Web Radio Sertao De Deus


9 de maio de 2009

MULHER DE FIBRA


Precisamos de mais destas grandes mulheres que não se vergam diante das honrarias, quando se trata de defender a Igreja e a lei de Deus. Que seja exemplo aos padres que pensam o contrário. Obama nada tem a ver com a Igreja Católica estamos em campos opostos em questões de moral e fé.



04.05.2009 - Mary Ann Glendon, uma das intelectuais católicas de maior prestígio mundial, rejeitou o prêmio que a Universidade de Notre Dame lhe concedeu em proteste pelo doutorado honoris causa que este centro de estudos católico conferirá ao Presidente Barack Obama, apesar de sua aberta promoção do aborto.

Glendon rejeitou a chamada Laetare Medal que lhe seria imposta na mesma cerimônia à que está convidado Obama, e se somou aos mais de 50 bispos americanos e 300 mil cidadãos que manifestaram seu rechaço à presença do político abortista.

O reitor do Notre Dame, Pe. John Jenkins alegou que o prêmio a Obama quer reconhecer sua histórica eleição e seu ambicioso programa social de luta contra a pobreza. Entretanto, uma das primeiras medidas que tomou Obama ao assumir a presidência foi levantar o veto ao financiamento federal para organizações que promovem o aborto no exterior.

Glendon é professora de Harvard, foi embaixatriz dos Estados Unidos ante a Santa Sé e agora é presidenta da Academia Pontifícia de Ciências Sociais.

Na carta que esta semana dirigiu à universidade, Glendon recorda ao reitor que os bispos pediram no ano 2004 às instituições católicas que “não concedessem honras a aqueles que atuam sem respeitar nossos princípios morais fundamentais”, e que a tais pessoas “não se lhes deveriam conceder prêmios, honras ou plataformas que pudessem sugerir um apoio às suas ações”.

“Esta petição, que em modo algum implica um controle ou interferência com a liberdade de uma instituição para convidar e debater com quem queira me parece tão razoável que não entendo como uma universidade católica pode não respeitá-la”, indicou.


www.recados.aarao.nom.br

Nenhum comentário: