Web Radio Sertao De Deus


3 de junho de 2014

Sistema Cantareira pode secar em outubro, diz Sabesp

 
03.06.2014 -
n/d
A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), por meio de comunicado do grupo técnico que acompanha a crise no Cantareira, informou que a água dos reservatórios do Sistema pode acabar no dia 27 de outubro. Segundo a companhia, a hipótese vale no cenário em que as afluências (água que entra no sistema) sejam iguais a 50% das mínimas já registradas na história.
Para que a água dure até 30 de novembro, data inicial projetada para durar a reserva do 'volume morto', seriam necessários outros 51 milhões de m³. A informação é também do grupo gerido pela Agência Nacional de Águas (ANA) e pelo Departamento de Água e Energia Elétrica (Daee) de São Paulo.
Entretanto, em nota, a Sabesp informou que "o volume é suficiente para o abastecimento até março de 2015, no ponto alto do período das chuvas" e que a previsão para outubro ocorreu de forma obrigatória pelo comitê utilizando projeções mais pessimistas.
Redução na vazão
Além do dado sobre a possível seca em outubro, o comunicado mostrou também uma hipotética solução da Sabesp para as recomendações do comitê feitas em um comunicado anterior. Nele, o grupo técnico pediu à companhia que considerasse um 'cenário mais desfavorável' ao realizar planos de extração de água dos reservatórios.
Na data, a Sabesp informou que pretendia retirar dos quatro principais reservatórios do Cantareira 22,2 mil litros por segundo em média de junho a novembro. Neste novo cenário, a companhia informou que passaria a retirar 21,2 mil litros por segundo em média até novembro. O cenário 'mais desfavorável' considera afluências (entrada de água) correspondentes a 75% e 50% das mínimas históricas.
Porém, em nota, a Sabesp respondeu que "mantém as suas projeções inicialmente apresentadas" e que o comitê "obrigou a companhia a apresentar projeções muito mais pessimistas, que seriam 50% e 75% inferiores à mínima histórica". A companhia reitera, também, que "trata-se de mera recomendação do GTAG [comitê anticrise] que será ainda avaliada".
A redução na retirada de água das represas do Cantareira já vem sendo adotada desde o início do ano. No dia 13 de março, a vazão captada passou de 33 metros cúbicos por segundo para 27,9 metros cúbicos por segundo, por determinação da ANA.
Sistema Cantareira
Nesta terça-feira (3), o volume acumulado do Cantareira chegou a 24,6% após dia com 0,4 milímetro de chuva. Desse total, 18,5% vem do fundo dos reservatórios, o chamado 'volume morto', que começou a ser usado em 15 de maio.
Fonte: G1
=====================
Nota de www.rainhamaria.com.br
Por Dilson Kutscher
A maior seca acontece no coração dos homens e reflete nas fontes de água da Terra.
Diz na Sagrada Escritura:
"O quarto derramou a sua taça sobre o sol, e foi-lhe dado queimar os homens com o fogo.  E os homens foram queimados por grande calor, e amaldiçoaram o nome de Deus, que pode desencadear esses flagelos; e não quiseram arrepender-se e dar-lhe glória". (Ap 16, 8 -9)
"Quando abriu o terceiro selo, ouvi o terceiro animal clamar: Vem! E vi aparecer um cavalo preto. Seu cavaleiro tinha uma balança na mão. Ouvi então como que uma voz clamar no meio dos quatro Animais: Uma medida de trigo por um denário, e três medidas de cevada por um denário; mas não danifiques o azeite e o vinho!" (Apocalipse 6, 5-6)
"Estava grávida e gritava de dores, sentindo as angústias de dar à luz". (Apocalipse 12, 2)
 
Leia também...

Nenhum comentário: