Web Radio Sertao De Deus


27 de setembro de 2011

O Papa Bento XVI declararia o 2012 como “Ano da Fé”, afirma vaticanista


Posted: 23 Sep 2011 07:25 AM PDT

ROMA, 24 Jun. 11 (ACI/EWTN Noticias) .- O jornalista e vaticanista francês Antoine-Marie Izoard afirmou que o Papa Bento XVI poderia declarar o ano 2012 como o "Ano da Fé" ao comemorar os 50 anos da abertura do Concílio Vaticano II e os 20 anos da publicação do Catecismo da Igreja Católica.

 

Em um artigo publicado este 22 de junho no novo serviço do jornal italiano La Stampa, "Vatican Insider", o vaticanista recorda que o Papa já dedicou encíclicas a duas das três virtudes teologales: à caridade, "Caritas in veritate", e à esperança "Spe Salvi", por isso em "imaginar que o Papa teólogo esteja atualmente terminando um texto magisterial sobre a fé há um só passo".

 

Izoard considera que o 2012 "poderia ser proclamado como o Ano da Fé na Igreja universal. Dado que houve um Ano Paulino para celebrar os dois mil anos do nascimento do Apóstolo dos gentis, e u m Ano Sacerdotal por ocasião do 150º aniversário da morte do Cura D'Ars, a Igreja poderia logo ingressar em um ano de Fé".

 

Para o vaticanista francês este ano se apoiaria principalmente no 20º aniversário da publicação do Catecismo da Igreja Católica, "uma obra importante que Joseph Ratzinger conhece bem, quem, como prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé nesse momento, supervisou sua escritura durante seis anos".

 

Izoard indica logo que este Ano da Fé deveria contar com um jubileu. A data, indica, seria em outubro de 2012, quando os bispos de todo o mundo se reunirão em torno do Papa para o Sínodo sobre a nova evangelização.

 

Em distintas ocasiões o Santo Padre ressaltou a necessidade de voltar a apresentar a fé aos homens e mulheres de hoje. Durante sua recente visita San Marino, lamentou o fato de que muitos "começaram a substituir a fé e os valores cristãos por supostas riquezas, que se revela m, ao final, inconsistentes e incapazes de sustentar a grande promessa do verdadeiro, do bom, do belo e do justo".

 

Uma semana antes, em Roma, na inauguração do Congresso diocesano na Basílica de São João de Latrão, o Papa tinha advertido que "a palavra da fé corre o risco de ficar muda se não encontrar uma comunidade que a ponha em prática, dando-lhe vida e atrativo".
Antoine-Marie Izoard dirige desde 2005 a agência de imprensa I Media in Roma. Foi durante um período diretor de comunicação da diocese de Bordeaux e por 6 anos jornalista da Rádio Vaticano. Colabora com outras agências de imprensa internacionais, rádio, semanais e cadeias de televisão franceses.

 

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

 

OBS> Alguns gostariam que o Papa declarasse 2012 como ano Mariano. Mas penso que faz sentido declará-lo como "ANO DA FÉ", porque sem dúvida será este o ano da justiça divina. Somente quem manter a fé até o fim será salvo.

FONTE

 

Nenhum comentário: