Web Radio Sertao De Deus


29 de dezembro de 2010

2011 ultimos segredos

 
 


 

 
 


Está assim escrito em Lucas 12, 2 Porque não há nada oculto que não venha a descobrir-se, e nada há escondido que não venha a ser conhecido. 3 Pois o que dissestes às escuras será dito à luz; e o que falastes ao ouvido, nos quartos, será publicado de cima dos telhados.

Estas palavras claras de Jesus, talvez hoje como nunca em todos os tempos, achem eco em nosso meio. Certamente é corretíssimo afirmar que "tudo está na Bíblia". Em algum cantinho dela, em algum versículo, sempre se achará referência a um fato atual e isso tem enganado muita gente, especialmente aos que insistem em dizer que "isso já passou", que tal "já aconteceu", e esta palavra falaciosa leva muita gente a dormir, e a roncar já amortecida pela narcose do inimigo, ele que insufla tais mentiras. 
  
Então, nos últimos dias, a palavra que mais ouvi foi esta: ninguém sabe, nem o dia nem a hora, nem Jesus sabe, só o Pai! Alguém me telefonou muito irado por sinal, contestando as datas citadas no livro A CAMINHO DO FIM, porque ele disse que já faz três anos que estuda a Bíblia, e lá está dito que ninguém sabe de datas. Sim, mas eu pergunto: a quem é dado impedir que este Pai que tudo sabe, possa revelar a um filho seu, o segredo destas datas futuras, que indicam o findar dos tempos? Acaso Deus não nos pode revelar? E alertar! Aí se Ele não o fizesse! E afinal, já faz 2000 mil anos que Jesus falou isso: acham mesmo que isso nunca acontecerá? 
  
De fato, Jesus, como homem não sabia das datas finais, mas como Deus sim, porque nós sabemos de sua dupla natureza. Como homem ele não sabia e, portanto, não poderia revelar, mas como Deus ele não podia fazer isso, porque senão, através dos tempos as pessoas diriam assim: bom se vai acontecer só em 2012, então vou me esbaldar, e haveria milhares de almas perdidas pelos séculos, caídas na devassidão. E agora, se isso estivesse dito na Bíblia, na medida em que chegássemos perto da data fatídica, milhões se matariam, até por medo, porque são terríveis a previsões bíblicas sobre os acontecimentos finais. 
  
E foi isso que eu respondi ao meu questionador, e, parece, ele sossegou! E lhe disse mais: acaso você sente mesmo que é possível o mundo seguir por mais 2 mil anos, da forma como está hoje, e ainda restar gente neste planeta? Mas parece que é isso o que acham, em especial nossos sacerdotes em suas homilias de final de ano litúrgico. Eles enganam muita gente com esta cantilena, e levam milhares a pensar mesmo que tais passagens das Escrituras se referem ao fim da nossa vida, e não ao fim deste mundo podre, devasso, corrupto e mentiroso, desta Babilônia de ódio que erigimos! 
  
Interessante é que aqui se invertem os papéis: eles criticam os "falsos profetas", os que anunciam a próxima vinda Gloriosa de Jesus, mas não percebem que os verdadeiros falsos profetas são eles, porque iludem o povo, até com certo sarcasmo. De fato, eu não lembro de ter assistido, em toda a minha vida a uma só Santa Missa, onde um sacerdote tenha aberto claramente o jogo, afirmando com todas as letras que Jesus está chegando, e que as leituras apocalípticas do final do ano litúrgico se referem a isso e não apenas à nossa morte. Profeta é aquele que anuncia a verdade, falso é o que prega a mentira! 
  
Nos últimos 15 anos, em que mais de perto tenho acompanhado a evolução do mundo, eu tive a graça de perceber o avanço do cumprimento das Escrituras, e vi serem reveladas muitas coisas que estavam ocultas. Na realidade o Poderoso esconde seus mistérios de modo sábio e preciso, porque sua mente eterna alcança o infinito. Se formos hoje juntar num monte, todos os livros, escritos, discussões verbais, milhares de horas empregadas no sentido de descobrir os mistérios da Bíblia, e não só isso, tudo o que foi escrito pelos filhos do diabo no sentido de desmenti-la, creio que se poderia erguer um monte do tamanho do Everest, a mais alta montanha do planeta. E em grande parte, que bela fogueira se faria, por algo tantas vezes imprestável. 
  
Considerem apenas o que fá foi feito, em todos os tempos, para se descobrir o Cálice Sagrado, aquele que Jesus tinha nas mãos quando celebrou a primeira Santa Missa. Cruzadas foram feitas para resgatá-lo! Sangue aos borbotões foi derramado na sua busca! Milhares de pessoas dedicaram suas vidas a tentar achá-lo! Rios de dinheiro foram despendidos na tentativa – sempre e até hoje frustrada – de achar este objeto tão precioso, talvez aquele mais valioso que existe na terra. Tudo em vão, tudo perdido e inútil! 
  
Na Idade Média, buscavam o "Santo Grahl" porque achavam que aquele que o tivesse se tornaria invencível diante dos inimigos, e assim poderia colocar o mundo debaixo de seus pés. Centenas de objetos parecidos com o cálice já disputaram a primazia de ser o verdadeiro, protestantes e católicos, e até diabólicos buscaram ter nas mãos este objeto, mas não era hora de encontrar. Deus tem seu plano, e tudo deve acontecer como Ele quer, na hora precisa que Ele dispor. E o Cálice Sagrado está lá, debaixo daquele prédio – um entre milhares – da cidade de Jerusalém, onde foi escondido por Madalena, conforme está em nosso livro: O Milagre do Fim! 
  
Vejam: eu tenho certeza de que a maioria das pessoas não acredita que o Cálice esteja lá, e talvez isso faça parte do mistério de Deus. A verdade é que, mesmo depois que for anunciado o seu encontro, e ainda que isso esteja previsto nas profecias ao Cláudio, haverá gente que não concorda. E mesmo que o pergaminho que está junto, escrito a próprio punho por Jesus, revele ao mundo alguns dos últimos mistérios, ainda assim haverá loucos para contestar, para discordar, discutir e altercar. Há teimosos no mundo para dar e vender, até para se perderem eternamente! 
  
Mas creio que o Cálice não será encontrado ainda em 2011, porque certas coisas só irão mais para o fim. Precisamente acho que isso se dará em 2012, naqueles primeiros 100 dias do anticristo, conforme já mostramos nos livros. O fato é que tudo se irá sucedendo rapidamente, um fato atrás do outro, ficando por conta dos 15 segredos que o Cláudio ainda tem por revelar. Sei que em outros lugares como em Medjugorje Nossa Mãezinha também deixou determinados segredos, que só podem ser revelados quando o Céu assim o determinar. 
  
Quais seriam estes grandes segredos? Por que Deus os guardaria tão para o final? Porque se fossem revelados antes, duas coisas aconteceriam: primeiro é que muitas destas revelações antecipadas acabariam por cercear a liberdade das pessoas, que poderiam se converter sem necessidade da fé. Eis porque Deus escondeu a Arca do Dilúvio tão bem no alto do Ararat. Em mensagem antiga ao Cláudio a Nossa Mãezinha tinha dito que, se os evangélicos a encontrassem, teria pouca repercussão mundial, se fossem os católicos a encontrarem, seria usada para ganhar dinheiro. E como viram, foram os evangélicos chineses que a encontraram – e é realmente a arca – sendo que maioria dos católicos não está sabendo. Deus preferiu desta forma! 
  
É que muitas pessoas não acreditam que houve um Dilúvio e que houve uma Arca de Noé, achando que isso são apenas alegorias ou fábulas. Mentem dizendo que também outros povos antigos falam de um dilúvio e isso consta de sua saga. E tantas pessoas que querem desacreditar a Bíblia – eis o segundo motivo pelo qual Deus esconde os mistérios até um dia propício – acabariam não tendo armas para combater a verdade. E assim, como poucos ficam sabendo – apenas os filhos humildes e atentos – a grande massa ignara dos sabidos, dos inteligentes – e outros cegos – será pega de surpresa, como Jesus previu, quando previu que será agora como nos tempos de Noé. 
  
Mas é exatamente tal massa que precisa ser recolhida por Deus deste planeta, porque a sua cegueira proposital, sua teimosia e obstinação cega, as impede de humilhar-se e aceitar que estamos agora vivendo o fim deste mundo desordenado. Os que não crêem que são sinais estes que Deus está enviando agora – e dizem: sempre teve isso – são os destinatários do próximo dilúvio de fogo, ao qual o Pai os destina e votou de interdito, os que não querem ouvir, nem ver. Como Jesus os define: geração hipócrita e perversa que vive pedindo sinais, mas não acredita neles quando acontecem! 
  
Noutro dia recebi uma profecia antiga de São Francisco de Paula, que fala sobre os fins dos tempos. Falava do surgimento de um Grande Monarca, e de uma ordem de pessoas chamadas de "crucíferos" – porque teriam a cruz por estandarte – e que sob o comando de tal Rei seria destruída a seita dos maometanos. Eu pessoalmente achei que deveria haver um erro naquela profecia, pois dada a exigüidade dos tempos, não vejo espaço para o surgimento deste rei novo, ou a formação desta ordem de pessoas, que não somente destruiriam os maometanos, mas implantariam o novo reino. 
  
Eu coloquei isso em oração e a Mãezinha falou que toda a profecia tem a ver com a implantação do Novo Reino – lógica única que me parecia plausível – e que o Rei é de fato Jesus, o Rei que comanda hoje tudo, e continuará comandando eternamente – e que os crucíferos citados são não verdade os mesmos "valentes apóstolos dos últimos tempos" profetizados por São Luiz Maria Grignion de Montfort, que sob o comando de Nossa Senhora, haveriam de vencer não somente os maometanos, mas sim todo o inferno e aqueles que trabalham para os demônios. 
  
E realmente a Mãezinha confirmou que acontecerá a destruição do povo de Maomé, mas não por uma intervenção direta de Deus! Ela disse queos maometanos serão a "pedra", a que mais confundirá e atrapalhará... Mas será esmigalhada! Seu erro principal foi esconder o "grande segredo". Ou seja, mais um segredo que deverá ser revelado, e pelo que sei é um dos 15 ainda não divulgados pelo Movimento. São os mistérios de Deus, que nos mostram o seu imenso poder e infinita sabedoria, porque dão aos homens todas as chances de vencer e se salvar pela fé, sem forçar a liberdade. Quanto ao fim da seita maometana, consta que o próprio Maomé previu que quando o homem chegasse à lua, sua religião estaria próxima do fim. 
  
E vejam: não se trata de uma minoria insignificante, mas algo como 1/5 da população do planeta, que vive esta doutrina. Há ali milhões de pessoas boas, que vivem uma fé pura e ingênua, porém misturados a um povo do ódio, do rancor mais profundo, da maldade mais extrema, como demonstraram recentemente nos 50 assassinatos de católicos cometidos numa igreja de Bagdá. E não somente aí, mas as atrocidades que em alguns países da África têm sido cometidos por tais pessoas, que não vivem a verdadeira disposição do profeta deles, que certamente não é viver a guerra contínua. 
  
Então se poderia questionar: como, um segredo capaz de esmigalhar uma religião com tal número de adeptos? Deus Altíssimo tem seus caminhos e tudo está traçado. O fato é que todos os povos que querem a guerra, as pessoas que se dedicam a ela, que vivem a fabricar armas que matam, ao invés de viverem o Evangelho do Amor, todas elas irão desaparecer deste planeta, e não digo isso por ódio, porque meu desejo sempre foi o de salvação das almas de todos. Infelizmente, porém, há pessoas que jamais conseguirão viver a santidade, condição básica de quem quer viver a verdadeira paz que vem de Deus. Um germe mau as impossibilita disso. E vem seu fim! 
  
E se existem segredos ainda ocultos, capazes de dizimar povos, outros existem que serão capazes de converter outros tantos. Satanás desde os tempos antigos sempre buscou meios de negar a existência física de Jesus, querendo passar isso por mito ou lenda. Ele sempre procurou negar os objetos que fizeram parte da vida de Jesus, os que estiveram na ceia e na Cruz, buscando argumentos para falsear a Palavra de Deus ou por em dúvida algumas passagens, pois apontando uma como errada, ele poderá negar o resto como farsa. 
  
Mas isso não tem acontecido porque Deus sempre tem armas capazes de desmontar os efeitos do maldito. E dando tempo de conversão pela fé, Deus não coage as pessoas a crerem por ter visto como Tomé, mas sem ver como André o primeiro que identificou Jesus e acreditou nele. Um exemplo se dá em relação ao Santo Sudário de Turim, sem dúvida o pano verdadeiro que envolveu Jesus, mas contra a autenticidade dele já satanás levantou centenas de maus cientistas. Mesmo diante das mais flagrantes evidências, eles continuam a negar esta verdade. O Sudário é verdadeiro e ponto final! 
  
Onde estariam outros tantos objetos usados por Jesus, que fazem parte de sua história viva? Onde estará o manto da Verônica, aquele com o qual ela enxugou o rosto de Jesus, na subida da Cruz? Se alguém disser a você que o manto está nalgum lugar deste imenso Brasil, que foi trazido aqui por São Tomé e deixado sob a guarda dos índios, você acreditaria? Se lhe dissessem que Dom Pedro II o tinha nas mãos e que acabou sendo guardado num local qualquer onde ficou esquecido, você creria? Mas tudo isso estará sendo revelado em breve e estará na Missa do Calvário. 
  
Você acreditaria na versão do Padre Santiago, que estando em adoração diante do Sacrário, viu Jesus sair dele e lhe entregar um ferro pontiagudo, e lhe pediu que guardasse até o momento certo, porque aquele era um dos cravos originais que o pregou na Cruz? E acreditaria que em diferentes partes do mundo Deus tem suscitado pessoas que se tornaram guardiãs destes objetos, porque todos eles estarão presentes na grande Missa do Calvário, que será celebrada pelo Papa, onde acontecerá tudo o que está escrito em nosso livro O Milagre do Fim? De fato, ali estarão as provas finais de tudo o que aconteceu na Cruz, porque são necessárias para converter os judeus, sinal este da proximidade do segundo advento. 
  
Falando em objetos dos tempos antigos, uma pessoa me falou que um amigo seu, recebeu das mãos de São Miguel Arcanjo uma chave muito antiga, enferrujada, e que esta seria a chave necessária para abrir a Arca da Aliança, a mesma e original que caminhou no deserto com o Povo de Deus. Eu lhe disse imediatamente que não acreditava, porque na época da Arca não havia cadeados ou fechaduras a chave, e sim apenas ferrolhos. E realmente colocando em oração, foi dito que não procede, porque a arca tem apenas uma espécie de ferrolho. Embora que tal chave possa servir para outra finalidade, não se pode descartar totalmente e versão. 
  
Mas esta Arca existe, e será achada no momento oportuno, embora de certa forma nem precise ser achada, pois, pelo que sei se encontra diante do nariz das pessoas, que passam por ela sem perceber que se trata deste objeto tão antigo e tão precioso. Pelas Escrituras consta que a Arca tem dentro as segundas tábuas da lei em pedra, contém um pouco do maná que caia no deserto, e também alguns ossos de Adão, a primeira alma vivente. E para identificar este objeto, e mostrar aos estudiosos onde se encontra, haverá pessoas do Movimento, não sei quais! Como no caso do Cálice! Como no caso do Manto de Verônica! 
  
Eu coloco estas coisas, sobre o fim da seita maometana, sobre o Cálice e os objetos que estão junto dele como o pergaminho de Jesus, sobre a Arca do Dilúvio, sobre a Arca da Aliança e o Manto de Verônica, não como forma de envaidecimento pessoal ou do Movimento Salvai Almas, mas como um argumento muito forte em seu favor. De fato, a mínima inteligência manda ponderar o seguinte: se Deus revelou ao Cláudio e ao Movimento tais segredos, se através dele e do Movimento serão desvendados estes e outros mistérios finais, cabe ou não olhar com atenção para as outras coisas que ele diz, como os números de salvos e perdidos, também as histórias que nos são contadas sobre a vida e o destino eterno de tantos, nas visitas aos cemitérios? 
  
Eu perguntaria aos cépticos o seguinte: sendo o Cláudio tímido como é, pequeno, humilde e sem instrução, e amando ele sua família como ama, e sua esposa, acaso ele seria tão louco ao ponto de inventar tudo isso, sabendo que mais dia, menos dia, isso se revelaria como farsa? Acaso ele não sabe que poderia ser processado criminalmente e sofrer a pena até do castigo eterno, justo ele a quem já foi mostrado este inferno destinado aos mentirosos, ele que foi lá dentro e como sentiu os horrores que ali se vive? Tudo bem se ele se apresentasse orgulhoso e ufano de seus dons, mas ele sofre horrores por ser portador destas profecias e de sua parte jamais as revelaria, pois se o faz é apenas porque obedece aos céus. 
  
Aliás, este é mais um dom que ele recebeu do Céu, justamente para provar seu carisma: o dom de guardar segredo, pois nem mesmo sua esposa sabe das coisas! Alias, ela nem pergunta, e quem sabe eu aprendo mais coisas dele, do que ela ou suas filhas que vivem perto. Tudo caminha então para o próximo ano de 2011, onde virão novos livros, pois pelo que sei matéria ele tem para pelo menos quatro livros de revelações finais. Eu não pergunto nada sobre elas, apenas me coloco a disposição para cumprir imediatamente a ordem de preparar os livros e divulgar o que falta, e podem ter certeza de que são coisas espantosas. 
  
Uma das coisas que – sinto eu – mais tem pesado sobre ele, não é o fato de revelar onde estão os objetos que citei, nem de coisas sobre pessoas antigas, mas sim o ter que revelar coisas sobre pessoas ainda vivas – por exemplo, falsos profetas – e também histórias de personagens muito conhecidos da história, alguns com parentes ainda vivos e que poderão se escandalizar com as revelações. Não creio, por exemplo, que virão histórias de personagens que se perderam eternamente, mas com certeza de muitos famosos que estavam na Torre de Marfim, e que escaparam da condenação eterna, apenas devido à intercessão de Nossa Senhora, sem o que estariam perdidos! 
  
Sei que ele treme – não teme, porque ainda no último cenáculo em sua palestrinha ele voltou a afirmar a certeza absoluta que tem da origem celeste das revelações que recebe – ao ter que divulgar tais fatos da vida de famosos, não por si, mas pelas pessoas vivas que estariam envolvidas. Mesmo a revelação sobre pessoas perdidas eternamente, que foram a ele transmitidas, pelo que sei até hoje apenas uma senhora, muito rica, filha de um homem que se perdeu no inferno, veio a ele perguntar se era verdade, sobre o pai. E quando o Cláudio conferindo a agenda confirmou, ela disse que acreditava nele, porque o pai dela não merecia outro destino! 
  
Assim, o Cláudio tem mais de 60 agendas cheias de mensagens e revelações, uma grande parte escritas em "linha vermelha", que não foram reveladas, mas o serão. Mais de 20 destas mensagens já foram reveladas no Livro 2, e nos sites, e algumas delas de antes do ano 2000. Eis porque ele sabia, com toda certeza, que o "mundo não acabaria em 2000" como alguns haviam predito, sendo que para ele não havia uma só mensagem prevendo isso. Como já devem saber, há um mistério na própria recepção das linhas vermelhas: o Cláudio escreve em caneta azul, de duas em duas linhas. Neste caso, na linha do meio, ele diz que há outra mensagem escrita em vermelho, que somente ele vê e consegue ler. Inaudito o poder de Deus! Se um sacerdote apenas a isso se ativesse, tinha obrigatoriamente que entender como mistério. 
  
Mas por qual motivo falo sobre estas profecias, estes segredos futuros e tão fortes? Porque são muitos os que me perguntam: quando virá isso, quando será aquilo? Eu não sei, apenas sei que existem porque o Cláudio me fala, mas não tenho a mínima idéia do conteúdo da maioria deles, e fico aqui, na mesma expectativa, aguardando o momento de divulgar. Tenham certeza de que Deus tem motivos perfeitos para só agora revelar estes mistérios, e tudo virá num tempo não maior do que um ano. O caso do Cálice, certamente, já não será possível fazer chegar a todos vocês o momento em que ele for encontrado, porque acredito que isso se dará no fechamento da cortina dos tempos, pouco antes da grande guerra, e já sob o domínio da fera. 
  
Nós somos curiosos por natureza, e tantos de nós gostamos apenas de saber antes dos outros ou mais do que os outros. Isso não é bom, é vanglória, e indica orgulho, o que nos afasta das revelações, porque "Deus Se revela apenas aos simples e humildes", isso para confundir os astutos e inteligentes. De fato, os inteligentes, aqueles que já acharam todos estes objetos, ou os que duvidam que eles existam – porque vem provar as verdades da Bíblia – estes irão até o fim duvidando, e até diante do verdadeiro achado serão capazes de negar. Mas que se vai fazer com estes infelizes? 
  
Sei que a Igreja, no final, perceberá a importância do Movimento Salvai Almas, que será aceito pouco tempo antes de não ser mais necessário, porque terá cumprido a sua impressionante missão. De fato impressionou a adesão fulminante dos diferentes grupos nas visitas aos cemitérios pelo Brasil ponto Branco, pois creio que passam de 3 mil visitas em apenas um mês. E sei que os grupos continuarão na ativa, porque agora se trata de levar a graça a outros países, uns porque não ficaram sabendo da graça que nos foi concedida, outros porque sequer acreditariam nela. Mas há filhos ali que nos agradecerão futuramente, inclusive da nossa linhagem de sangue! 
  
Ontem e hoje, a partir da divulgação de algumas cartas muito lindas que incitam os grupos a se formarem, já enviamos para umas 20 cidades os endereços de todos os dali, para que alguém faça contato e se agrupem. Isso não somente para equipes de visitação aos cemitérios, mas para rezarem juntos, manter-se unidos, motivar-se e se auxiliarem mutuamente nos momentos da grande dificuldade que virão. Porque agora já sabem, "pontos brancos" são os filhos, as pessoas que residem em tais lugares ou países, que serão atingidos duramente em sua configuração geográfica, como está nos mapas futuros do livro Ele Vem. Assim mais pessoas poderão provar as delícias da Nova Terra, que chega rapidamente. Sim, com seus corpos físicos! 
  
Desta forma, tudo o que pedimos é: que cada um continue a sua vida, como se nada fosse acontecer, mas preparado na alma como se fosse acontecer a qualquer momento e de fato pode ser assim. Ninguém deve ficar parado, deixando de seguir seu projeto de vida, seus estudos, sua mudança de emprego, seus negócios, suas construções – eu ainda sonho fazer uma casa – porque a Mãezinha diz que Jesus quando voltar, não quer encontrar ninguém parado. Assim, que aqueles que buscam unir as pessoas o façam com todo cuidado, não forçando ninguém a nada, apenas expondo os motivos. Para isso podem usar os nossos textos, e principalmente as mensagens ao Cláudio. 
  
Em síntese, não manter muito os olhos no futuro, tentando descobrir algo antes dos outros, apenas por curiosidade de saber, mas pensando exatamente no que falta fazer ainda, porque a noite sobre o mundo chega, ai de quem estiver sem lâmpadas ou sem azeite nelas. Posso dizer que as alminhas são luminosas, e brilham na escuridão. Quem tiver levado muitas alminhas para Deus, jamais andará nas trevas nem será abandonado, porque sempre iluminado. Mas ai de quem estiver de mãos vazias, ou que depender inteiramente de outros para receber luz. Digo a vocês, naquele dia até o mais valente fugirá nu e o mais ousado tremerá as pernas. 
  
São importantes assim, as equipes, não somente para as visitas aos cemitérios a rezar e sim também para a divulgação das mensagens, dos avisos que virão e dos livros, atuais e futuros. Tais equipes poderão também organizar-se para visitar as famílias e leva-las a unirem-se pelo perdão, ensinando-as a rezar. Porque somente as famílias que estiverem unidas em oração terão chances de permanecer unidas na tribulação. Pois será grande o desespero do pai ou da mãe não saber dos filhos, nem estes dos pais, ou da falta de um destes. Temos na gráfica mais de 100 mil reais em livros que precisam ser levados aos que ainda ignoram, e eles abrirão os olhos de milhares. 
  
Sobretudo deve reinar a calma, a paz, a tranqüilidade entre as pessoas, e levar também esta paz aos outros, sem afobamento nem forçando ninguém a nada. E sem ter medo de ser escarnecido! Deus quer precisar de valentes! Por isso é sempre bom ter conhecimento da Bíblia, dos versículos, capítulos e livros que falam sobre os tempos finais, assim terão argumentos fortes para aplicar os sinais atuais a eles. Acreditem, no momento certo milhares ainda se converterão em tempo, porque não consigo imaginar que sejam tão poucos os filhos pontos brancos neste país, falo dos que acreditam nos sinais e que rezam esperando sua libertação. 
  
Porque o tempo é curto, e a messe enorme. Uma vez que a maioria dos nossos pastores dorme, e sonha com o mundo e ronca gordamente falando em marginalizados e pobres, compete aos leigos tomar nos ombros estes fardos, com a certeza de que não são difíceis de carregar, até porque Jesus mesmo os carrega na maioria. O que precisa nem tanto é despender dinheiro, e sim entregar sua VONTADE a Deus, para que Ele possa agir livremente. E agradecer a Ele, dia e noite, a imensa graça do entendimento, dom inestimável neste tempo. Nossa missão é salvar almas! Continuemos com nosso canto de guerra nos cemitérios: Jesus, Maria, José nós vos amamos! Salvai Almas! (aarao)

Fonte: www.recadosaarao.com.br


15 de dezembro de 2010

Nova face da seita 666

 
 


 

 
 


Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis." (Apocalipse 13.18)

Mais uma vez, José Luis De Jesús Miranda lança outra blasfêmia, dizendo que vai abalar as nações com um evento muito aguardado que, alegadamente, resolveu chamar de "o dia glorioso da Transformação, corpo físico de Miranda para ser transformado em imortal e incorruptível (1 Coríntios. 15:53-54), como vimos, Jesus de Nazaré ", cita o anúncio publicado em seu site ele diz " O pecado não existe, Satanás já morreu, 666 é o número de Jesus… e Ele já está entre nós… o Anticristo também. Seu nome é um só: José Luis de Jesús Miranda, "Jesus Cristo Homem". Estamos falando da seita 'Creciendo en Gracia'.



Creciendo en Gracia, este é o nome de uma das seitas mais polêmicas dos últimos tempos.

Fundada pelo porto-riquenho José Luis de Jesús Miranda, prega entre outras coisas que o número 666, ao contrário do que todos pensam, não é o número de Satanás e sim o número que identifica a Jesus Cristo em Sua segunda vinda, alegando que a Besta apocalíptica vista por João, é na realidade Jesus Cristo em Sua segunda vinda com o selo de homem, o 666. A seita Creciendo en Gracia seria "O Governo de Deus na Terra".


Um dos logotipos da seita Creciendo en Gracia

Seus seguidores chegaram a tatuar o número em suas peles e procuraram tatuadores em várias cidades, como Armênia, Bogotá, Barranquilla, Bucaramanga, Cali, Cartagena, Cúcuta, Manizales e Montería para realizar o serviço. O líder possui as letras SSS (que segundo Miranda significa "Salvo, Siempre Salvo") tatuadas no braço direito e o 666 no braço esquerdo

Na Guatemala, uma seguidora de José Luis de Jesús Miranda segura um bebê com o SSS pintado em sua testa.





O Brasil está entre os países que aderiram à seita, possuindo aproximadamente 10 mil devotos.




José Luis de Jesús Miranda: "Jesus Cristo Homem" e "O Anticristo"

Os seguidores e os próprios "pastores" atacam religiões como o catolicismo (inclusive zombam do próprio Papa), o judaísmo e o protestantismo. Realizam protestos com faixas em frente à igrejas cristãs, lotam comunidades do ministério no Orkut e entram em fóruns católicos e evangélicos para pregar a doutrina.

Contudo, a fama do 666 extrapolou os limites da religião e foi parar na boca dos profanos. "The Number of the Beast" é a faixa musical do grupo Iron Maiden. Uma música com letras satânicas. A propósito, este é o número preferido dos satanistas e virou até nome de revista em Marselha/França.

No Brasil ganhou fama com um automóvel, a van, Besta, fabricada por uma montadora coreana. Já em Bruxelas um computador gigantesco foi batizado com o mesmo nome.


O bio-microchip" ja e uma realidade, Criado pelo Dr. Carl Sanders, mede 7 mm de comprimento e 0.75mm em largura, mais ou menos o tamanho de um grão de arroz. Contém um transponder e uma bateria de lithium recarregável. A bateria é carregada por um circuito de thermo-par que produz voltagem de flutuações com a temperatura do corpo. Eles gastaram mais de 1.5 milhões de dólares nos estudos para saber o melhor local para colocar este biochip no corpo humano. Eles só acharam dois lugares satisfatórios e eficientes – a TESTA, de baixo do couro cabeludo, e a parte de trás da mão, especificamente a MÃO DIREITA!

"E fez que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, lhes fosse posto um sinal na mão direita, ou na fronte." (Apocalipse.13:16)(ler Apocalipse 13:14 a 16).

Dr. Sanders estava contra o uso da bateria de lithium porque era de conhecimento que se o invólucro do microchip quebrasse, causaria uma FERVURA DOLOROSA que causaria muita agonia ao hospedeiro.

"Então foi o primeiro e derramou a sua taça sobre a terra; e apareceu uma chaga ruim e maligna nos homens que tinham o sinal da besta e que adoravam a sua imagem." (Apocalipse.16:2).


Atualmente produzido por várias empresas inclusive a Motorola para o Mondex SmartCard é a Borboleta e o Fênix (este último o pássaro do cartão VISA acima). Estes símbolos tem numerosos significados, A palavra grega para borboleta para alma é "psique".



A MOTOROLA é que está produzindo os microchips



"Foi-lhe concedido também dar fôlego à imagem da besta, para que a imagem da besta falasse, e fizesse que fossem mortos todos os que não adorassem a imagem da besta." (Apocalipse 13:15).

São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate, sede nosso refúgio contra a maldade e as ciladas do demônio. Ordene-lhe Deus, o pedimos, e vós, príncipe da milícia celeste, pela virtude divina, precipitai no inferno a Satanás e a todos os espíritos malignos que andam pelo mundo para perder as almas. Vós, príncipe dos exércitos celestes, vencedor do dragão infernal, recebestes de Deus força e poder para aniquilar, pela humanidade, a soberba do príncipe das trevas. Insistentemente vos suplicamos que nos alcanceis de Deus a verdadeira humildade de coração, uma fidelidade inabalável no cumprimento contínuo da vontade de Deus e uma grande fortaleza no sofrimento e na penúria. Ao comparecermos perante o tribunal de Deus, socorrei-nos para que não desfaleçamos. São Miguel Arcanjo, defendei-nos e protejei-nos. Amém! Amém! e Amém!!!

 



Fonte: http://reporterdecristo.com/nova-face-da-seita-666seus-seguidores-e-projetos/


7 de dezembro de 2010

2011 últimos segredos

Imagem apenas ilustrativa


 

 
 


Está assim escrito em Lucas 12, 2 Porque não há nada oculto que não venha a descobrir-se, e nada há escondido que não venha a ser conhecido. 3 Pois o que dissestes às escuras será dito à luz; e o que falastes ao ouvido, nos quartos, será publicado de cima dos telhados.

Estas palavras claras de Jesus, talvez hoje como nunca em todos os tempos, achem eco em nosso meio. Certamente é corretíssimo afirmar que "tudo está na Bíblia". Em algum cantinho dela, em algum versículo, sempre se achará referência a um fato atual e isso tem enganado muita gente, especialmente aos que insistem em dizer que "isso já passou", que tal "já aconteceu", e esta palavra falaciosa leva muita gente a dormir, e a roncar já amortecida pela narcose do inimigo, ele que insufla tais mentiras. 
  
Então, nos últimos dias, a palavra que mais ouvi foi esta: ninguém sabe, nem o dia nem a hora, nem Jesus sabe, só o Pai! Alguém me telefonou muito irado por sinal, contestando as datas citadas no livro A CAMINHO DO FIM, porque ele disse que já faz três anos que estuda a Bíblia, e lá está dito que ninguém sabe de datas. Sim, mas eu pergunto: a quem é dado impedir que este Pai que tudo sabe, possa revelar a um filho seu, o segredo destas datas futuras, que indicam o findar dos tempos? Acaso Deus não nos pode revelar? E alertar! Aí se Ele não o fizesse! E afinal, já faz 2000 mil anos que Jesus falou isso: acham mesmo que isso nunca acontecerá? 
  
De fato, Jesus, como homem não sabia das datas finais, mas como Deus sim, porque nós sabemos de sua dupla natureza. Como homem ele não sabia e, portanto, não poderia revelar, mas como Deus ele não podia fazer isso, porque senão, através dos tempos as pessoas diriam assim: bom se vai acontecer só em 2012, então vou me esbaldar, e haveria milhares de almas perdidas pelos séculos, caídas na devassidão. E agora, se isso estivesse dito na Bíblia, na medida em que chegássemos perto da data fatídica, milhões se matariam, até por medo, porque são terríveis a previsões bíblicas sobre os acontecimentos finais. 
  
E foi isso que eu respondi ao meu questionador, e, parece, ele sossegou! E lhe disse mais: acaso você sente mesmo que é possível o mundo seguir por mais 2 mil anos, da forma como está hoje, e ainda restar gente neste planeta? Mas parece que é isso o que acham, em especial nossos sacerdotes em suas homilias de final de ano litúrgico. Eles enganam muita gente com esta cantilena, e levam milhares a pensar mesmo que tais passagens das Escrituras se referem ao fim da nossa vida, e não ao fim deste mundo podre, devasso, corrupto e mentiroso, desta Babilônia de ódio que erigimos! 
  
Interessante é que aqui se invertem os papéis: eles criticam os "falsos profetas", os que anunciam a próxima vinda Gloriosa de Jesus, mas não percebem que os verdadeiros falsos profetas são eles, porque iludem o povo, até com certo sarcasmo. De fato, eu não lembro de ter assistido, em toda a minha vida a uma só Santa Missa, onde um sacerdote tenha aberto claramente o jogo, afirmando com todas as letras que Jesus está chegando, e que as leituras apocalípticas do final do ano litúrgico se referem a isso e não apenas à nossa morte. Profeta é aquele que anuncia a verdade, falso é o que prega a mentira! 
  
Nos últimos 15 anos, em que mais de perto tenho acompanhado a evolução do mundo, eu tive a graça de perceber o avanço do cumprimento das Escrituras, e vi serem reveladas muitas coisas que estavam ocultas. Na realidade o Poderoso esconde seus mistérios de modo sábio e preciso, porque sua mente eterna alcança o infinito. Se formos hoje juntar num monte, todos os livros, escritos, discussões verbais, milhares de horas empregadas no sentido de descobrir os mistérios da Bíblia, e não só isso, tudo o que foi escrito pelos filhos do diabo no sentido de desmenti-la, creio que se poderia erguer um monte do tamanho do Everest, a mais alta montanha do planeta. E em grande parte, que bela fogueira se faria, por algo tantas vezes imprestável. 
  
Considerem apenas o que fá foi feito, em todos os tempos, para se descobrir o Cálice Sagrado, aquele que Jesus tinha nas mãos quando celebrou a primeira Santa Missa. Cruzadas foram feitas para resgatá-lo! Sangue aos borbotões foi derramado na sua busca! Milhares de pessoas dedicaram suas vidas a tentar achá-lo! Rios de dinheiro foram despendidos na tentativa – sempre e até hoje frustrada – de achar este objeto tão precioso, talvez aquele mais valioso que existe na terra. Tudo em vão, tudo perdido e inútil! 
  
Na Idade Média, buscavam o "Santo Grahl" porque achavam que aquele que o tivesse se tornaria invencível diante dos inimigos, e assim poderia colocar o mundo debaixo de seus pés. Centenas de objetos parecidos com o cálice já disputaram a primazia de ser o verdadeiro, protestantes e católicos, e até diabólicos buscaram ter nas mãos este objeto, mas não era hora de encontrar. Deus tem seu plano, e tudo deve acontecer como Ele quer, na hora precisa que Ele dispor. E o Cálice Sagrado está lá, debaixo daquele prédio – um entre milhares – da cidade de Jerusalém, onde foi escondido por Madalena, conforme está em nosso livro: O Milagre do Fim! 
  
Vejam: eu tenho certeza de que a maioria das pessoas não acredita que o Cálice esteja lá, e talvez isso faça parte do mistério de Deus. A verdade é que, mesmo depois que for anunciado o seu encontro, e ainda que isso esteja previsto nas profecias ao Cláudio, haverá gente que não concorda. E mesmo que o pergaminho que está junto, escrito a próprio punho por Jesus, revele ao mundo alguns dos últimos mistérios, ainda assim haverá loucos para contestar, para discordar, discutir e altercar. Há teimosos no mundo para dar e vender, até para se perderem eternamente! 
  
Mas creio que o Cálice não será encontrado ainda em 2011, porque certas coisas só irão mais para o fim. Precisamente acho que isso se dará em 2012, naqueles primeiros 100 dias do anticristo, conforme já mostramos nos livros. O fato é que tudo se irá sucedendo rapidamente, um fato atrás do outro, ficando por conta dos 15 segredos que o Cláudio ainda tem por revelar. Sei que em outros lugares como em Medjugorje Nossa Mãezinha também deixou determinados segredos, que só podem ser revelados quando o Céu assim o determinar. 
  
Quais seriam estes grandes segredos? Por que Deus os guardaria tão para o final? Porque se fossem revelados antes, duas coisas aconteceriam: primeiro é que muitas destas revelações antecipadas acabariam por cercear a liberdade das pessoas, que poderiam se converter sem necessidade da fé. Eis porque Deus escondeu a Arca do Dilúvio tão bem no alto do Ararat. Em mensagem antiga ao Cláudio a Nossa Mãezinha tinha dito que, se os evangélicos a encontrassem, teria pouca repercussão mundial, se fossem os católicos a encontrarem, seria usada para ganhar dinheiro. E como viram, foram os evangélicos chineses que a encontraram – e é realmente a arca – sendo que maioria dos católicos não está sabendo. Deus preferiu desta forma! 
  
É que muitas pessoas não acreditam que houve um Dilúvio e que houve uma Arca de Noé, achando que isso são apenas alegorias ou fábulas. Mentem dizendo que também outros povos antigos falam de um dilúvio e isso consta de sua saga. E tantas pessoas que querem desacreditar a Bíblia – eis o segundo motivo pelo qual Deus esconde os mistérios até um dia propício – acabariam não tendo armas para combater a verdade. E assim, como poucos ficam sabendo – apenas os filhos humildes e atentos – a grande massa ignara dos sabidos, dos inteligentes – e outros cegos – será pega de surpresa, como Jesus previu, quando previu que será agora como nos tempos de Noé. 
  
Mas é exatamente tal massa que precisa ser recolhida por Deus deste planeta, porque a sua cegueira proposital, sua teimosia e obstinação cega, as impede de humilhar-se e aceitar que estamos agora vivendo o fim deste mundo desordenado. Os que não crêem que são sinais estes que Deus está enviando agora – e dizem: sempre teve isso – são os destinatários do próximo dilúvio de fogo, ao qual o Pai os destina e votou de interdito, os que não querem ouvir, nem ver. Como Jesus os define: geração hipócrita e perversa que vive pedindo sinais, mas não acredita neles quando acontecem! 
  
Noutro dia recebi uma profecia antiga de São Francisco de Paula, que fala sobre os fins dos tempos. Falava do surgimento de um Grande Monarca, e de uma ordem de pessoas chamadas de "crucíferos" – porque teriam a cruz por estandarte – e que sob o comando de tal Rei seria destruída a seita dos maometanos. Eu pessoalmente achei que deveria haver um erro naquela profecia, pois dada a exigüidade dos tempos, não vejo espaço para o surgimento deste rei novo, ou a formação desta ordem de pessoas, que não somente destruiriam os maometanos, mas implantariam o novo reino. 
  
Eu coloquei isso em oração e a Mãezinha falou que toda a profecia tem a ver com a implantação do Novo Reino – lógica única que me parecia plausível – e que o Rei é de fato Jesus, o Rei que comanda hoje tudo, e continuará comandando eternamente – e que os crucíferos citados são não verdade os mesmos "valentes apóstolos dos últimos tempos" profetizados por São Luiz Maria Grignion de Montfort, que sob o comando de Nossa Senhora, haveriam de vencer não somente os maometanos, mas sim todo o inferno e aqueles que trabalham para os demônios. 
  
E realmente a Mãezinha confirmou que acontecerá a destruição do povo de Maomé, mas não por uma intervenção direta de Deus! Ela disse queos maometanos serão a "pedra", a que mais confundirá e atrapalhará... Mas será esmigalhada! Seu erro principal foi esconder o "grande segredo". Ou seja, mais um segredo que deverá ser revelado, e pelo que sei é um dos 15 ainda não divulgados pelo Movimento. São os mistérios de Deus, que nos mostram o seu imenso poder e infinita sabedoria, porque dão aos homens todas as chances de vencer e se salvar pela fé, sem forçar a liberdade. Quanto ao fim da seita maometana, consta que o próprio Maomé previu que quando o homem chegasse à lua, sua religião estaria próxima do fim. 
  
E vejam: não se trata de uma minoria insignificante, mas algo como 1/5 da população do planeta, que vive esta doutrina. Há ali milhões de pessoas boas, que vivem uma fé pura e ingênua, porém misturados a um povo do ódio, do rancor mais profundo, da maldade mais extrema, como demonstraram recentemente nos 50 assassinatos de católicos cometidos numa igreja de Bagdá. E não somente aí, mas as atrocidades que em alguns países da África têm sido cometidos por tais pessoas, que não vivem a verdadeira disposição do profeta deles, que certamente não é viver a guerra contínua. 
  
Então se poderia questionar: como, um segredo capaz de esmigalhar uma religião com tal número de adeptos? Deus Altíssimo tem seus caminhos e tudo está traçado. O fato é que todos os povos que querem a guerra, as pessoas que se dedicam a ela, que vivem a fabricar armas que matam, ao invés de viverem o Evangelho do Amor, todas elas irão desaparecer deste planeta, e não digo isso por ódio, porque meu desejo sempre foi o de salvação das almas de todos. Infelizmente, porém, há pessoas que jamais conseguirão viver a santidade, condição básica de quem quer viver a verdadeira paz que vem de Deus. Um germe mau as impossibilita disso. E vem seu fim! 
  
E se existem segredos ainda ocultos, capazes de dizimar povos, outros existem que serão capazes de converter outros tantos. Satanás desde os tempos antigos sempre buscou meios de negar a existência física de Jesus, querendo passar isso por mito ou lenda. Ele sempre procurou negar os objetos que fizeram parte da vida de Jesus, os que estiveram na ceia e na Cruz, buscando argumentos para falsear a Palavra de Deus ou por em dúvida algumas passagens, pois apontando uma como errada, ele poderá negar o resto como farsa. 
  
Mas isso não tem acontecido porque Deus sempre tem armas capazes de desmontar os efeitos do maldito. E dando tempo de conversão pela fé, Deus não coage as pessoas a crerem por ter visto como Tomé, mas sem ver como André o primeiro que identificou Jesus e acreditou nele. Um exemplo se dá em relação ao Santo Sudário de Turim, sem dúvida o pano verdadeiro que envolveu Jesus, mas contra a autenticidade dele já satanás levantou centenas de maus cientistas. Mesmo diante das mais flagrantes evidências, eles continuam a negar esta verdade. O Sudário é verdadeiro e ponto final! 
  
Onde estariam outros tantos objetos usados por Jesus, que fazem parte de sua história viva? Onde estará o manto da Verônica, aquele com o qual ela enxugou o rosto de Jesus, na subida da Cruz? Se alguém disser a você que o manto está nalgum lugar deste imenso Brasil, que foi trazido aqui por São Tomé e deixado sob a guarda dos índios, você acreditaria? Se lhe dissessem que Dom Pedro II o tinha nas mãos e que acabou sendo guardado num local qualquer onde ficou esquecido, você creria? Mas tudo isso estará sendo revelado em breve e estará na Missa do Calvário. 
  
Você acreditaria na versão do Padre Santiago, que estando em adoração diante do Sacrário, viu Jesus sair dele e lhe entregar um ferro pontiagudo, e lhe pediu que guardasse até o momento certo, porque aquele era um dos cravos originais que o pregou na Cruz? E acreditaria que em diferentes partes do mundo Deus tem suscitado pessoas que se tornaram guardiãs destes objetos, porque todos eles estarão presentes na grande Missa do Calvário, que será celebrada pelo Papa, onde acontecerá tudo o que está escrito em nosso livro O Milagre do Fim? De fato, ali estarão as provas finais de tudo o que aconteceu na Cruz, porque são necessárias para converter os judeus, sinal este da proximidade do segundo advento. 
  
Falando em objetos dos tempos antigos, uma pessoa me falou que um amigo seu, recebeu das mãos de São Miguel Arcanjo uma chave muito antiga, enferrujada, e que esta seria a chave necessária para abrir a Arca da Aliança, a mesma e original que caminhou no deserto com o Povo de Deus. Eu lhe disse imediatamente que não acreditava, porque na época da Arca não havia cadeados ou fechaduras a chave, e sim apenas ferrolhos. E realmente colocando em oração, foi dito que não procede, porque a arca tem apenas uma espécie de ferrolho. Embora que tal chave possa servir para outra finalidade, não se pode descartar totalmente e versão. 
  
Mas esta Arca existe, e será achada no momento oportuno, embora de certa forma nem precise ser achada, pois, pelo que sei se encontra diante do nariz das pessoas, que passam por ela sem perceber que se trata deste objeto tão antigo e tão precioso. Pelas Escrituras consta que a Arca tem dentro as segundas tábuas da lei em pedra, contém um pouco do maná que caia no deserto, e também alguns ossos de Adão, a primeira alma vivente. E para identificar este objeto, e mostrar aos estudiosos onde se encontra, haverá pessoas do Movimento, não sei quais! Como no caso do Cálice! Como no caso do Manto de Verônica! 
  
Eu coloco estas coisas, sobre o fim da seita maometana, sobre o Cálice e os objetos que estão junto dele como o pergaminho de Jesus, sobre a Arca do Dilúvio, sobre a Arca da Aliança e o Manto de Verônica, não como forma de envaidecimento pessoal ou do Movimento Salvai Almas, mas como um argumento muito forte em seu favor. De fato, a mínima inteligência manda ponderar o seguinte: se Deus revelou ao Cláudio e ao Movimento tais segredos, se através dele e do Movimento serão desvendados estes e outros mistérios finais, cabe ou não olhar com atenção para as outras coisas que ele diz, como os números de salvos e perdidos, também as histórias que nos são contadas sobre a vida e o destino eterno de tantos, nas visitas aos cemitérios? 
  
Eu perguntaria aos cépticos o seguinte: sendo o Cláudio tímido como é, pequeno, humilde e sem instrução, e amando ele sua família como ama, e sua esposa, acaso ele seria tão louco ao ponto de inventar tudo isso, sabendo que mais dia, menos dia, isso se revelaria como farsa? Acaso ele não sabe que poderia ser processado criminalmente e sofrer a pena até do castigo eterno, justo ele a quem já foi mostrado este inferno destinado aos mentirosos, ele que foi lá dentro e como sentiu os horrores que ali se vive? Tudo bem se ele se apresentasse orgulhoso e ufano de seus dons, mas ele sofre horrores por ser portador destas profecias e de sua parte jamais as revelaria, pois se o faz é apenas porque obedece aos céus. 
  
Aliás, este é mais um dom que ele recebeu do Céu, justamente para provar seu carisma: o dom de guardar segredo, pois nem mesmo sua esposa sabe das coisas! Alias, ela nem pergunta, e quem sabe eu aprendo mais coisas dele, do que ela ou suas filhas que vivem perto. Tudo caminha então para o próximo ano de 2011, onde virão novos livros, pois pelo que sei matéria ele tem para pelo menos quatro livros de revelações finais. Eu não pergunto nada sobre elas, apenas me coloco a disposição para cumprir imediatamente a ordem de preparar os livros e divulgar o que falta, e podem ter certeza de que são coisas espantosas. 
  
Uma das coisas que – sinto eu – mais tem pesado sobre ele, não é o fato de revelar onde estão os objetos que citei, nem de coisas sobre pessoas antigas, mas sim o ter que revelar coisas sobre pessoas ainda vivas – por exemplo, falsos profetas – e também histórias de personagens muito conhecidos da história, alguns com parentes ainda vivos e que poderão se escandalizar com as revelações. Não creio, por exemplo, que virão histórias de personagens que se perderam eternamente, mas com certeza de muitos famosos que estavam na Torre de Marfim, e que escaparam da condenação eterna, apenas devido à intercessão de Nossa Senhora, sem o que estariam perdidos! 
  
Sei que ele treme – não teme, porque ainda no último cenáculo em sua palestrinha ele voltou a afirmar a certeza absoluta que tem da origem celeste das revelações que recebe – ao ter que divulgar tais fatos da vida de famosos, não por si, mas pelas pessoas vivas que estariam envolvidas. Mesmo a revelação sobre pessoas perdidas eternamente, que foram a ele transmitidas, pelo que sei até hoje apenas uma senhora, muito rica, filha de um homem que se perdeu no inferno, veio a ele perguntar se era verdade, sobre o pai. E quando o Cláudio conferindo a agenda confirmou, ela disse que acreditava nele, porque o pai dela não merecia outro destino! 
  
Assim, o Cláudio tem mais de 60 agendas cheias de mensagens e revelações, uma grande parte escritas em "linha vermelha", que não foram reveladas, mas o serão. Mais de 20 destas mensagens já foram reveladas no Livro 2, e nos sites, e algumas delas de antes do ano 2000. Eis porque ele sabia, com toda certeza, que o "mundo não acabaria em 2000" como alguns haviam predito, sendo que para ele não havia uma só mensagem prevendo isso. Como já devem saber, há um mistério na própria recepção das linhas vermelhas: o Cláudio escreve em caneta azul, de duas em duas linhas. Neste caso, na linha do meio, ele diz que há outra mensagem escrita em vermelho, que somente ele vê e consegue ler. Inaudito o poder de Deus! Se um sacerdote apenas a isso se ativesse, tinha obrigatoriamente que entender como mistério. 
  
Mas por qual motivo falo sobre estas profecias, estes segredos futuros e tão fortes? Porque são muitos os que me perguntam: quando virá isso, quando será aquilo? Eu não sei, apenas sei que existem porque o Cláudio me fala, mas não tenho a mínima idéia do conteúdo da maioria deles, e fico aqui, na mesma expectativa, aguardando o momento de divulgar. Tenham certeza de que Deus tem motivos perfeitos para só agora revelar estes mistérios, e tudo virá num tempo não maior do que um ano. O caso do Cálice, certamente, já não será possível fazer chegar a todos vocês o momento em que ele for encontrado, porque acredito que isso se dará no fechamento da cortina dos tempos, pouco antes da grande guerra, e já sob o domínio da fera. 
  
Nós somos curiosos por natureza, e tantos de nós gostamos apenas de saber antes dos outros ou mais do que os outros. Isso não é bom, é vanglória, e indica orgulho, o que nos afasta das revelações, porque "Deus Se revela apenas aos simples e humildes", isso para confundir os astutos e inteligentes. De fato, os inteligentes, aqueles que já acharam todos estes objetos, ou os que duvidam que eles existam – porque vem provar as verdades da Bíblia – estes irão até o fim duvidando, e até diante do verdadeiro achado serão capazes de negar. Mas que se vai fazer com estes infelizes? 
  
Sei que a Igreja, no final, perceberá a importância do Movimento Salvai Almas, que será aceito pouco tempo antes de não ser mais necessário, porque terá cumprido a sua impressionante missão. De fato impressionou a adesão fulminante dos diferentes grupos nas visitas aos cemitérios pelo Brasil ponto Branco, pois creio que passam de 3 mil visitas em apenas um mês. E sei que os grupos continuarão na ativa, porque agora se trata de levar a graça a outros países, uns porque não ficaram sabendo da graça que nos foi concedida, outros porque sequer acreditariam nela. Mas há filhos ali que nos agradecerão futuramente, inclusive da nossa linhagem de sangue! 
  
Ontem e hoje, a partir da divulgação de algumas cartas muito lindas que incitam os grupos a se formarem, já enviamos para umas 20 cidades os endereços de todos os dali, para que alguém faça contato e se agrupem. Isso não somente para equipes de visitação aos cemitérios, mas para rezarem juntos, manter-se unidos, motivar-se e se auxiliarem mutuamente nos momentos da grande dificuldade que virão. Porque agora já sabem, "pontos brancos" são os filhos, as pessoas que residem em tais lugares ou países, que serão atingidos duramente em sua configuração geográfica, como está nos mapas futuros do livro Ele Vem. Assim mais pessoas poderão provar as delícias da Nova Terra, que chega rapidamente. Sim, com seus corpos físicos! 
  
Desta forma, tudo o que pedimos é: que cada um continue a sua vida, como se nada fosse acontecer, mas preparado na alma como se fosse acontecer a qualquer momento e de fato pode ser assim. Ninguém deve ficar parado, deixando de seguir seu projeto de vida, seus estudos, sua mudança de emprego, seus negócios, suas construções – eu ainda sonho fazer uma casa – porque a Mãezinha diz que Jesus quando voltar, não quer encontrar ninguém parado. Assim, que aqueles que buscam unir as pessoas o façam com todo cuidado, não forçando ninguém a nada, apenas expondo os motivos. Para isso podem usar os nossos textos, e principalmente as mensagens ao Cláudio. 
  
Em síntese, não manter muito os olhos no futuro, tentando descobrir algo antes dos outros, apenas por curiosidade de saber, mas pensando exatamente no que falta fazer ainda, porque a noite sobre o mundo chega, ai de quem estiver sem lâmpadas ou sem azeite nelas. Posso dizer que as alminhas são luminosas, e brilham na escuridão. Quem tiver levado muitas alminhas para Deus, jamais andará nas trevas nem será abandonado, porque sempre iluminado. Mas ai de quem estiver de mãos vazias, ou que depender inteiramente de outros para receber luz. Digo a vocês, naquele dia até o mais valente fugirá nu e o mais ousado tremerá as pernas. 
  
São importantes assim, as equipes, não somente para as visitas aos cemitérios a rezar e sim também para a divulgação das mensagens, dos avisos que virão e dos livros, atuais e futuros. Tais equipes poderão também organizar-se para visitar as famílias e leva-las a unirem-se pelo perdão, ensinando-as a rezar. Porque somente as famílias que estiverem unidas em oração terão chances de permanecer unidas na tribulação. Pois será grande o desespero do pai ou da mãe não saber dos filhos, nem estes dos pais, ou da falta de um destes. Temos na gráfica mais de 100 mil reais em livros que precisam ser levados aos que ainda ignoram, e eles abrirão os olhos de milhares. 
  
Sobretudo deve reinar a calma, a paz, a tranqüilidade entre as pessoas, e levar também esta paz aos outros, sem afobamento nem forçando ninguém a nada. E sem ter medo de ser escarnecido! Deus quer precisar de valentes! Por isso é sempre bom ter conhecimento da Bíblia, dos versículos, capítulos e livros que falam sobre os tempos finais, assim terão argumentos fortes para aplicar os sinais atuais a eles. Acreditem, no momento certo milhares ainda se converterão em tempo, porque não consigo imaginar que sejam tão poucos os filhos pontos brancos neste país, falo dos que acreditam nos sinais e que rezam esperando sua libertação. 
  
Porque o tempo é curto, e a messe enorme. Uma vez que a maioria dos nossos pastores dorme, e sonha com o mundo e ronca gordamente falando em marginalizados e pobres, compete aos leigos tomar nos ombros estes fardos, com a certeza de que não são difíceis de carregar, até porque Jesus mesmo os carrega na maioria. O que precisa nem tanto é despender dinheiro, e sim entregar sua VONTADE a Deus, para que Ele possa agir livremente. E agradecer a Ele, dia e noite, a imensa graça do entendimento, dom inestimável neste tempo. Nossa missão é salvar almas! Continuemos com nosso canto de guerra nos cemitérios: Jesus, Maria, José nós vos amamos! Salvai Almas! (aarao)

Fonte: www.recadosaarao.com.br