Web Radio Sertao De Deus


12 de setembro de 2011

Haverá “agitações” no mundo

Haverá "agitações" no mundo: não será nada mais do que a serpente que se debate para todos os lados. O príncipe deste mundo derrubará todos os castelos de areia que ele mesmo construiu: na economia, na política, na ciência, nas empresas, no comércio, nas finanças… Destruirá tudo o que foi construído na injustiça, na corrupção, na mentira, na falsidade, no orgulho, na vaidade, na malícia, à custa de muito sangue, muitas doenças e males de toda espécie.

 

 

Tudo o que o inimigo de Deus construiu ele fará questão de derrubar. Muitos ficarão assustados, mas o Senhor suscita desde agora no nosso coração: "Não temais", porque isso é só o estertor da serpente, cuja cabeça já foi pisada. Ela está às portas da morte, por isso se debate nos últimos estertores, causando toda essa convulsão. Também em nossas vidas, em nossas famílias, tudo o que foi construído fora das bases de Deus, na injustiça, na maldade, na mentira, na corrupção, na vaidade, ruirá. O que é mau e sujo virá abaixo, porque já entramos no mundo novo: o mundo da justiça e da verdade. Já entramos na civilização do amor. Deus limpará nossas famílias de tudo o que é injusto, errado e ruim. O livro do Eclesiástico diz: "Quem mima o filho deverá tratar-lhe as feridas [...]" (Eclo 30,7). Portanto, não devemos temer pelas crianças, pois elas darão lições nesse tempo difícil, não podendo, portanto, ser mimadas. É impressionante a capacidade de adaptação que elas possuem. Talvez no começo estranhem, chorem e fiquem um pouco desestruturadas, mas são crianças e se adaptarão facilmente à situação. As crianças se acostumam apenas com o necessário. Às vezes, pensamos que elas sentirão falta de algo que possuem, mas, na verdade, quem passará por isso seremos nós. Talvez, por nossa própria culpa, tenhamos de sofrer, no entanto, será um sofrimento redentor. Será tirado de nós tudo o que não é de Deus, tudo o que foi construído nas bases do príncipe deste mundo – mentira, roubo, corrupção, ódio, vingança, tráfico de drogas e armas –, porque já estaremos no mundo novo. Restará somente o que é novo, puro, santo e justo, portanto, só aquilo que está de acordo com o Evangelho: verdade, justiça, amor, entre outros. Há bens que nossos pais, avôs, tios e parentes próximos construíram na injustiça, na mentira e na maldade, custando o sangue de outros. Muito do que temos hoje pode ser fruto de ódio, briga, vingança e morte. Talvez você seja uma pessoa justa e reta, mas seus parentes podem ter se envolvido com álcool, drogas, armas, prostituição, levando desgraça para muitas famílias. Tudo isso haverá de ruir. No mundo novo nada disso permanecerá. Deus o abençoe! Monsenhor Jonas Abib Fundador da Comunidade Canção Nova (Trecho do livro "Céus Novos e uma Terra Nova" de monsenhor Jonas Abib)

 

Vamos nos satisfazer com o necessário. Vamos ficar com Deus, com a Virgem Maria, com o Evangelho, com a presença ativa dos anjos e dos nossos santos. A cabeça da serpente já foi esmagada e ela não terá mais vez. Por isso, não tema! É a palavra do Papa, é a Palavra de Deus. Não há o que temer.

 

Muitas pessoas despreparadas ficarão apavoradas, mas é para isso que o Senhor está preparando os Seus guerreiros. Os que estão neste mundo para gozar da vida se apavorarão, porém, isso não pode nos amedrontar; estamos aqui para guerrear e a nossa guerra está chegando ao fim. Já podemos gritar: vitória à vista! Mesmo que o mundo se "convulsione" – os grandes empreendimentos das multinacionais, da economia, das finanças, da política mundial e nacional –, aguente firme. "Não temais! Estou convosco!" Diz-nos o Senhor. Quando chegarem os tempos difíceis, não temeremos, pelo contrário, ficaremos em paz, porque Deus está começando a construir as bases do mundo novo. Deus o abençoe! Monsenhor Jonas Abib Fundador da Comunidade Canção Nova (Trecho do livro "Céus Novos e uma Terra Nova" de monsenhor Jonas Abib)

FONTE: www.espacojames.com.br