Web Radio Sertao De Deus


8 de julho de 2011

"A HORA DA PRESENÇA AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS"

UMA MOLA PARA A NOVA EVANGELIZAÇÃO
ROMA, Quarta-feira, 29 de junho de 2011 (Zenit. org.) - "A Hora da Presença ao Sagrado Coração"- cuja Festa acontece nesta Sexta-feira, Primeiro de Julho - se constitue numa mola espiritual para a Nova Evangelização. Esta "GUARDA DE HONRA" ao Coração de Jesus, é uma "verdadeira pedagogia de Deus para se viver próximo de Jesus". Viver cada vez mais na presença de Jesus no quotidiano, é esta a condição desta Nova Evangelização, desejada por João Paulo II e propulsionada por Bento XVI, que lhe consagra um novo "conselho pontifical". É aquilo que Bento XVI chama também de cultivar "a amizade" com Jesus.
Os Testemunhos aumentam acerca da força espiritual desta simples prática e ao alcance de todos: crianças, adultos e seniors, consagrados, padres, bispos, encontram nisso um novo entusiasmo espiritual. Algumas vezes, por ocasião de uma Peregrinação para Paray-le-Monial, nós nos sentimos impulsionados a nos consagrarmos ao amor do Coração de Jesus, a Lhe consagrar a nossa família, mas como traduzí-lo concretamente? Como fazer crescer a semente plantada no lugar das Aparições de Jesus para Santa Margarida Maria em 1675? É certo que isto acontece pela prática das Primeiras Sextas-feiras, pela Oração das  Ladainhas do Sagrado Coração, pela Entronização do Coração de Jesus em nossas casas, pelas Sessões Internaconais da Comunidade de Emanuel.... Mas, como fazer penetrar este Amor na vida quotidiana?
 
NÃO MODIFICAR NADA NAS NOSSAS OCUPAÇÕES
"A HORA DA PRESENÇA" responde a esta necessidade. Trata-se de se escolher uma Hora por dia e de vivê-la intensamente, oferecendo a Jesus, tudo o que nós estejamos fazendo: na escola, no trabalho, enquanto estamos lendo, preparando uma refeição, fazendo compras, viajando, estudando, cuidando das crianças, prestando um serviço na Paróquia, durante um periodo da Oração...
Ela propõe de não se mudar nada nas nossas ocupações quotidianas, a não ser a nossa orientação profunda, a disposição do coração, para estar presente no Coração de Jesus durante a hora escolhida.
Como foi confiado ao Zenit da Madre Maria Guadalupe, Superiora do Monastério da Visitação Santa Maria de Paray-le-Monial, a primeira Mensagem de Jesus à Margarida Maria, como se diz no Salmo: "Eu procurei consoladores e não os encontrei" (Salmo 68, 21); Deus pede aos homens e às mulheres, de hoje, para consolar o Seu Coração. Este Coração, disse ainda o Cristo para Margarida Maria, "que amou tanto os homens e que só recebe ingratidão deles".
A "Guarda de Honra" entende como resposta à esta dolorosa queixa de Jesus: "Seus membros se esforçam, por sua dedicação e por seu amor, em consolar o Coração de Jesus sobrecarregado de dores pelo esquecimento e pela ingratidão dos homens pelos quais Ele tanto sofreu, e que Ele ama tão carinhosamente". 

A INTUIÇÃO DA IRMÃ MARIA DO SAGRADO CORAÇÃO
Uma Freira da Ordem das Visitantinas de Bourg-en-Bresse, a Irmã Maria do Sagrado Coração Bernaud (1825-1903) teve esta intuição, que nos traz um fruto novo hoje, para os estados de vida. É ela com efeito, que está na origem da "Guarda de Honra", em 1863. Ela queria responder ao Salmo 68, dando ao Cristo, consoladores como Maria, João e Maria Madalena, ao pé da Cruz. E ao desejo expresso por Jesus a Santa Margarida Maria Alacoque: "Eu tenho uma sede ardente de ser honrado e amado no sacramento do Meu Amor e Eu não encontro quase ninguém que responda ao Meu desejo".
Mas a Associação que outrora havia reunido alguns santos, "cochilava". Agora, ela tem o seu lugar neste grande Movimento espiritual da Nova Evangelização do terceiro milênio.
Foi finalmente em 2007 que a "Guarda de Honra" recebeu um novo impulso, quando ela foi instituída em Paray-le-Monial, no dia 24 de janeiro, na festa de São Francisco de Sales (1567-1622) - Fundador da Ordem dos Visitantinos, Doutor da igreja, e Santo Padroeiro dos Jornalistas! Ele rezava assim: "ô Doce Jesus, atraí-me sempre cada vez mais profundamente no Vosso Coração, afim de que o Vosso Amor me preencha e que eu fique completamente imerso em Vossa doçura".
Desde este novo recomeço, mais de duas mil pessoas se alistaram em Paray-le-Monial, depois em diferentes Centros, 7 na França, 4 na Bélgica, na Colômbia e no Chile, e 350 na Polônia; em 25 países de diversos continentes, o que representa dezenas de milhares de associados, em grupo ou individualmente! Nós podemos também fundar novos centros familiares, paroquiais, diocesanos, de acordo com os nossos Padres e nossos Bispos e com a associação de Paray. 

UMA OFERERENDA EUCARÍSTICA
A Irmã Marie-Chantal, na  Ordem da Visitação de Paray, coordena a "Guarda de Honra" sob a sua nova forma, recolhe os testemunhos e recebe os compromissos escritos. Ela cita voluntariamente esta recomendação se São Francisco de Sales: "Tudo por Amor, nada por força".
Ela gosta também de citar a de João Paulo II: "Fiquemos prostrados por um longo período diante de Jesus presente na Eucaristia, reparando assim, por nossa Fé e nosso Amor, as negligências, os ultrajes que Nosso Salvador tem que sofrer em numerosas partes do mundo". (Mane nobiscum Domine, n. 18).
A Oração de Compromisso ajuda na santificação do quotidiano. Nós colocamos a data, nós assinamos, nós enviamos para Paray (Associação da Hora da Presença ao Coração de Jesus - Monastério da Visitação, Rua da Visitação, 13 - 71600 Paray-le-Monial - França). E nós recebemos de volta... um sinal deste vínculo concreto com a Associação. Madre Maria Guadalupe inscreve a pessoa no quadrante inspirado pela Irmã Maria do Sagrado Coração Bernaud. A diferença de horário faz com que as 24 horas sejam cobertas no mundo inteiro. 
A Hora da Presença começa por uma Oração de Oferenda muito Eucarística - nós nos rendemos espiritualmente diante do Sacrário, o "Posto do Amor", ou "Polo de atração", segundo expressão de João Paulo II - e que se coloca em relação com o mundo inteiro na Comunhão dos Santos. Uma outra Oração - aquela da "Oferenda muito preciosa"- pode-se dizer no final: "Nós oferecemos assim ao Coração do Cristo, ações, sofrimentos, pensamentos, afetos, e mesmo o desejo de consolar o Seu Coração, pelo Amor". 

CONSOLAR SEU CORAÇÃO
Durante a Hora da Presença, nós nos esforçamos em "pensar um pouco mais em Jesus" e de fazer pelo menos, um ato de amor. Porque não um pequeno sacrifício à semelhança de Tereza de Lisieux?. Mas, "nada absolutamente nada é prescrito ou exigido", insiste a Irmã Marie-Chantal: a única coisa que é requisitada é a "boa vontade", e que cada um siga "o impulso de seu coração", durante esta "hora bendita". 
Alguns não ousarão se comprometer, se dizendo, por exemplo: e se por acaso, eu esquecer da minha "hora"?. Para isto, basta retomá-la no momento em que nos apercebemos dela. Nós podemos inserir a Oração no nosso I-PHONE, SMART-PHONE, BLACK-BERRY ou no simples velho CELULAR, e pedir a esta máquina providencial de de nos assinalar a Hora do Encontro do Amor! 

ESCOLHER SUA HORA
Como escolher sua Hora? Um médico, Doutor Cyril C. explica que ele escolheu a sua hora, de 7 a 8 horas da manhã: "É um momento do dia onde eu não estou tão atravancado de cuidados profissionais, e nem poluído pelas pequenas preocupações da vida quotidiana. É como uma faxina da manhã, e o que há de mais agradável do que começar a sua manhã por esta pequena Oração e de consagrar esta Hora a Deus. Às vezes, esta espiritualidade transborda largamente na vida profissional e cada vez mais, eu consagro pequenos instantes da minha vida a curtas Orações interiores, momentos estes que, mais eram perdas de tempo: trajeto de carro, esperas, refeições, toalete, chatices, pequenas caminhadas..."  ( em "Heure de Présence au Coeur de Jésus", Bulletin trimestriel 39, p. 8).
Para durar, é melhor escolher a hora que lhe convém melhor. Trata-se de uma troca de coração para coração, e cada um se deixará guiar pelo Espírito Santo nesta maneira de encarnar esta Hora. Um Professor de Teologia dizia: "Cada um canta de acordo como o seu bico é feito". Cada um pode associar sua Hora a um santo amigo, e a uma intenção que lhe seja particularmente importante, ou pelas intenções de Oração do Papa Bento XVI . Podemos também nos beneficiar com o quadrante da Associação. O "Quadrante da Misericórdia" reúne aqueles que acrescentaram mais uma outra Hora à primeira, para a conversão de uma pessoa. 

UM MOMENTO DE FELICIDADE
O Doutor Cyril testemunha ainda os frutos dessa "Hora" na sua vida: "Foi apenas naturalmente pela necessidade de caminhar mais longe na Fé que se fez sentir (...). Eu decidi transpor uma nova etapa espiritual, pedindo o Sacramento da Confirmação". 
Brígida confia, sempre na Revista da "Guarda": "Minha Hora de Presença é um momento de felicidade, que eu prolongo às vezes por todo o meu dia. Eu ofereço ao Coração de Jesus apenas simplesmente muito amor em todas as minhas ações. Esta Hora de Presença é uma verdadeira jóia, uma coroa de Amor ao Coração de Jesus, tudo isto mantendo-se uma programação normal de horário". 
Catarina admite que nem sempre é  tão fácil:"Eu não sou perfeitamente fiel ao meu compromisso, mas eu me agarro a ele. Esta Hora é uma verdadeira linha diretriz para o meu dia".  

EM SEGUIDA, AS CRIANÇAS E OS SANTOS 
Crianças muito jovens, se inscreveram na Hora da Presença, quando elas viram suas mães ou um irmão ou uma irmã mais velhos, doarem assim uma Hora ao Coração do Cristo. Para elas, a Visitação sugere uma Oração que termina assim: "Senhor Jesus, eu Te amo de todo o meu coração".
Enfim, nós não estamos sós na aventura, e não apenas em função das dezenas de milhares de membros da Associação. A Visitação no mundo e no Céu, acompanha e sustenta: A Congregação festejou seus 400 anos em 2010.  E se inscreveram no rastro, numerosos santos e bem-aventurados. Dom Bosco desejava que a "Guarda de Honra" fosse estabelecida em todas as suas Instituições. Os Papas - Pio IX e Pio XII - estavam inscritos; santos, como Sofia Barat (que levara todas as suas irmãs!), Jean Comboni, Mutien-Marie; bem-aventurados, como Maria do Divino Coração, Droste Von Vischering (na origem da Consagração do Mundo ao Coração do Cristo por Leão XIII), Marcelo Callo, Maria de Jesus Deluil-Martiny, primeira "zeladora"da Guarda. 
Vocês querem saber mais a respeito? Entrem no Site Internet da "Guarda de Honra": http//www.gardedhonneurdusacrecoeur.org
Uma última palavra: Vocês são alérgicos a qualquer tipo de "Associação"? Não se preocupem. Este pequeno exercício espiritual é talhado sob medida para cada um. O que que impede de vivê-lo também - para começar? - em "electron livre" e não menos profundamente quando associado a todos na Comunhão dos Santos? O importante é o coração com o coração, onde se constrói a Comunhão. 

ANITA S. BOURDIN
Fonte: www.zenit.org
Tradução: Chantal Maduro

Nenhum comentário: