Web Radio Sertao De Deus


6 de junho de 2014

Situação Preocupante: Falta de chuva seca hidrovia em SP e para transporte de grãos

Situação Preocupante: Falta de chuva seca hidrovia em SP e para transporte de grãos
06.06.2014 -
n/d
A falta de chuvas na região da bacia Tietê-Paraná deixou os rios com o nível abaixo do normal e está inviabilizando o transporte de grãos e celulose do interior para o litoral do Estado de São Paulo. Em Pederneiras, a 320 km da capital paulista, onde fica o principal porto intermodal do Centro-Oeste paulista, construído exclusivamente para receber a produção de grãos, celulose e minerais pela hidrovia Tietê-Paraná, as barcaças estão paradas às margens do rio.
A hidrovia possui 2.400 quilômetros de extensão e liga o Paraná a Goiás, passando pelo Mato Grosso do Sul, São Paulo e Minas Gerais.
Com a seca, o governo federal, por meio do ONS (Operador Nacional de Sistema Elétrico), decidiu pela segunda vez em menos de uma semana reduzir o calado, parte da embarcação que fica dentro da água.
n/d
Com a medida, as barcaças que fazem o transporte pelo canal de navegação da hidrovia não podem estar com o calado mais que 60 centímetros abaixo da água. Há cerca de uma semana, a redução havia determinado um metro como limite, ainda assim bem abaixo dos três metros de profundidade que são considerados como normal. 
e acordo com informações da Capitania de Barra Bonita, com esse calado o transporte pela hidrovia fica inviável, pois não há profundidade suficiente para a passagem das embarcações, principalmente as que transportam grãos.
A primeira alteração já havia diminuído a capacidade de transporte dos comboios de 6.000 toneladas de carga para pouco mais de 500 toneladas. Agora, com a nova redução, economicamente o transporte também se torna inviável, de acordo com a capitania.
n/d
Segundo o órgão, as empresas que fazem uso da hidrovia estão paradas ou devem tomar a medida nos próximos dias. Com a crise, os caminhoneiros que levam os produtos até os portos das empresas que operam com o transporte pela hidrovia fazem fila no local por dias, esperando pelo recebimento do produto.
Cada barcaça consegue levar, com a navegação normalizada, a carga equivalente à de 200 caminhões. O escoamento da produção até Santos está sendo feito pelas rodovias, o que aumenta o custo. Pela hidrovia, a tonelada transportada custa, em média, R$ 45. Pelas rodovias, o valor chega a R$ 170.
Fonte: UOL noticias
A maior seca acontece no coração dos homens e reflete nas fontes de água da Terra.
Diz na Sagrada Escritura:
"O quarto derramou a sua taça sobre o sol, e foi-lhe dado queimar os homens com o fogo.  E os homens foram queimados por grande calor, e amaldiçoaram o nome de Deus, que pode desencadear esses flagelos; e não quiseram arrepender-se e dar-lhe glória". (Ap 16, 8 -9)
"Quando abriu o terceiro selo, ouvi o terceiro animal clamar: Vem! E vi aparecer um cavalo preto. Seu cavaleiro tinha uma balança na mão. Ouvi então como que uma voz clamar no meio dos quatro Animais: Uma medida de trigo por um denário, e três medidas de cevada por um denário; mas não danifiques o azeite e o vinho!" (Apocalipse 6, 5-6)
"Estava grávida e gritava de dores, sentindo as angústias de dar à luz". (Apocalipse 12, 2)

Nenhum comentário: