhores do mundo, e todas as nações foram seduzidas por teus malefícios. 24 Foi em ti que se encontrou o sangue dos profetas e dos santos, como também de todos aqueles que foram imolados na terra.
 
Primeiro há de furar o imenso balão da riqueza fictícia, porque fruto do sangue dos pobres, do suor dos explorados, do hálito de vida negado aos abortados e dos milhares de vítimas humanas oferecidas em holocausto aos demônios. Sangue, sangue, de mil guerras provocadas por exploração e domínio, roubo escancarado e diabólico em nome da “colonização” e do crescimento econômico. Nada e nem um cêntimo sequer, ficarão sem ser bem cobrados, quando Babilônia for esmagada no cadinho da ira divina. Não pelos pés do Senhor que volta em Glória, mas pela própria maldade da fera, que se engolfará no próprio sangue.
 
Meus amigos, estamos vivendo agora os últimos momentos de Babilônia. Que significa isso? Babilônia é este mundo confuso em que vivemos, com milhões de leis, regras, remendos sobre remendos, que tenta escapar das dez regras áureas da divina lei. É este fantasma econômico, gigantesco, paquidérmico, estufado, doentio e já em coma, que parece forte, parece indestrutível, mas na verdade é verme e se arrasta. Somente a besta ladina sabe que 90% do paquiderme econômico mundial é carne firme. E ela já tem nas mãos exatamente toda a carne e a estrutura, aquilo que realmente vale, para no momento oportuno deitar mãos em todo o patrimônio da humanidade. O resto inteiro será mandado às favas, que vá trabalhar ou mendigar, e grande parte o merecemos porque nós os deixamos agir, até chegar neste ponto de solução impossível. Se pelo menos rezássemos o suficiente, mas nem isso nós fizemos! Agora é suportar o tranco!
 
Mas temos algum tempo ainda e dá para fazer muita coisa! Ha tempo de mover o coração de Deus, pelo menos para minimizar os efeitos da catástrofe, pelo menos aqui em nosso país, este pelo qual somos responsáveis. Mas é preciso que se levante, com amor, tenacidade, firmeza, oração e fé, este gigante construtor da civilização atual, falo do homem cristão! Sem os seguidores de Jesus Cristo, jamais teríamos erguido aquilo que hoje está posto diante de nossos olhos, agora posto nas mãos do mal. Falo dos homens e mulheres de fé, os que confiados na Virgem Santíssima, se disponham em avançar em ordem de batalha. É com a Mulher Maria que chegaremos à vitória!
 
Assim, todos os que acreditam na reformulação do mundo, todos os que desejam dar uma terra plena de felicidades aos seus filhos, todos os que desejam uma paz duradoura e um mundo em Deus, são chamados a agir, com vigor, amor, ardor e fé. Nenhuma pessoa a quem Deus deu a graça de compreender os sinais dos tempos tem direito de ficar calado, nem direito de ter medo porque em Deus há fortaleza porque será cobrado adiante, eis que chega o Juiz Eterno. A partir do próximo dia 25 começaremos a nova investida com o Folder, para que milhares mais acordem para a realidade: este mundo atual está no fim, e não se lamente por isso! Que não caiamos com ele!
 
Levantemos então nossa voz e “gritemos sobre os telhados” aquilo que nosso coração sente, porque vem de Deus. Não demos ouvidos às vozes doutorais nem teologais que criaram milhares de ficções sobre Deus e agora nadam neste mar de heresias. Nosso estandarte é a cruz, carregada com paciência mesmo entre os escárnios dos cegos e os uivos da matilha do “sempre teve isso”. Não importa o que digam, importa semear agora, porque logo, logo os acontecimentos irão atropelar os doutores e calar os teólogos. Nada nos poderá impedir de alertar o mundo e de salvar estas alminhas incautas, que se fazem surdas aos apelos do Céu. Cada alma tem valor infinito!
 
O amor a Jesus é o que deve gritar mais alto, o comando de Maria é que deve ser obedecido. Eucaristia e Maria! Comunhão e Rosário! Adoração e oração! Sem discutir nem contrapor, porque isso interessa apenas ao inimigo. Que venha logo a refrega final e que tudo acabe rápido, pois se nada acontecer neste sentido, em breve não restará um só homem temente a Deus neste planeta. É pela espada do amor que cairão, um a um, todos os inimigos de Deus, falo dos peões do inferno, dos cavalos da corrupção, das torres do orgulho – riquezas e exércitos – das rainhas da besta fera – os condutores da destruição – e de Lúcifer aquele que sendo príncipe sempre lutou para ser rei.
 
Quando Rei existe apenas um, Jesus Cristo e para sempre! E uma Rainha, e para sempre, Maria, Imaculada, Virgem e Mãe do Universo! Com eles a vitória é certa e próxima! Que sejamos para eles os fiéis "peões" do amor, os valentes "cavalos" da verdade, e as inquebrantáveis "torres" da fé. Não há o que temer! Cheque mate!(Aarão)


Fonte: http://www.recadosaarao.com.br/